Análise dos Dados Abertos do Governo Federal

Que o Portal da Transparência dispõe de informações valiosas todo mundo sabe, contudo a forma de apresentação das informações pode não ser muito intuitiva, simplificada. O projeto Análise dos Dados Abertos do Governo Federal surge com o propósito de oferecer um serviço mais acessível a população e facilitar a obtenção de informações como: Quanto o Governo gasta com Educação ao longo dos anos. Quais os Órgãos Superiores que gastam mais. Dito isso você pode conferir com mais detalhes os objetivos do projeto.

Objetivos
 Geral

Análise dos Dados Abertos do Governo Federal

Específicos

Identificar similaridades entre os atributos das bases de despesas e receitas do Governo Federal, a fim de evitar ambiguidades;
 Modelar um Data Warehouse para os dados referentes às despesas e receitas do Governo Federal;

Metas

Disponibilizar informações de forma legível à população sobre os dados de Despesas e Receitas do Governo Federal.
 Propor e Implementar algoritmos de análise de dados para auxiliar na descoberta de conhecimento nas bases de Despesas e Receitas do Governo Federal.
 Desenvolver trabalhos científicos durante o projeto, como minicursos e artigos científicos.
 Desenvolver um website a fim de disponibilizar as informações sobre despesas e receitas do Governo Federal, acessível à população.

Metodologia / Atividade

Os passos apresentados envolvem a exploração dos resultados esperados do processo de análise dos dados das despesas e receitas do Governo Federal ao longo do tempo.

  1. Processo 1 KDD: Definição do tipo de conhecimento a descobrir
  2. Processo 2 KDD: Seleção
  3. Processo 3 KDD: Pré-processamento
  4. Processo 4 KDD: Transformação
  5. Proposta do modelo para a geração do Data Warehouse
  6. Processo de ETL
  7. Processo 5 KDD: Análise via OLAP
  8. Processo 6 KDD: Interpretação/ Avaliação
  9. Definição da apresentação do conhecimento
  10. Processo 7 KDD: (Conhecimento) Publicação das informações

Confira mais sobre a ferramenta através do vídeo

Alguns Dados Técnicos sobre o Estudo

Nosso estudo trabalha com as bases do Portal da Transparência (Downloads). Trabalhamos com a base de servidores e pagamentos. Logo abaixo é descrito alguns passos do desenvolvimento do projeto. Você pode pular essa etapa. Veja o resultado final do protótipo aqui.

Questionamentos para o entendimento da base servidores

Ao longo do estudo da base surgiram algumas dúvidas. Todo esse questionamento facilitou o procedimento do estudo.

  • Qual a relação de CARGO e FUNÇÃO ?

Ao analisar a pergunta acima, foi observado que: existe contrato de servidor que só exerce função e não tem cargo ( e está no Portal da Transparência). Tem pessoas que não tem cargo e não tem função.

Tem servidores com contrato temporário só com cargo, só com função, com os dois, sem os dois ? Sim. Todos os casos.

Temos servidores com cargo e função. Sem cargo e com função. Com cargo e sem função. E ainda casos extremos de servidores sem cargo, sem função e sem vínculo.

*Com isso, foi tomado uma decisão de que seria preciso criar uma tabela para separar as pessoas que não tem cargo, não tem função e tem vínculo e uma tabela que não tem cargo, não tem função e não tem vínculo.

  • A Unidade do órgão( U_ORG), o órgão (ORG) e o órgão superior (ORG_SUP) podem estar em uma tabela ORG?

*Foi tomado a decisão que sim, existirá uma tabela com todos os órgãos.

  • Quando COD_UORG_LOTACAO é nulo?
  • (Quando um código de uma Unidade de um Órgão é nulo)

Foi feito um estudo da base nos anos de 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 e foi visto que:

  • O campo COD_UORG_LOTACAO vai ser nulo quando o campo ORG_LOTACAO é nulo.
  • Bom, o valor semântico do campo COD_UORG_LOTACAO nós não inferimos porém estabelecemos um padrão descrito a seguir.
  • O campo UF_EXERCICIO aparece a partir do mês 7 de 2014.
  • Os campos COD_UORG_EXERCICIO e COD_UORG_LOTACAO aparecem a partir do mês 4 de 2015.
  • A partir do mês 4 de 2015 o campo OPCAO_FUNCAO_TOTAL é mudado para OPCAO_PARCIAL.
  • Nos anos de 2013–2015–03 O CAMPO: OPCAO_FUNCAO_TOTAL tem os valores: Não; Sim; Valor integral; Nulo.
  • Nos anos de 04–2015–2017 O CAMPO: OPCAO_PARCIAL (que é o mesmo de OPCAO_FUNCAO_TOTAL) tem os valores: Não; Sim; Valor integral; Nulo.

Abaixo na Foto temos a relação das mudanças dos campos ao longo dos anos.

(dados tais inconsistências iremos trabalhar no projeto com os anos de 2016, 2017)

Assim que de acordo com os dados, quando o COD_ORG_LOTACAO = COD_ORGSUP_LOTACAO não necessariamente o COD_UORG_LOTACAO é nulo.
 Temos exemplos em que o COD_ORG_LOTACAO = COD_ORGSUP_LOTACAO e o COD_UORG_LOTACAO é nulo:

Foi observado que existem pessoas que trabalham no órgão superior (EXEMPLO MEC) e o seu órgão(MEC) é o próprio órgão superior, porém como mostrado acima a unidade do órgão além de não ser nula é diferente do órgão superior.

Abaixo temos a relação quando o COD_ORG_LOTACAO = COD_ORGSUP_LOTACAO e o COD_UORG_LOTACAO é nulo ou não é nulo, ou seja, quando o código de um servidor que trabalha em um órgão superior for igual ao código do órgão, o código da unidade do órgão é nulo ou não.

Todas as vezes em 2016 no qual o COD_ORG_LOTACAO = COD_ORGSUP_LOTACAO e COD_UORG_LOTACAO é nulo

2016-01-31
76323
2016-02-29
75956
2016-03-31
79760
2016-04-30
80240
2016-05-31
79879
2016-06-30
79661
2016-07-31
79657
2016-08-31
79737
2016-09-30
79606
2016-10-31
79355
2016-11-30
79373
2016-12-31
79674

Todas as vezes em 2016 no qual o COD_ORG_LOTACAO = COD_ORGSUP_LOTACAO e COD_UORG_LOTACAO é nulo

2017-01-31
79205
2017-02-28
79137

Todas as vezes em 2016 no qual o COD_ORG_LOTACAO = COD_ORGSUP_LOTACAO e COD_UORG_LOTACAO não é nulo

2016-01-31
123023
2016-02-29
122833
2016-03-31
122325
2016-04-30
121992
2016-05-31
121630
2016-06-30
121091
2016-07-31
120624
2016-08-31
120178
2016-09-30
119820
2016-10-31
119270
2016-11-30
118984
2016-12-31
118865

Todas as vezes em 2017 no qual o COD_ORG_LOTACAO = COD_ORGSUP_LOTACAO
e COD_UORG_LOTACAO não é nulo

2017-01-31
118135
2017-02-28
120985

Quantos cargos distintos para o mesmo servidor (id_portal)?

Como exemplo foram encontrados dados no mês de fevereiro de 2015, onde uma mesma pessoa está locada em até 4 locais diferentes, porém com apenas uma descrição de cargo.

Já em 2017, por exemplo, foram encontrados 2 situações distintas de cargos no mês de fevereiro

Caso 1: Uma pessoa aparece 4 vezes na tabela, possui o campo cargo preenchido em 3 das 4 vezes, 2 destes com o mesmo cargo e 1 com valor distinto com 2 valores de cargo distintos.

Caso 2: Uma pessoa aparece 3 vezes, possui o campo cargo preenchido em 2 das 3 vezes, esses 2 campos com o mesmo cargo.

Caso 3: Uma pessoa aparece 3 vezes na tabela, possui o campo cargo preenchido em 2 das 3 vezes, esses 2 campos com cargos distintos.

O máximo de cargos distintos encontrado foram de 2 cargos, como segue nos exemplos acima.

(NOTA: Por questões de sigilo, não mostraremos nomes nos exemplos encontrados ao longo do estudo.)

*Assim que o id_portal no nosso estudo será mantido para todos os casos em que o servidor pode ter cargos distintos e funções, bem como o mesmo cargo em órgãos diferentes. Com essa constatação foi usado o o id_portal do servidor como identificador único.
  • O código atividade é chave primaria de função?

Não, pois foi encontrado que a mesma função pode ter diferentes codigo_atividade, por exemplo, “CARGO COMISS. DE GERENCIA EXECUTIVA” tem 34 códigos diferentes. codigo_atividade é uma chave candidata para atividade, no entanto ainda sim em atividade possuem atividades com até 4 códigos diferentes como por exemplo:
 “3038”;”SECRETARIO EXECUTIVO”
 “1848”;”SECRETARIO EXECUTIVO”
 “0049”;”SECRETARIO EXECUTIVO”
 “FDS1″;”SECRETARIO EXECUTIVO”

  • A tabela função deve virar tabela atividade e a chave primária deve ser codigo_atividade e cod_orgão.

Qual a relação entre atividade e função?

Um servidor pode possuir uma função, desta função ele pode exercer uma ou mais atividades.
 Ex.: Fulano possui o mesma atividade (CODIGO_ATIVIDADE) que Ciclano, e ambas possuem a função de X, no órgão Y.

O nome da atividade e o código da atividade variam conforme o órgão.
 Ex.: Na UFCA existe atividade de VICE DIRETOR, e na UFC existe a atividade COORDENADOR DE COORDENADORIA, porém, ambos estão associados a mesma função CARGO DE DIREÇÃO.

A tabela de função deve ser substituída pela tabela atividade, contendo o código da atividade e o código do órgão como chaves primárias. A tabela de fatos deve usar o código da atividade como identificador da atividade.

  • Em que momento do tempo aparece a chave ID_SERVIDOR_PORTAL ?

Aparece nas tabelas desde o ano de 2013.

  • No arquivo de REMUNERAÇÃO, os campos (U$) são conversões exatas de (R$) ?

Não há uma equivalência para um servidor que recebe em dólar para real. Com isso foi decidimos manter os atributos em dólar, já que quem recebe em dólar não tem salário reportado em reais.

  • Verificar se ID_SERVIDOR_PORTAL é mantido para o mesmo servidor ao longo dos meses.

O ID_SERVIDOR_PORTAL é o mesmo em todas as tabelas para um determinado mês porém em meses diferentes ele muda para a mesma pessoa. Isso acontece em anos anteriores ao mês 09 de 2015. Nos anos de 2016, 2017 há uma consistência e o ID_SERVIDOR_PORTAL não muda para uma mesma pessoa ao longo dos meses.

  • Pessoas sem Cargo, sem Função e sem Vínculo.

Foi decidido que seria criado 4 tabelas: Cargo, Função, Sem cargo sem função com vínculo, e ainda Sem cargo sem função sem vínculo.

  • Pode existir algum servidor COM CARGO e SEM VÍNCULO?

Sim. Porém Não existe o caso do servidor possuir função e estar SEM VÍNCULO.

  • Qual a semântica de Observação no csv Observação?
  1. É importante identificar se um mesmo id_servidor_portal tem mais de uma observação?
     Todo id_servidor_portal do csv de Servidores aparece no csv de Observação para um mesmo ano e mês?
  2. Todo id_servidor_portal do csv de Observação aparece no csv de Servidores para um mesmo ano e mês?
  3. Em que casos, podemos encontrar um padrão para afirmar que um servidor tem uma observação? Por exemplo, todo servidor aposentado tem uma observação?

1 — A tabela de observação tem como objetivo identificar valores de remuneração de determinados servidores.

2 — Foi possível identificar um mesmo servidor com até 4 observações. id = 1020951.

3 — Não, no mês de fevereiro de 2017 na tabela de servidores há uma ocorrência de 690497 tuplas distintas de servidores, já na tabela de observação do mesmo mês há uma ocorrência de 13632 tuplas distintas.

4 — Sim, todos que estão na tabela de observação, também estão na tabela de servidores.

5 — Foram encontrados 10 casos de observação:

a) OS VALORES DEMONSTRADOS ACIMA INCLUEM REMUNERAÇÕES PERCEBIDAS
A TITULO DE APOSENTADORIA/PENSÃO - ocorre quando o servidor possui no campo situação_vinculo
o valor "aposentado".

b) SERVIDOR EM EXERCICIO NO EXTERIOR. - ocorre quando um servidor trabalha para algum uorg
do MINISTÉRIO DE RELAÇÕES EXTERIORES.

c) SERVIDOR COM DESCONTO QUE INFLUENCIA NO CALCULO DO ABATE TETO - ocorre quando o servidor
possui a REMUNERAÇÃO_BRUTA acima do teto, tendo um abate dessa remuneração

d) SERVIDOR JÁ RECEBE PELO TETO CONSTITUCIONAL NO ÓRGÃO DE ORIGEM
- ocorre quando a remuneração bruta é igual ao abate que ele recebe.

e) SERVIDOR JÁ RECEBE PELO TETO CONSTITUCIONAL NO ÓRGÃO DE ORIGEM
- ocorre quando um servidor possui a remuneração total bruta igual ao abate do teto.

f) ABONO DE PERMANÊNCIA DE MESES ANTERIORES - EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, ART. 2º, §5º
- segundo a emenda, ocorre quando o servidor solicita aposentadoria voluntaria,
o mesmo servidor fica no máximo até 2 meses seguidos com essa observação,
no entanto continua na tabela de cadastro e remuneração.

g) LIMITE DE REMUNERAÇÃO EXCEDIDO DEVIDO AO RECEBIMENTO DO ABONO DE PERMANÊNCIA
DO MÊS CORRENTE - EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, ART. 2º, §5º - ocorre quando possui
a remuneração bruta acima do teto e não possui abate, devido a emenda constitucional.

h) OS VALORES PAGOS PELO ÓRGÃO/EMPRESA DE ORIGEM AO SERVIDOR NÃO ESTÃO INFORMADOS -
Não foi possível identificar um padrão, no entanto a observação pode ser auto-explicativa

i) SERVIDOR PERCEBE VENCIMENTOS ACIMA DO TETO CONSTITUCIONAL POR DECISÃO JUDICIAL
- Servidores recebem a remuneração bruta acima do teto,
no entanto alguns ainda tem remuneração após deduções abaixo do teto.

j) OS VALORES DEMONSTRADOS ACIMA INCLUEM REMUNERAÇÕES PERCEBIDAS
PELO SERVIDOR NO SEU ÓRGÃO/EMPRESA
DE ORIGEM - Observação com a maior quantidade de aparições, sendo 5360 registros,
informa apenas que o valor recebido inclui a empresa de origem,
mas não informa a empresa em questão.

Para cada servidor, o atributo total_honorarios no csv SERVIDOR é a soma dos VALORES que estão no csv Honorários?

Algumas observações feitas a respeito dessa pergunta foi que:

Pode haver casos de um servidor com mais de um honorário e temos Casos irregulares: casos de servidores que possuem um total de honorários (remuneracao.csv) maior do que a soma dos honorários (honorarios.csv). Uma observação a se fazer é que no arquivo de observações consta a seguinte observação: “OS VALORES DEMONSTRADOS ACIMA INCLUEM REMUNERAÇÕES PERCEBIDAS PELO SERVIDOR NO SEU ÓRGÃO/EMPRESA DE ORIGEM”

Scripts do modelo

  • Construir os scripts sql do esquema do banco de servidores
  • Schema do DW de Servidores (SITUAÇÃO: FINALIZADO)
  • Criar índices para todas as chaves primárias
  • (quando tiver apenas um atributo como chave primária criar um índice btree) (SITUAÇÃO: FINALIZADO)
  • Criar os índices clusterizados
  • Documentação do Postgres para índices clusterizados. (SITUAÇÃO: FINALIZADO)
  • Remover os índices criados automaticamente pelo Postgres
  • (SITUAÇÃO: FINALIZADO)

Geração do Primeiro Protótipo + Carga de Servidores (SITUAÇÃO: FINALIZADO)

-Inicialmente, é necessário verificar a interseção entre órgão superior na base Pagamentos e cod_org_sup na base Servidores

  • Para os demais órgãos existentes da base de Servidores, é necessário pensar em dividi-los em categorias, como por exemplo Estado/Município e Empresas Estatais ou Bancos…
  • Realizar a Persistência de Servidores

Categorias:

MINISTÉRIOS
TRIBUNAIS
BANCOS
GOVERNOS ESTADUAIS
PREFEITURAS
EMPRESAS ESTATAIS
ESTADOS / MUNICIPIOS / EMPRESAS
PROCURADORIA GERAL DA REPUBLICA
PRESIDENCIA DA REPUBLICA
SENADO FEDERAL
CAMARA DOS DEPUTADOS
OUTROS
INTERSEÇÃO DOS ÓRGÃOS DA TABELA DE PAGAMENTOS COM A TABELA DE SERVIDORES

SOMENTE 2016

MINISTERIO DO DESENV,IND. E COMERCIO EXTERIOR
MINISTERIO DO DESENVOLVIMENTO AGRARIO
MINISTERIO DOS TRANSPORTES
MINISTERIO DO TRABALHO E EMPREGO

SOMENTE MÊS 1 DE 2016

MINISTERIO DA PESCA E AQUICULTURA

SOMENTE MÊS 3 DE 2016

M.DAS MULH.,DA IG.RACIAL DA JUVENT.E DIR.HUM.

ATÉ MÊS 7 DE 2016

MINISTERIO DA CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVACAO
MINISTERIO DO DESENV. SOCIAL E COMBATE A FOME
MINISTERIO DO PLANEJAMENTO,ORCAMENTO E GESTAO
MINISTERIO DO TRABALHO E PREVIDENCIA SOCIAL

SOMENTE MÊS 08,09,10,11,12 DE 2016

MINISTERIO DO DESENV. SOCIAL E AGRáRIO

MÊS 08-2016 EM DIANTE. 2017 TODO

MINIST. DO PLANEJAMENTO, DESENVOLV. E GESTAO
MINIST.DA CIENCIA,TECNOL.,INOV.E COMUNICACOES
MINISTERIO DO TRABALHO

TODO MÊS 2016 - JAN-2017

MINISTERIO DAS COMUNICACOES

TODO MÊS 2016, 2017 TODO

MINIST. DA AGRICUL.,PECUARIA E ABASTECIMENTO
MINISTERIO DA CULTURA
MINISTERIO DA DEFESA
MINISTERIO DA EDUCACAO
MINISTERIO DA FAZENDA
MINISTERIO DA INTEGRACAO NACIONAL
MINISTERIO DA PREVIDENCIA SOCIAL
MINISTERIO DA SAUDE
MINISTERIO DAS CIDADES
MINISTERIO DAS RELACOES EXTERIORES
MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA
MINISTERIO DO ESPORTE
MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE
MINISTERIO DO TURISMO
PRESIDENCIA DA REPUBLICA
MINISTERIO DA JUSTICA

ANO 2017

MINIST. DA INDUSTRIA, COM.EXTERIOR E SERVICOS
MINIST. DA TRANSPARENCIA, FISCALIZACAO E CGU
MINIST.DOS TRANSP.,PORTOS E AVIACAO CIVIL
MINISTERIO DA JUSTICA E SEGURANçA PUBLICA
MINISTERIO DO DESENVOLVIM. SOCIAL E AGRARIO
MINISTERIO DO DESENVOLVIM. SOCIAL E AGRARIO

Identificação de perguntas para os servidores (SITUAÇÃO: FINALIZADO)

Geral - Exibir Órgão que gasta mais
-(ÓRGÃO SUP - subcategorias com órgãos de lotação)

Geral - Quantidade de servidores por ORGÃO.

Geral - Exibir gráfico com os gastos dos meses.

Geral - Exibir gráfico de gastos por Estado.

Específico - Exibir gastos Orgão sup no estado
(Ex: Quanto o Estado recebe no Ministério do Trabalho,
Educação)

Específico - Exibir gastos gerais por CARGO
- (Professores, Médicos) ** INVESTIGAR

Específico - Exibir gastos gerais por CARGO POR ESTADO
- (Professores, Médicos) ** INVESTIGAR

Geral - Total de gastos com o Exterior (Em dolar)
(* GRÁFICO) - por mês.

Geral - Quantidade de pessoas por mês.

Específico - Exibir cargos (10...) com maior remuneração
- (De acordo com o órgão superior
-(MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, MINISTÉRIO DA SAÚDE,
GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ ...) )

Específico Exibir cargos (10...) com maior remuneração
de acordo com o órgão superior - Por estado.

Geral - Exibir gastos de acordo com a SITUAÇÃO VÍNCULO
(Contratado, Concursado) * SEGUINDO A HIERARQUIA ACIMA
- Por ORGÃO, ORGÃO SUP

Geral - Exibir gastos de acordo com a OBSERVAÇÃO:
pessoas ativos, inativos, Aposentados,
Pensionistas.

Geral - Exibir gastos gerais em honorários por mês.

Específico - (VER EMPRESAS QUE RECEBEM MAIS)

Geral - Quanto que é o gasto por cargo comissionados
por função, e somente cargo comissionados que não são
concursado (Ex: nomeação - Cargos Políticos)
** INVESTIGAR

** INVESTIGAR: Fazer uma exploração para entender melhor
a pergunta.

Investigação na base de pagamentos

Transformar string de cod_favorecido em inteiro (SITUAÇÃO: FINALIZADO)

Identificar as perguntas sobre a base de dados de pagamentos. (SITUAÇÃO: FINALIZADO)

Buscar pagamentos por favorecidos;
Buscar pagamentos por intervalo de tempo(datas);
Buscar a remuneração de acordo com uma função/subfunção; Ex : Administração;
Buscar os gastos total por programa/linguagem cidadã;
Demostrar a diferença de gastos de um orgão_subordinado atraves de meses ou anos;
Buscar todos funcionários de um programa/orgão_subordinado;
Ranks com os orgãos superiores que gastam mais/ subfunções com maior remuneração;
Buscar por valores em elemento dispesas;
Ex : "Auxílio Financeiro a Pesquisadores"

Criar índices da base de pagamentos. (SITUAÇÃO: FINALIZADO)

Índice hash no atributo NOME_FAVORECIDO da tabela FAVORECIDO;

Índice Btree nos atributos ANO E MÊS da tabela DATA;

Índice hash no atributo NOME_SUBFUNCAO da tabela SUBFUNCAO;

Índice Btree no atributo NOME_PROGRAMA da tabela PROGRAMA;

Índice hash no atributo NOME_ORGAO_SUBORDINADO DA TABELA ORGAO_SUBORDINADO;

Índice Btree no atributo VALOR da tabela PAGAMENTO;
  • Atualizar a modelagem de dados da base de pagamentos. (SITUAÇÃO: FINALIZADO)
  • Criar as consultas SQL para responder as perguntas formuladas sobre a base de dados de pagamentos. (SITUAÇÃO: FINALIZADO)
  • Github
  • Persistência no servidor da CTI dos dados de Janeiro a Dezembro de 2016 e Janeiro a Março de 2017 (SITUAÇÃO: FINALIZADO)

Transformação 1:

  • 2016: Completo!
  • 2017: Não iniciado.

Transformação 2:

  • 2016: Mês de janeiro finalizado.
  • 2017: Completo!

Modificações realizadas nas transformações: (SITUAÇÃO: FINALIZADO)

  1. Alteração do tipo de dados para COD_FAVORECIDO e COD_ACAO de Integer para String.
  2. Alteração do tipo de dados para DATA de Date para String.

Geração do Primeiro Protótipo (CANCELADA)

Criar o primeiro protótipo que apresente todas as categorias (incluindo os ministérios) e o gráfico com eixo x no tempo e y nos gastos. Nesse gráfico será plotado tanto a soma dos gastos de servidores quanto pagamentos.

Inicialmente, foi necessário verificar a interseção entre órgão superior na base Pagamentos e cod_org_sup na base Servidores. Foi investigado cada ministério para todo mês de 2016 até março de 2017. Como resultado foi constatado que não é possível garantir que sempre um órgão que esteja na base de pagamentos esteja na base de servidores nem que algum órgão da base de pagamentos originou um ou mais órgãos da base de servidores uma vez que o código das bases para cada órgão é diferente. Um exemplo peculiar encontrado foi que o ministério M.DAS MULH.,DA IG.RACIAL DA JUVENT.E DIR.HUM. existe na base de pagamentos mas não aparece em servidores em nenhum mês investigado. Um outro caso peculiar foi não temos como garantir que o ministério MINIST.DOS TRANSP.,PORTOS E AVIACAO CIVIL da base de pagamentos foi criado de algum ou de todos os ministérios MINISTERIO DOS TRANSPORTES, EMPRESA DE PORTOS DO BRASIL S/A, ADMINISTRACAO DO PORTO DE MANAUS da base de servidores. Como conclusão: Não podemos utilizar a mesma tela inicial com os ministérios de Pagamentos em servidores. É necessário criar aplicações separadas. Manteremos as categorias já descritas em Servidores

Foi criado categorias para os órgãos:

MINISTÉRIOS
TRIBUNAIS
BANCOS
GOVERNOS ESTADUAIS
PREFEITURAS
EMPRESAS ESTATAIS
ESTADOS / MUNICIPIOS / EMPRESAS
PROCURADORIA GERAL DA REPUBLICA
PRESIDENCIA DA REPUBLICA
SENADO FEDERAL
CÂMARA DOS D

Categorias Detalhadas

MINISTÉRIOS:
15000.0,MINISTERIO DA EDUCACAO
40108.0,"MINIST.DA CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVACAO"
25000.0,MINISTERIO DA SAUDE
13000.0,"MINIST.DA AGRICULTURA,PECUARIA E ABAST."
20000.0,MINISTERIO DA JUSTICA
17000.0,MINISTERIO DA FAZENDA
32000.0,MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA
55000.0,MINISTERIO DESENVOLV. SOCIAL E AGRÁRIO
40105.0,MINISTERIO DA DEFESA
35000.0,MINISTERIO DAS RELACOES EXTERIORES
56000.0,MINISTERIO DAS CIDADES
26000.0,MINISTERIO DO TRABALHO E EMPREGO
23000.0,MINISTERIO DA PREVIDENCIA SOCIAL
20113.0,MINISTERIO DO PLANEJ. DESENV. E GESTAO
49000.0,MINISTERIO DOS TRANSPORTES
42000.0,MINISTERIO DO DESENVOLVIMENTO AGRARIO
40112.0,MINISTERIO DA INTEGRACAO NACIONAL
29000.0,MINISTERIO DO ESPORTE
40107.0,MINISTERIO DA CULTURA
40111.0,MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE
41000.0,MINISTERIO DAS COMUNICACOES
59000.0,MINISTERIO DA TRANSP. FISCAL. E CGU
28000.0,MINIST.DO DESENV.INDUST.E COMER.EXTERIOR
54000.0,MINISTERIO DO TURISMO
90100.0,MINISTERIO PUBLICO FEDERAL
90400.0,MINIST. PUBLICO DO DF E TERRITORIOS
90200.0,MINISTERIO PUBLICO DO TRABALHO
90150.0,MINISTERIO PUBLICO DA UNIAO

TRIBUNAIS:
101.0,SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTICA
99048.0,TRIBUNAL DE JUSTICA DO DF E TERRITORIOS
99047.0,TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL
99027.0,TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL - MA
99052.0,TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO-MT
99133.0,TRIBUNAL DE JUSTICA
99000.0,TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL - MG
99032.0,TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL - DF
99026.0,TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL - CE
166.0,TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL - SP
90000.0,TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIAO
4000.0,TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO
99044.0,TRIBUNAL DE JUSTICA DO EST DE RONDONIA
164.0,TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL
99001.0,TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - MG
99034.0,TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL 1A REGIAO / DF
167.0,TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL - RO
99021.0,TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL - PB
99069.0,TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL 3A REGIAO/SP
99905.0,TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO
10000.0,SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

BANCOS:
25201.0,BANCO CENTRAL DO BRASIL
25281.0,BANCO DO BRASIL S/A
25220.0,CAIXA ECONOMICA FEDERAL
45282.0,BANCO NAC. DE DESENV. ECONOMICO E SOCIAL
25282.0,BANCO DO NORDESTE DO BRASIL
20502.0,FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS

GOVERNOS ESTADUAIS:
93520.0,GOVERNO DO ESTADO RONDONIA
94920.0,GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA
99072.0,GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL
97400.0,GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL
93420.0,GOVERNO DO ESTADO DO PARA
97120.0,GOVERNO DO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL
96320.0,GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
95320.0,GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
95420.0,GOVERNO DO ESTADO DE SAO PAULO
93720.0,GOVERNO DO ESTADO DE TOCANTINS
94620.0,GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
94520.0,GOVERNO DO ESTADO DA PARAIBA
93620.0,GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA
96120.0,GOVERNO DO ESTADO DO PARANA
94220.0,GOVERNO DO ESTADO DO PIAUI
94320.0,GOVERNO DO ESTADO DO CEARA
93120.0,GOVERNO DO ESTADO DO ACRE
97320.0,GOVERNO DO ESTADO DE GOIAS
93320.0,GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS
95120.0,GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
97220.0,GOVERNO DO ESTADO DO MATO GROSSO
94820.0,GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE
93220.0,GOVERNO DO ESTADO DO AMAPA
94720.0,GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS
95220.0,GOVERNO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO
96220.0,GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA
157.0,GOVERNO DO ESTADO DO MARANHAO
94420.0,GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

PREFEITURAS:
99054.0,PREFEITURA MUNICIPAL
99045.0,PREFEITURA MUNICIPAL DE VITORIA/ES
99132.0,PREFEITURA DE SAO LUIZ/MA
99068.0,PREFEITURA MUNICIPAL DE RECIFE/PE
99040.0,PREFEITURA MUNICIPAL DE FORTALEZA / CE
99033.0,PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VELHO-RO

EMPRESAS ESTATAIS:
25211.0,CASA DA MOEDA DO BRASIL
99061.0,COMP DOCAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
99058.0,COMPANHIA DOCAS DE SAO PAULO
99062.0,COMP DOCAS DO ESTADO DA BAHIA
91084.0,PETROBRAS - HOLDING
91081.0,ELETROBRAS - HOLDING
91082.0,TELEBRAS - HOLDING
99011.0,EMPRESA BRAS. INFR. EST. AEROPORTUARIA
49280.0,EMPRESA BRAS. DE CORREIOS E TELEGRAFOS
99014.0,INDUSTRIA DE MATERIAL BELICO DO BRASIL
73,32201.0,CENTRO DE PESQUISAS DE ENERGIA ELETRICA
106,80208.0,EMPRESA DE PORTOS DO BRASIL S/A
50,99063.0,ADMINISTRACAO DO PORTO DE MANAUS
31,99059.0,CENTRAIS ELETRICAS NORTE BRASIL
78,99060.0,COMPANHIA ENERGETICA DE BRASILIA

ESTADOS / MUNICIPIOS / EMPRESAS:
30,99991.0,ESTADOS / MUNICIPIOS / EMPRESAS
32,99990.0,ESTADOS/MUNICIPIOS/ADM.DIR-AUT/FUNDACOES

OUTROS:
45,98000.0,ORGAO CENTRAL DO SIPEC
66,99993.0,EMPRESAS PUBLICAS/CLT
82,97401.0,CAMARA LEGISLATIVA DO DF
52,20104.0,SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATEGICOS / PR

58,99004.0,PROCURADORIA GERAL DA REPUBLICA

8,20101.0,PRESIDENCIA DA REPUBLICA

54,99016.0,SENADO FEDERAL

60,99015.0,CAMARA DOS DEPUTADOS

Categorias:
MINISTÉRIOS
TRIBUNAIS
BANCOS
GOVERNOS ESTADUAIS
PREFEITURAS
EMPRESAS ESTATAIS
ESTADOS / MUNICIPIOS / EMPRESAS
PROCURADORIA GERAL DA REPUBLICA
PRESIDENCIA DA REPUBLICA
SENADO FEDERAL
CAMARA DOS DEPUTADOS
OUTROS

A categoria OUTROS foi criada por que não foi possível categorizar seus órgãos em alguma categoria, para constatar essa afirmação foi investigado se o código de cada órgão em outros era único ou se era igual a algum órgão categorizado em outra categoria diferente

O Protótipo

Foi feito uma reunião para discutir a identidade visual do site, seu nome, logo. Dentre alguns nomes que surgiram foi: Dadix, Lamparina, Bods(Brasilian Open Data Search). Abaixo você pode conferir o andamento da identidade visual do site.

Links para o projeto: Github.

Um pouco mais do BODS

Foi feito um estudo para melhorar a identidade na ferramenta BODS. Abaixo você pode ver alguns entregáveis como Motheboard, Biblioteca de Padrões…

link: https://biblioteca-padroes-bods.netlify.com/

biblioteca de padrões
motherboard

Código da biblioteca de padrões: https://github.com/crislanio/BibliotecaPadroesBODS

Equipe: Alysson, Crislanio, Daiane, Matheus, Mikael, Ticiana, Raul, Rayson, Yago, Wendell.