52 livros em 52 semanas. Ou porque resolvi fazer isso comigo mesma.

Jade Cestari
Feb 14, 2017 · 2 min read

Preciso começar constatando o óbvio: Eu sempre amei ler. Pronto. A leitura nunca foi algo difícil ou que demandasse um grande esforço. Desde pequena tenho esse hábito. Afinal, meus pais e irmãos liam e como toda filha mais nova, eu queria saber o que tinha de tão interessante naquelas páginas. Foi assim com vários, desde o Harry Potter do meu irmão aos clássicos que preenchem as prateleiras dos meus pais. A leitura sempre fez parte da minha vida. E eu leio rápido.

Então talvez ler 52 livros em 52 semanas deveria ser algo fácil para mim. Mas não é. Muitas vezes, algo que acredito acontecer com a grande maioria, me falta tempo. E em alguns casos me sobram desculpas: “ah tô muito cansada pra ler”, “já li tudo que tinha”, “se eu começar vou terminar de ler muito tarde”, e assim vai. Às vezes me surpreendo e leio dois livros por semana e fico mais duas sem ler nada. Nenhum livro sequer. Uma possível falta de rotina? Talvez Mas também que é muito fácil pra mim criar desculpas e não ler. No último ano percebi que quanto mais mantinha um ritmo de leitura, mas fácil ficava de ler. Até mesmo aqueles livros que são obrigatórios para a faculdade.

Já tinha ouvido falar desse desafio e por isso resolvi tentar. A única regra é, ao final de 52 semanas ter lido 52 livros. Comecei dia 1º e vou até a última semana do ano. Vale de tudo. Desde livros que estavam na minha lista de leitura à indicações. Nessas comecei a perguntar para amigos e conhecidos qual era o livro favorito deles e olha, tinham autores que eu nunca sequer tinha cogitado conhecer.

Estamos na semana número 7 e eu já li 7 livros. Faltam 45 semanas para acabar 2017. Já estou ansiosa por todos os livros que irei ler.

Escritor Publicado

Marketing Literário, Escrita Criativa e Cultura

Jade Cestari

Written by

Escritor Publicado

Marketing Literário, Escrita Criativa e Cultura