5 dicas para você ler mais

Uma ajuda para que você construa o hábito da leitura

Há dois anos atrás decidi que eu devia ler muito mais do que geralmente o fazia. Durante esse tempo percebi que tal processo envolve mais a criação de um novo hábito do que de fato o gosto pela leitura. É claro que se a você não gosta de jeito de nenhum, provavelmente será muito mais difícil, mas não impossível. Antigamente, ler pra mim era mais como um passatempo, as vezes ainda é, mas o fato é que passei a encarar como parte importante do meu desenvolvimento intelectual. Separei então 5 dicas que foram decisivas para que eu lesse um número muito maior de livros.

Comece agora!

É óbvio, mas geralmente não o fazemos, assim como várias outros projetos em nossas vidas. Se você vai iniciar uma dieta, espera um dia específico (a segunda) pra fazê-la. Se você vai começar a estudar outra língua, marca para o próximo mês. Este é o padrão que seguimos para os nossos vários planos. Bom, esse não é melhor jeito de começar. Inúmeros compromissos e empecilhos surgirão neste meio tempo que dificultarão seu início. Com a leitura não é diferente. Se você quer ler mais comece hoje! Mostre para você mesmo que é isso que você quer.

A verdade é que tendemos a entrar na rotina e a criarmos uma zona de conforto. Toda segunda você vê filme, na terça tira um tempo pra ver fotos no instagram, na quarta tem jogo, e assim para todos os outros dias da semana. Nosso cérebro tem medo da mudança, porque ele gosta do que é cômodo e, ao tentar desconstruir isso, criamos obstáculos, boicotando a nós mesmos. Portanto, não coloque outras atividades a frente. Escolha um livro pequeno que está guardado e tire 10 minutos pra ler algumas páginas. Não se sobrecarregue! Não tente ler todo o livro de uma vez, fazendo dessa atividade a mais torturante da sua vida. Comece pequeno, mas comece!

Tenha disciplina

O segundo passo é a continuidade. Por isso a importância de começar com algo do seu gosto. Marque um horário do dia que evite ao máximo imprevistos. No início eu sempre abria o livro antes de dormir, mesmo quando estava com muito sono lia por alguns minutos, mas o fazia religiosamente todos os dias da semana. Mesmo quando não estava em casa e não tinha livros por perto, pegava meu celular e abria o aplicativo kindle ou até mesmo o post de algum blog. Com isso eu treinava meu cérebro para que sempre antes de dormir ele me cobrasse a leitura.

Talvez este seja o passo mais difícil e o mais importante. Se você não lê por um dia vai perceber que o próximo dia será ainda mais difícil que os anteriores. Hábitos são construídos lentamente, quando persistimos e temos paciência. Ao repetirmos uma atividade rotineiramente a adequamos a nossa vida, fazendo com que ela se pareça natural, até chegar o dia em que realmente seja. Portanto, não perca o foco. Dedique um tempo todos os dias e quando você perceber, terão passados semanas e a leitura será parte da sua rotina.

Monitore seu progresso

Uma das coisas mais importantes quando se está construindo um novo hábito é comemorar as pequenas conquistas. É como se você estivesse em um jogo de video game, em que cada pequeno passo é uma fase vencida em busca do objetivo final. Para isso, é importante que você acompanhe seu progresso. Quantos dias você leu na semana? Quantos no mês? Quais livros você leu? Quando se guarda tais informações fica fácil acompanhar sua própria evolução. No início não há a necessidade de muita cobrança. Faça o monitoramento apenas para se conhecer, ter uma noção de seus limites e ver mais claramente como está se saindo.

Ultimamente tenho usado um aplicativo que me ajudou bastante nesta etapa, chama-se Coach.me. É bem simples de usar. Você escolhe suas atividades, sua meta semanal e sempre que você a atinge basta ir lá e fazer checkin na mesma. Com o passar do tempo é possível ver um gráfico de suas conquistas. No começo eu coloquei como objetivo a leitura em 6 dias da semana e foi muito bacana ver como eu crescia a cada checkin, além do que, foi possível identificar dias os quais eu tinha mais dificuldade de ler. Por exemplo, percebi que raramente conseguia ler durante os sábados, foi aí que decidi mudar o horário excepcionalmente no sábado e não perder o ritmo. A verdade é que quando começamos a mensurar, nosso progresso fica mais palpável e conseguimos ver nosso desenvolvimento.

Coloque metas

Quando a leitura já faz parte da sua rotina é hora de ir além, de evoluir. Sempre temos margem pra fazermos um pouquinho a mais e, é exatamente esse pouco que faz diferença, que nos faz chegar onde não pensávamos que poderíamos. Este passo é parecido com o primeiro, pois exige um esforço o qual não estamos acostumados. Já nos habituamos com uma rotina e agora é hora de mexer nela novamente. No entanto, já se conhece o caminho, ou seja, será mais fácil.

Adicione minutos extras na sua leitura diária, ou então páginas. Coloque metas de livros por mês e por ano. Este é o momento em que você deve se cobrar para que consiga um rendimento melhor. Mas lembre-se de que os passos anteriores serviram para que você se conheça melhor, portanto tente colocar metas reais, as quais irá cumprir. Evite o sentimento de frustração quando não conseguir atingir um objetivo proposto, afinal de contas não somos perfeitos. A verdade é que a frustração anda lado a lado com o desânimo. Contudo, se atente para que alcançar uma meta seja a regra e não o contrário. Se você está com dificuldades de cumprir o que propôs dê um passo atrás e recomece pequeno, com certeza vai se dar bem!

Divirta-se

No final das contas nada vai facilitar mais o desenvolvimento do hábito da leitura do que se divertir. Se não é prazeroso, provavelmente você não vai querer repetir. Por isso não se apegue a um determinado livro. Se a leitura não está fluindo e não tem te satisfeito, simplesmente desfaça-se dela. Procure outro livro! Principalmente se você estiver no começo do processo. Não deixe que um livro traumatize você. Com o tempo vemos que alguns livros têm apenas trechos que são ruins, mas que compensam persistir até o final, enquanto outros realmente não valem a pena.

O fato é que devemos sempre buscar o desenvolvimento pessoal e aprimorar nosso conhecimento é fundamental. Se você tem acesso fácil ao universo dos livros, não desperdice a oportunidade, entre de cabeça e aproveite para se tornar uma pessoa melhor. Mais cedo ou mais tarde a recompensa vem e a vontade de aprender, de obter informação e de se desenvolver vai crescer ainda mais.

Se você gostou deste, por favor, clique no botão “Recommend” abaixo. Obrigado!