Prototype!

O que é um protótipo digital e como utilizá-lo com eficácia

O protótipo digital é um mecanismo essencial para comunicar ideias sem a barreira de linguagem. É a maneira mais rápida e com a melhor relação custo-benefício para comunicar essa visão e testar as hipóteses mais críticas em relação à experiência do usuário, operação do negócio e a construção da solução proposta.

Além de ter grande apelo junto a parceiros e potenciais investidores. Porém, um protótipo só entrega os resultados esperados se ele for planejado e executado com precisão.

Em primeiro lugar, deve-se entender o motivo pelo qual o protótipo vai existir.

  • Ela será algo para mostrar para o seu futuro usuário ou para um usuário que já existe?
  • O que você quer aprender com este protótipo?
  • Ele servirá para testar uma operação?
  • Ele tem como prioridade ser um artefato para captação de investimento?

Para cada um dos exemplos acima, existe um tipo de protótipo a ser desenhado e executado e, é claro, em muitos casos existe uma mescla de propósitos para o protótipo.

Tipos de protótipo

  • Protótipo de Experiência de usuário
    Criado especialmente para testar como o usuário interage com o produto ou nova feature. Se o fluxo de uso é fácil de ser entendido e etc. Este modelo tem forte poder de geração de insights através da utilização em testes
  • Protótipo Conceitual
    Idealizado para parecer em muito com o produto final. É geralmente o protótipo criado para apresentação à investidores e também funciona como protótipo de Experiência de Usuário em muitos casos.
  • Protótipo Técnico
    Quando alguma hipótese muito importante esbarra em questões técnicas surge o protótipo técnico. Utilizado basicamente no nível dos desenvolvedores do projeto.
  • Protótipo Operacional
    Em muitos casos de planejamento para novos produtos ou startups a camada operacional se mostra um grande desafio. Neste caso o protótipo operacional funciona como um microciclo real de como a operação vai acontecer no futuro. Tem forte poder de aprendizado e geração de feedback do usuário.

A fidelidade do protótipo

Este é um tema que gera bastante discussão entre designer, desenvolvedores e, praticamente, todas as pessoas interessadas em desenho de produto. A fidelidade de um protótipo é algo bastante relativo. Geralmente, a primeira coisa que vem a cabeça é aliar a palavra “fidelidade” neste cenário a qualidade gráfica do protótipo. O que é um erro por vários motivos.

No caso de um protótipo técnico, por exemplo, a fidelidade não tem nada a ver com aspectos gráficos. Nos casos de Protótipo de Experiência e Operacional também não. Desse modo a “fidelidade gráfica do protótipo” pode ir de Muito Alta (quando é quase que imperceptível a diferença entre o protótipo e o produto final) até a algo menos robusto (quando é claro que trata-se de um protótipo, mas o que se espera é entender se aquela funcionalidade está correta ou não, por exemplo).

Quando é interessante utilizar um protótipo?

  • Quando você precisa testar um modelo de negócio;
  • Quando você está a procura de investidores e precisa de algo concreto que mostre qual é a sua visão de negócio e da solução do problema;
  • Quando você precisa testar o desejo do consumidor a um produto ou serviço;
  • Quando você está criando um produto ou serviço e precisa de feedback de usuário de maneira clara e sem os ruídos que pesquisas convencionais entregam;
  • Quando você precisa testar a usabilidade de uma funcionalidade ou produto;
  • Quando você precisa melhorar um produto ou serviço já existente e precisa de feedback antes de colocar a mão em código;
  • Quando você precisa validar hipóteses importantes para seguir em frente;
  • Quando você precisa testar a operação de um serviço;
  • Quando você precisa criar consenso em cima de uma visão para um produto ou serviço dentro de uma grande estrutura.

Quer saber mais sobre o processo de Protótipos e como validar de forma rápida e eficiente suas idéias?

Leia o texto sobre o Processo de Product Design ou entre em contato por aqui para agendarmos um Skype ou café para conversarmos mais sobre isso.
;)