Bem-vindos a 2016!

“2016 será um ano desafiador”, talvez seja a frase mais dita nesse início de ano. Concordo com a afirmação, mas ao mesmo tempo pergunto: e quando foi que não tivemos um ano cheio de desafios?

Desafios muitas vezes são ameaças, mas também podem ser oportunidades e os empreendedores de startups, mais do que ninguém, sabem o que é um ambiente desafiador, afinal, startup nasce para desenvolver soluções inovadoras em ambientes de extrema incerteza. Startup é especialista em fazer muito com poucos recursos.

No TED2015, Bill Gross, investidor e fundador da Idealab, analisando casos de startups bem e mal sucedidas, identificou que o timing é o principal ingrediente (não o único) que explica o sucesso das startups. Airbnb e Uber, duas das mais valiosas startups do momento (juntas são avaliadas em mais de US$ 76 bilhões), por exemplo, foram fundadas, respectivamente, em Novembro/2008 e Março/2009, ou seja, em plena crise de 2008. AirBnb e Uber viram uma oportunidade de criar uma nova fonte de receita para anfitriões e motoristas, em um momento em que todos precisavam de mais dinheiro. Se hoje Airbnb e Uber são uma realidade, ontem não eram.

Anos desafiadores pedem uma mudança de postura e por isso deixo algumas “dicas” para os empreendedores:

· Identifique a dor do braço quebrado com fratura exposta: as startups buscam solucionar “dores” de pessoas (B2C) e empresas (B2B), mas existem “dores” e “DORES”. Em uma palestra Dave McClure recomendou aos empreendedores que identificassem a "dor do braço quebrado com fratura exposta", ou seja, que buscassem problemas realmente relevantes para os seus clientes.

· Busque parcerias: 2016 vai ser um ano de fazer muito com poucos recursos, por isso as parcerias são essenciais para esse ano. Startups podem trocar serviços entre si, aproveitando as competências de cada uma. Startups e grandes empresas podem se juntar para oferecer uma solução mais completa para o mercado. Sejam mais fortes juntos

· Mergulhe em seu mercado em busca de novas oportunidades: 2016 é um bom ano para encontrar novas oportunidades. Numa startup, o empreendedor fica tão imerso pela operação da empresa que esquece de olhar ao redor. Às vezes pequenas mudanças em seu produto ou seu modelo de negócio podem abrir um leque de novas oportunidades, até mesmo junto aos seus clientes atuais. Mergulhe em seu mercado, mas não esqueça de respirar.

É a hora de olhar o copo meio cheio e encontrar as oportunidades que estão aí! Desejo um excelente 2016 a todos!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.