Vemos os outros como somos, para o bem e para o mal. E, às vezes, é pena. Há muito potencial desperdiçado.

Tudo o que me dizes diz tão mais sobre ti do que sobre mim. E é triste que não entendas isso.

Luv, M.

Imagem © Alexandra Boschkareva