Retrato de águas passadas

Photo by Daniel Jensen on Unsplash

Por eternas trevas
naveguei
pirata dos mares obscuros
me tornei.

Um maestro da dor
do peito rasgado
horrendo
acorrentado por vidas
& vidas

navegando
navegando

vagando

sem saber,
sem poder ver
era apenas dor
e muito frio.

Aguardei por muitas vidas
pelo fim das tempestades
pelo fim deste mar
de tormentas;
porém do mar
fez-se o oceano
e eu me perdi
pelas ondas eternas
e nunca mais encontrei meu lar.

Este mar é minha liberdade
e minha maldição.

#dasvozespoesia ::: muito obrigada por ler até aqui!

Série Revisited. Poema escrito em 2014.
Você pode conhecer mais dos meus escritos e trabalhos de poesia multimídia em meu site: Videopoemas. Poesia sonora. Narrativas poéticas em fotos. ::: Nas redes, pode me acompanhar em @dasvozespoesia :::

--

--

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store