Quer convidar um amigo para celebrar o seu casamento? Confira algumas dicas.

Viviane De Freitas
Jul 11, 2020 · 6 min read
Image for post
Image for post
Nicole e Rodrigo em Paraty, a cerimônia foi conduzido pelo melhor amigo dela — o Arnaldo.

Casamento é um ritual muito importante, tão importante que às vezes os casais não confiam em mais ninguém para transmitir o amor que sentem um pelo outro. As cerimônias de casamento, que historicamente sempre foram celebradas por padres e líderes religiosos, estão cada vez mais intimistas e personalizadas. E, nessa busca por refletir a personalidade do casal, surgiu uma nova forma de celebrar: convidar um amigo ou familiar para conduzir o rito.

Os motivos que levam um casal a optar por uma pessoa próxima são variados. Aqui na Escreva uma Carta pra Mim já criei cerimônias para que a mãe e o sogro da noiva conduzissem a cerimônia em uma igreja desconsagrada lá em Bassano, na Itália. Outra vez o melhor amigo do casal, e responsável pela noiva ter dado uma chance ao noivo, foi o escolhido. Já teve também tio do noivo, cerimônia personalizada conduzida por um irmão de cada, pela pastora, pelos padrinhos. Em cada uma das ocasiões o que pesou na decisão final foi um motivo diferente. Seja a distância do casamento, a impossibilidade de levar um celebrante profissional para o exterior, uma escolha afetiva ou a falta de disponibilidade na agenda do celebrante que gostariam, a cerimônia conduzida por amigos ou familiares é uma opção linda e possível. Por isso, para ajudar os casais que estão considerando esta opção, vou responder aqui as principais dúvidas e dar minhas dicas para que tudo saia perfeito nesse dia:

Como saber se somos um casal que vai ficar feliz com uma cerimônia conduzida por amigos? O que demos levar em consideração na hora de fazer esta escolha?

Pela minha experiência os noivos muito ligados à família e aos amigos são os que mais valorizam esse estilo de celebrar. Façam uma autoanálise para entender se gostariam de compartilhar com as pessoas que amam essa emoção do altar, de viver um rito de passagem junto com elas. Para fazer esta escolha é preciso ser um casal corajoso e autêntico, que não tem medo de abrir mão do tradicional em nome do que acreditam e do amor que sentem um pelo outro e por esses familiares e amigos.

Quais são os riscos e cuidados importantes a serem tomados antes de decidir por um celebrante não-profissional?

É importante que os noivos não coloquem essa responsabilidade em cima de alguém que não se sentirá confortável nessa posição. Se as pessoas escolhidas para celebrar não estiverem à vontade, o convite pode ser mais uma preocupação do que uma alegria. Já fui contratada por casais faltando um mês para o casamento porque a irmã desistiu de conduzir a cerimônia personalizada. Ela não dormia direito há quase um mês e estava se sentindo pressionada a ponto de ficar triste com os preparativos da festa. Nenhum casal deseja isso para aqueles que amam tanto. Conversem e certifiquem que o seu familiar ou amigo está se sentindo confortável e feliz com essa possibilidade.

É possível escolher mais de uma pessoa? Até quantas pessoas podem ser escolhidas para a função sem que a cerimônia fique monótona ou confusa demais?

Em uma cerimônia personalizada e criada sob medida para os noivos, como é o caso das que criamos na Escreva uma Carta pra Mim, tudo é permitido. Uma, duas ou cinco pessoas, não importa, o que vai fazer diferença é como essa cerimônia será estruturada e como o texto será encadeado. Ou seja, mais importante do que o número de pessoas é a coerência do rito criado para esse casal. Se for bem feito não vai ficar confuso, vai ser lindo, diferente e único.

Quando convido um amigo ou familiar para celebrar e ele aceita quer dizer que não precisamos nos preocupar com mais nada?

Uma cerimônia é feita de muitas etapas. Celebrar é apenas a última e mais simples de todas. Embora falar em público seja difícil para algumas pessoas, é uma missão bem mais tranquila do que escrever uma cerimônia emocionante e coerente do zero. Por isso, ao convidar alguém para celebrar não quer dizer que essa pessoa irá criar um texto lindo, estruturar o rito, conduzir bençãos e orações, pensar com vocês no cortejo, etc. Nada disso. O convite diz respeito à apresentação em público de um texto, na maioria das vezes, escrito por um profissional. Ao optarem por essa forma de cerimônia vocês precisarão contratar também uma pessoa para entender o que vocês querem, criar a cerimônia e capacitar o celebrante convidado.

Além de escrever seus votos, os noivos devem se preocupar com as demais coisas que serão ditas durante a celebração ou devem confiar no bom senso do celebrante escolhido? Vale inclusive dar palpites ou fazer exigências em relação ao traje usado na celebração?

Os noivos tem que estar preparados e preocupados apenas com o outro nesse dia, incluindo os votos, e se entregarem para viver esse momento inesquecível. O que será dito deve ficar unicamente sob a responsabilidade do celebrante. Se eles escolheram alguém de confiança, já conversaram antes da cerimônia, falaram tudo que esperam e conhecem o trabalho da pessoa contratada, é só confiar e tudo sairá como sempre sonharam. Se estiverem inseguros, talvez não tenham escolhido o profissional certo para um momento tão importante. As orientações variam de casal para casal, de cerimônia para cerimônia e os noivos podem combinar tudo quando se trata de uma cerimônia personalizada, inclusive o figurino. Por isso a relação com os fornecedores de casamento deve ser boa, transparente e aberta a todo tipo de sugestão e diálogo.

Como o celebrante escolhe as palavras que serão ditas durante a cerimônia? Os noivos podem ler a cerimônia antes para aprovar o texto?

Cada celebrante tem a sua formação e sua forma de buscar inspiração. A minha inspiração vem totalmente da história dos noivos e concilio tudo com o meu jeito de falar sobre o amor e entender o casamento, que é o jeito de alguém que acredita no poder da palavras, na poesia e nesse momento como um dos mais importantes para o casal. O altar é um lugar de tradição, compromisso, ritual e, principalmente, entrega, onde os casais ofertam o que têm de mais precioso ao outro, seus sentimentos. Aqui na Escreva uma Carta pra Mim todo texto é surpresa porque acredito que os noivos não têm que aprovar o que será dito. Isso tira completamente a emoção do dia, apenas o celebrante convidado vai ler antes. Como noivos, vocês precisam entender o estilo do celebrante, confiar e compreender quais serão os valores nos quais essa cerimônia foi construída: amor, espiritualidade, etc. Se mesmo assim ficarem inseguros, os depoimentos de outras noivas sempre ajudam a dar uma noção de como foi essa experiência (sempre é boa!).

Por que contratar uma celebrante profissional pode fazer toda a diferença na hora de escrever a cerimônia? Como funciona esse contrato para orientar e ajudar o amigo dos noivos a celebrar?

Os amigos e familiares, por mais boa vontade e disposição que tenham, não estão habituados a esse trabalho. Eles podem esquecer de abordar pontos fundamentais da história do casal e do ritual, seja por nervosismo ou mesmo desconhecimento. Dessa forma, contratar um profissional é essencial, ele saberá orientar o celebrante escolhido tanto em relação ao discurso quanto aos protocolos e condução da cerimônia como um todo. Na Escreva uma Carta pra Mim o processo criativo é exatamente o mesmo com o acréscimo da orientação ao celebrante no final. Faço com eles um ensaio por Skype, ajusto os textos conforme a linguagem do convidado, ensino como recepcionar os noivos, falar em público, conduzir o rito e ficar seguro para conduzir o grande dia.

O que não pode faltar em uma celebração de casamento para que ela seja emocionante e inesquecível?
Sempre digo que é autenticidade. Se a cerimônia de casamento transmitir exatamente o que os noivos acreditam e suas personalidades, ela será linda e ficará guardada na memória de todos como um dia especial e repleto de felicidade.

Escreva uma Carta pra Mim

Viviane De Freitas

Written by

Viviane de Freitas é uma pessoa que escreve para sobreviver. Poeta, jornalista, tradutora do amor na @escrevaumacartapramim e autora de Poesia de Geladeira.

Escreva uma Carta pra Mim

Criamos cerimônias poéticas e românticas para casamentos autênticos. São cerimônias personalizadas para casais que acreditam no amor e no poder das palavras.

Viviane De Freitas

Written by

Viviane de Freitas é uma pessoa que escreve para sobreviver. Poeta, jornalista, tradutora do amor na @escrevaumacartapramim e autora de Poesia de Geladeira.

Escreva uma Carta pra Mim

Criamos cerimônias poéticas e românticas para casamentos autênticos. São cerimônias personalizadas para casais que acreditam no amor e no poder das palavras.

Medium is an open platform where 170 million readers come to find insightful and dynamic thinking. Here, expert and undiscovered voices alike dive into the heart of any topic and bring new ideas to the surface. Learn more

Follow the writers, publications, and topics that matter to you, and you’ll see them on your homepage and in your inbox. Explore

If you have a story to tell, knowledge to share, or a perspective to offer — welcome home. It’s easy and free to post your thinking on any topic. Write on Medium

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store