Bussular Girls

Na época que eu mantinha blog, eu fiz texto pra muita gente e em muitas situações. Aniversário de amiga, nascimento de priminho, dia dos pais. Só que eu nunca consegui escrever um texto decente de homenagem pra minha mãe e, na verdade, sequer lembro de ter tentado. Um dia eu aprendi que é muito, muito difícil falar qualquer coisa com sentido sobre o que a gente ama demais.

Quando eu era pequena, dizia que a minha mãe era minha melhor amiga. Depois, de repente não era. Essa foi uma resolução mais pré adolescente, malu humorada e vazia de sentido do que qualquer outra coisa — mas, mesmo assim, teria total sentido anos depois, e eu não estou aqui para minimizar amizades.

Tenho amigas incríveis com as quais sei que posso contar, mas minha mãe não tem como ser minha melhor amiga porque minha mãe é muito mais do que isso. Minha mãe dispensa apresentações e reúne todos os significados. Ela é tudo com que eu tenho certeza absoluta que posso contar nessa vida. Foi ela que sonhou com uma filha, mas ela é com certeza o maior presente de uma filha que nunca nem precisou sonhar com uma mãe, porque sempre a teve ali. Ela me deu a luz há 26 anos atrás e segue me dando a luz todos os dias.

Teorias dizem que tenho problema de ansiedade e medo de crescer porque minha vida sempre foi muito confortável e eu fui amada e zelada demais. Faz sentido, eu acho. Mas não trocaria o cuidado e o colo da minha mãe nem pela maior paz de espírito desse mundo. Ela é o amor da minha vida.

Se você gostou desse texto, não se esqueça de bater palminhas para ajudar a divulgar. E clique aqui para conhecer o Entusiastas, o espaço na internet onde os sentimentos são os únicos fatos!