Autorretrato

Rodrigo Goldacker
Jun 10 · 2 min read
Photo by abigail low on Unsplash

Sou um privilégio do cortiço,

Um trovador de silêncios,
Uma verdade exagerada,
Uma farsa dissimulada,
Um cantor desafinado,
Um dançarino travado,
Um filho das falhas,
Um pedacinho de nada,
Um principezinho ítalo-germano,
Um bastardinho luso-espânico,
Um vagamundo sedentário,
Um brasileiro deslocado,
Uma incógnita previsível,
Uma humildade autoindulgente,
Uma inferioridade exuberante,
Um qualquer dessa gente,
Um esquisito montando asneiras com os dedos,
Um espelho quebrado da ironia do mundo,
Uma chorar adocicado,
Uma leveza corcunda,
Um pobre coitado,
Um porco refinado,
Um torto louco,
Um homem sério com seus boletos,
Um extrovertido tímido,
Um entretenimento chato,
Um divertido tédio,
Uma piada, um gracejo tonto,
Um sofrimento fundo e amargo,
Um qualquer coisa que seja,
Uma coisa só, de singularidade banal,
Uma incompletude total,
Um sorriso feio soltando frases bonitas com dicção prejudicada,
Uma expressão sofrida de tragédia escondida remoendo palavras,
Uma voz rebuscada, uma entonação afetada,
Uma criança cansada, um velho gagá,
Uma menina apaixonada, um poeta adolescente de versos ruins,
Um universo gigante, um ponto minúsculo,
Um medíocre, um superdotado,
Um burro inteligente, um inocente,
Um errático culpado,
Um manipulador manipulado,
Um eu, um outro,
Um eterno finito,
Um dileto das torres,
Uma inconsequência,
Um delírio de pequeneza,
Uma mediana proeza,
Um mínimo sábio, um grande idiota,
Um muitos algos e um coisa nenhuma,
Um desenho rabiscado,
Uma folha em branco,
Um só, um acompanhado,
Um perdido, um achado,
Um termo ambivalente,
Um momento presente,
Um futuro insondado,
Um passado findado,
Uma poesia sem fim,
O poema acabado.

Ensaios sobre a loucura

Puxa uma cadeira e senta no chão. Não tem chão (capa: erikjo.com)

Rodrigo Goldacker

Written by

Termos e silêncios alternados.

Ensaios sobre a loucura

Puxa uma cadeira e senta no chão. Não tem chão (capa: erikjo.com)