Especial E3 2017 — O que rolou (Parte 1)

O maior evento de games do mundo, que aconteceu dos dias 10 a 15 de Junho, é palco para as maiores fábricas de jogos exibirem suas novidades, seus novos consoles, seus lançamentos e seus próximos produtos, gerando grandes expectativas para todos aqueles que são aficcionados por jogos e por novidades na área. Foi tanta novidade e tanta coisa boa que vou ter que dividir em partes pra poder contar tudo com mais detalhes!

As conferências deste ano não deixaram para menos, não só grandes empresas como Microsoft, Sony e Nintendo na batalha dos consoles de última geração, que até a metade da década de 90 era protagonizada pela SEGA (R.I.P. Dreamcast) e pela Nintendo (eterna godmother dos consoles portáteis), mas também grandes soft houses (empresas focadas em desenvolvimento de softwares ou jogos) como a Bethesda (criadora da série Fallout), Ubisoft (criou a série Assassin's Creed, Watch dogs, dentre outros) e a Electronic Arts ("E-A-Sports, It's in the game!", lembram?). Vamos dar um pequeno resumo sobre o que rolou em cada uma dessas conferências.

Começando pela Electronic Arts (vulgarmente conhecida como EA) com o lançamento do FIFA 18, agora com gráficos ainda mais bonitos, beirando o foto-realismo e com uma novidade para os players mais afincos: FIFA está se tornando um e-sport, patrocinado pela própria FIFA e pela EA e o modo Journey está retornando! Plena felicidade para os fãs. Além de novos lançamentos de franquias anuais, como Madden 18, contando com um novo modo história aos moldes do modo Journey de FIFA e NBA 2K18, com o novo modo The One, onde você cria um jogador e faz constantes evoluções com ele.

Tivemos também o anúncio do novíssimo Need for Speed: Payback, com um modo cinemático de arrepiar e um modo campanha à lá Velozes e Furiosos, pra não deixar fã nenhum decepcionado.

Outra surpresa foi o lançamento de A Way Out, com um modo cooperativo totalmente independente entre dois players. Quando digo independente, quis dizer que pode ocorrer uma cinematic para o player 1 e o player 2 continua jogando pois está em outra cena completamente diferente e vice-versa, como foi demonstrado no trailer da E3.

Além de, claro, o lançamento mais do que aguardado de Star Wars Battlefront 2, agora com a possibilidade de jogar nas 3 eras e com um modo campanha single-player que os fãs já pediam e ansiavam há muito tempo, inclusive o próprio John Boyega, ator que interpreta o Finn em "Star Wars Episódio VII — O despertar da Força" postou em seu Twitter pedindo por um modo campanha single player offline. Pelo visto, seus pedidos foram ouvidos e prontamente atendidos pela equipe da DICE Studios (Desenvolvedora do game), pena que só tivemos mais uma palhinha do modo online no reveal da E3.

Pra fechar com chave de ouro, tivemos o anúncio de Anthem para o Xbox One / Xbox One X, mas só pudemos ter mais detalhes desse jogo na feira da Microsoft, que falarei na parte dois. Fiquem ligados!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Bruno Dias’s story.