Startup de fazenda urbana auxilia na geração de renda na Zona Sul de São Paulo

Reginaldo Siqueira, fundador da FAZU, teve a ideia sobrevoar a periferia da capital paulista e observar lajes sem utilização

Gabrielli Lima
Jun 22, 2018 · 3 min read
Image for post
Image for post
Plantação de alface e alface roxa no Cubo, localizada na Vila Olímpia.

Há oito anos, após uma viagem aérea entre Rio de Janeiro e São Paulo, o publicitário Reginaldo Siqueira teve uma visão empreendedora. Ao observar muitos tons de cinza e lajes não utilizadas nas periferias das duas cidades, ele percebeu que poderia fazer algo benéfico para comunidades locais e, consequentemente, para a sociedade. “Eu olhei do avião aquela massa de concreto sem uso e pensei que poderia de algum jeito mudar essa realidade.” Em julho de 2017 a ideia foi concretizada e a Rede de Fazendas Urbanas — (FAZU), teve sua primeira horta criada, no Jardim da felicidade, Zona Sul de São Paulo.

Em busca de impacto social e econômico, o trabalho da startup é realizado com a tecnologia hidropônica, técnica de cultivar plantas sem o solo, onde as raízes ficam dentro da água enriquecida por nutrientes. Esse método permite uma economia de energia, espaço, tempo e água se comparada com uma plantação convencional, pois a quantidade utilizada é controlada.

O intuito das fazendas urbanas é transformar os espaços que não são usados dentro das cidades, como casas e empresas, em zonas produtivas para hortaliças.Atualmente a produção conta com alface roxa, alface crespa e rúcula, todos orgânicos e produzidos de forma artesanal, em média mil pés por mês.

Segundo Siqueira, a FAZU possui um ecossistema que funciona como uma franquia. Eles disponibilizam treinamentos e auxiliam aqueles que desejam se tornar fazendeiros. “Nós fazemos um sistema de compra garantida, onde a pessoa adquire o nosso equipamento, começa a produzir as hortaliças em casa e tem a venda garantida pela FAZU, que com logística própria pega a mercadoria e vende”.

Atualmente, a empresa possui cinco colaboradores.Entre eles Lucas Espanha, de 21 anos, responsável pela área comercial e atendimento ao cliente. Ele conta que está na FAZU desde setembro de 2017 e se encantou pelo projeto por ter um grande impacto social. Afirma ainda que a ideia é expandir as fazendas para outras cidades, como Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Para ele, a principal dificuldade é a venda dos alimentos nos condomínios. “Muitas vezes as pessoas têm uma resistência para aderir a um novo serviço. Elas estão acostumadas a comprarem seus produtos no hipermercado.Por meio dos nossos serviços, matamos esses intermediários”, diz.

Entre os parceiros da FAZU está o Cubo, Centro de Empreendedorismo Tecnológico, um espaço decoworkingfundado pelo Itaú Unibancocomo objetivo de compartilhar escritórios para novos empreendedores, e a SOMAR — Associação Solidária em Marcha, pertencente ao movimento católico MVC, que realiza projetos nas comunidades com atividades para crianças carentes.

Siqueira explica que a associação foi muito importante para o crescimento da startup, pois disponibilizou espaço e apresentou pessoas que abraçaram o projeto.Entre eles Edson da Silva e Arminda, que teve a primeira horta da FAZU em sua casa. Eles são responsáveis pela administração das três fazendas que estão no Jardim da Felicidade, uma comunidade pertencente ao Jardim São Luis, Zona Sul da capital.

Próximo de completar um ano da idealização do projeto, Siqueira afirma que a startup ainda crescerá muito mais. “A FAZU foi criada e concebida para gerar receita e produtos 100% saudáveis e comprovadamente sem agrotóxicos em qualquer grande metrópole do mundo”.

Especial Startups

Reportagens produzidas pelos alunos da Universidade São…

Medium is an open platform where 170 million readers come to find insightful and dynamic thinking. Here, expert and undiscovered voices alike dive into the heart of any topic and bring new ideas to the surface. Learn more

Follow the writers, publications, and topics that matter to you, and you’ll see them on your homepage and in your inbox. Explore

If you have a story to tell, knowledge to share, or a perspective to offer — welcome home. It’s easy and free to post your thinking on any topic. Write on Medium

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store