Bruno

Bruno de Oliveira mora no Grajaú, zona sul de São Paulo. Ele é um dos criadores do aplicativo Cadê o Ônibus, que mostra a posição dos ônibus de São Paulo e já foi baixado por mais de 500 mil pessoas. A ideia inicial veio de um dos três sócios, morador do Jardim Herplin, local com pouco acesso ao transporte público municipal.

“Pessoas que começam com a Economia Criativa normalmente têm um ideal por trás”

Com muito esforço, noites mal dormidas e problemas para resolver, os empreendedores trabalharam no desenvolvimento do aplicativo durante três anos antes de decidirem focar no negócio.

“A gente ainda tem alguns pontos de fraqueza em algumas áreas da periferia quando envolve essa área de negócios"

No treinamento que aconteceu em sua região, Bruno passou a entender melhor o conceito de Economia Criativa e o caminho que deveria trilhar para ter um negócio rentável e sustentável.

“O resultado não vai vir no primeiro mês — planejamento é fundamental. O curso ajuda as pessoas a saírem de trás do papel, você precisa ir falar com as pessoas”

Veja a entrevista completa:

“Eu adoro onde eu moro e eu não iria pro centro não, porque lá é muito tumulto”

Bruno e outros empreendedores, formadores, agentes de desenvolvimento local e financiadores do projeto contam um pouco da sua experiência com os treinamentos de Empreendedorismo e Economia Criativa em São Paulo neste videodocumentário.

O projeto é uma parceria do Conselho Britânico com a Agência São Paulo de Desenvolvimento.