Como NÃO se sair bem no ENEM 2016

É inevitável. Chega nessa época do ano, em todas as rodinhas de amigos, na escola, na família, todo mundo só fala de uma coisa: o Exame Nacional do Ensino médio ou mais conhecido como ENEM. Pois é meu amigo ou amiga, faltam apenas alguns dias para a prova mais importante do ano para todo estudante Brasileiro. E você, estudou? Tá preparado? Calma, não entra em pânico, nem tudo está perdido! Com calma e foco você consegue ter um bom resultado. E é por isso que, nós aqui da ENSINAAÊ, preparamos um conteúdo do que você NÃO DEVE fazer para ir bem no ENEM. Isso mesmo: NÃO FAZER! Não significa que nós queremos que você vá mal, não, calma lá! Queremos te mostrar o que fazer pra você gastar energia somente com o necessário e com o que vai te trazer resultado. Bora lá?

1. Procrastinar os estudos

Você tem centenas de milhares de concorrentes que estão se preparando para a prova (…)

Assim como a maioria dos estudantes fazem, deixar para estudar de última hora para a prova não é a melhor escolha. Pode ser que até tenha dado certo, algum dia, naquela prova da escola. Mas agora a coisa é séria! Você tem centenas de milhares de concorrentes que estão se preparando para a prova, estudando cada vírgula e cada fórmula para no dia do exame realizar a prova com a tranquilidade de tudo que aprendeu. E pode ter certeza, esses que estudam tomarão seu lugar na universidade. Comece a se preparar no início do ano e não deixe nenhuma dúvida para trás.

2. Não criar um plano de estudos

Você só vai entender a importância de elaborar um plano de estudos depois que passar no ENEM. Comece elaborando uma estratégia de estudos pelas matérias que mais tem dificuldade, pois assim você terá mais tempo de absorver o conteúdo e tirar as dúvidas mais complexas. Mas não deixe a matéria que você tem mais dificuldade consumir todo o seu tempo de estudo. É importante saber o quanto estudar de cada matéria para que você tenha maior aproveitamento de todas. Se for preciso, converse com um professor particular para lhe ajudar a elaborar um plano de estudos com disciplinas, períodos e horários estabelecidos. Criar mapas mentais ajudam muito na separação e contextualização das matérias.

3. Não saber dizer NÃO à tudo que lhe tira o foco

Sabe aquele amigo que te liga no meio do dia chamando pra jogar vídeo-game? E o Netflix que te chama para assistir Stranger Things? Calma, entenda que tudo isso é nosso hábito de continuar na zona de conforto. Você não precisa se abster de tudo que gosta de fazer (Stranger Things é bom demais), mas saiba que dosar diversão e estudos é muito importante nesse momento da sua vida. Saiba que vai atingir seus objetivos somente quando tiver foco e amadurecimento suficiente para conquistar o que deseja.

Enquanto você continuar aceitando todos os convites para sair durante sua hora de estudos, nada vai mudar.

4. Não ter um objetivo definido

Você já definiu onde quer chegar? Consegue imaginar como será quando atingir seu objetivo? Tenha o objetivo estabelecido, amadureça o sucesso em sua mente para que você tenha motivação para fazer o que for preciso para alcançá-lo e usar toda sua energia como determinação. Quando não se sabe o que quer, não há motivos para se esforçar em busca de alguma coisa. Comece pensando o quanto vai ser importante passar no vestibular, o quanto sua vida depende desse momento para que você atinja sua independência financeira no futuro.

5. Não entender o estilo de prova do ENEM.

Tão importante quanto se dedicar aos estudos é entender o modelo da prova.

O ENEM é dividido em quatro áreas de estudos: linguagens, códigos e suas tecnologias (incluindo redação); ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias e matemáticas e suas tecnologias. Cada grupo de testes é composto por 45 itens de múltipla escolha, aplicados em dois dias. Faça simulados das provas anteriores do Novo ENEM, veja a correlação entre as questões e como elas se complementam. É importante que esse simulado seja levado à sério, como se você estivesse fazendo a prova realmente, pois assim no dia da prova você vai estar mais familiarizado. Pratique muita redação para tornar sua escrita mais elaborada e natural.

6. Não se preocupar com noticiários e jornais.

Uma boa parte das questões do ENEM — inclusive a redação — são baseados em temas de ordem social, científica, cultural ou política, e por isso, assista e leia muitos jornais! Todas as áreas do ENEM possuem textos ‘politicamente corretos’, sobre sustentabilidade ou algo que remeta a ideia de resolver um grande problema do mundo. Esteja sempre antenado com as notícias e tenha calma, esses textões são cansativos e você deve prestar atenção para grifar aquelas frases mais relevantes, que tragam dados quantitativos ou que expliquem algum fato importante. A resposta da pergunta — ou parte dela — estará no meio do texto, naquela parte que você grifou!


Você é o dono do seu futuro e por mais que, no momento, você tenha uma boa qualidade de vida e pense que a vida será sempre assim, aqui vai um recado: o seu futuro depende somente do que faz hoje. E ai, vai passar no ENEM agora ou prefere ficar estudando mais um ano para ver o que vem por aí? A concorrência é grande e quem não se preparar vai ficar pra trás. Boa sorte!


Por Felipe Gimenes e Gabriel Malinosqui

ENSINAAE — Encontre um professor particular pertinho de você

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.