Os amigos da saudade

Reprodução Internet

Eu sinto falta e o peso da saudade levam-me a sentir-me solitário. Entenda que embora tenho somente os remanescentes que vieram-me vindo quando lembro dos amigos, que datam de muitos anos, outros, contudo não. Mesmo assim eu não alcanço os motivos da demasia ausência.
 
Será que fiquei sozinho e só assim reconheci o valor de um amigo que, nos últimos tempos praticamente não os reencontrei; visitei poucos e, não tive notícias de praticamente nenhum, alguns nem sei onde moram, há os que comigo viveram e cresceram. Será que ainda são meus amigos?

Logo lembro que a amizade verdadeira é semelhante a um bom café, e uma vez frio, jamais voltará ao sabor de origem. *

Dito isso, passo a escrever esses sentimentos que acudiram-me: amigos da minha saudade, vocês fazem as lágrimas vencerem meus contínuos esforços e se derramarem sobre a minha tristeza, onde vocês estão? Sinto sua falta, no entanto, parece que o tempo esfriou o gosto da boca que em outrora houve muitos conselhos. O valor das nossas conversas morreu?

Reprodução Internet

Antes disso, porém, vejo minha imperfeição: tenho falhas, dificuldades, talvez esqueci de você em momentos de importância. Se o fiz, perdoa-me? Agora faço, pois sinto muito a falta dos “meus” amigos.
 Portanto, meus amigos espero que entendam essa minha nostalgia e lembrem-se mais uma vez do seu não tão velho amigo.
 
E você? Há quanto tempo não se comunica? Não faz uma ligação para eles? Não encontra aquele amigo de infância? Brigaram? Ou… O “tempo” não deixa? Seja o que for amigo de verdade tudo supera; então superemos tudo e vamos restaurar o tempo perdido: ainda está esperando? Não espere ficar sozinho para perceber o quão valioso é um amigo. 
 
*Emanuel Kant


Posfácio

Texto: Maykon Miranda
Produção e revisão: Maykon Miranda

Senhoras e Senhores,

A casa está arrumada, sintam-se a vontade para pegar um café ou um livro e vamos conversar…

Agora, gostaria de deixar aqui os meus sinceros agradecimentos para todos que me leem, afinal, com toda essa vastidão de informações na internet, se você está lendo este conteúdo é por que você o escolheu, e assim, me sinto honrado. Mais uma vez; muito obrigado!

Acha que merecemos alguns “claps”? Se sim, por favor, sinta-se a vontade e use todos…

Acesse também café livros para conhecer mais do meu trabalho!

Redes sociais: Instagram, Grupo Facebook