Dinâmica de grupo: como usá-la no seu processo de recrutamento

Felipe Camara
Jun 3 · 6 min read

Avaliar um candidato em um processo de seleção não é tarefa fácil, porém é muito importante conhecê-lo bem para saber se ele se encaixa na sua empresa. Que tal utilizar a dinâmica de grupo como uma ótima alternativa para conhecer melhor o profissional?

A dinâmica de grupo é a etapa do processo seletivo que busca avaliar aptidões e características dos candidatos às vagas da sua empresa.

Por meio de atividades que podem simular algumas das funções que o profissional deve exercer no dia a dia de trabalho, a dinâmica permite enxergar as qualidades desejáveis.

Ela tem como função reproduzir um ambiente semelhante ao do cargo a ser preenchido de maneira natural para que o candidato se sinta à vontade e reaja naturalmente diante dos desafios apresentados.

A maneira como o profissional age indica sua preparação para a função, de forma técnica, mas também emocional e comportamental, bem como sua aptidão para o trabalho em equipe.

Em entrevistas individuais, as opiniões e personalidades dos candidatos não ficam tão evidentes, uma vez que eles podem estar mais tensos devido à formalidade da situação e ao formato de perguntas e apresentação de currículo.

Por se tratar de um processo mais demorado, o candidato dificilmente consegue pensar em como se portar durante toda a duração da dinâmica, de modo que traços singulares de sua personalidade acabam aparecendo.

A relevância da dinâmica de grupo se dá em observar se há um entre o candidato, a vaga à qual aspira e os valores da empresa.

A dinâmica de grupo prioriza o processo coletivo de discussão e resolução de problemas. Com isso, permite exercitar o trabalho em equipe e simular situações de trabalho da empresa para ajudar na avaliação dos candidatos.

A diversidade de pontos de vista no processo de recrutamento e seleção garante maior criatividade à equipe, o que permite solucionar problemas de forma inovadora.

A atividade da dinâmica deve ser direcionada às características que são desejáveis para a empresa e exigidas para a vaga em questão, de modo que o exercício possa destacá-las.

É possível observar diversos traços comportamentais dos candidatos, como sinais de liderança, criatividade, reação em situações de crise, empreendedorismo, entre outros.

É necessário que a observação feita pelo grupo de seleção seja realizada de modo a identificar as qualidades e posturas dos profissionais, transpondo a personalidade aparente.

A dinâmica de grupo, além de servir para a seleção, pode ser benéfica para que candidatos troquem ideias e conheçam uns aos outros, estabelecendo networking e criando laços profissionais.

As atividades podem também beneficiar as pessoas com personalidade mais acanhada, possibilitando que indivíduos mais tímidos se sintam mais livres para participar ativamente e demonstrar suas opiniões.

Os candidatos mais tímidos devem ter em mente que o intuito de atividades dessa natureza é que suas ideias sejam expostas a fim de estimular o relacionamento em equipe.

No entanto, deve-se ter atenção a como a dinâmica é conduzida, de modo que ela não prejudique a participação daqueles candidatos mais tímidos e favoreça a possível contratação de alguém menos qualificado para o trabalho, mas que seja mais extrovertido.

É também importante deixar claro ao funcionário o funcionamento e a importância do processo, em especial após a dinâmica, oferecendo feedback depois da seleção.

Como planejar a dinâmica de grupo

É necessário pensar a técnica utilizada de acordo com o perfil adequado ao cargo para o qual se deseja recrutar.

Existem diversas modalidades de dinâmicas com distintos objetivos. Cada uma se volta a um tipo de habilidade e comportamento que se deseja observar nos candidatos.

Podemos destacar, entre os tipos de atividade, as dinâmicas de apresentação, entrosamento, desafio, motivação e conhecimento.

Tais modalidades vão desde as lúdicas, com jogos, até as mais desafiadoras, com soluções de desafios e crises.

Todas, no entanto, têm o objetivo de destacar os pontos fortes dos profissionais e também suas ações, além do comportamento deles ao enfrentar alguma adversidade.

Através de uma atividade em grupo bem planejada, o time de recrutamento e seleção pode conhecer o perfil profissional do candidato, entender como ele poderia ajudar a empresa e em que pontos precisa de auxílio.

Confira agora 4 dicas para preparar uma dinâmica de grupo mais eficiente.

1. Pense o número de participantes com atenção

Para que uma dinâmica atenda aos seus objetivos, é fundamental que se possa observar de perto todos os candidatos que participam dela, a fim de perceber os detalhes necessários.

Em grupos menores, de até 15 pessoas, pode-se observar com mais facilidade características de cada um dos candidatos com uma riqueza maior de detalhes.

Grupos maiores podem ser adotados, desde que o número de recrutadores também seja maior. Deste modo, é necessário que o número de recrutadores seja proporcional ao número de participantes da atividade. Assim, a tomada de decisão também será facilitada.

Esse processo de planejamento do processo das dinâmicas de grupo é fundamental.

2. Procure conhecer os candidatos

A dinâmica de apresentação é frequentemente a primeira a ser realizada para que se crie um ambiente mais receptivo, permitindo que todos se soltem para o processo.

Conhecer os candidatos, quebrar o gelo e poder observar como cada um se porta permite que a dinâmica funcione de maneira mais leve.

Uma dinâmica de apresentação permite que os avaliadores passem a conhecer os candidatos através da apresentação que estes fazem de si, e não apenas por meio do currículo, por exemplo.

Uma forma interessante de propor a dinâmica de apresentação é sugerindo que cada candidato apresente as informações que julgar relevante sobre si. Depois, quando todos tiverem se apresentado, cada candidato deve apresentar o colega ao lado, estimulando a atenção.

Ao longo do processo, os avaliadores devem buscar conhecer os candidatos a fundo, em especial o que estes não apresentam conscientemente no início.

3. Pense em uma dinâmica relacionada ao trabalho

A dinâmica de grupo deve variar de acordo com a vaga que os candidatos estão pleiteando. O objetivo é promover, em um ambiente controlado, situações relevantes para o dia a dia de trabalho.

Deve-se ter em mente quais qualidades são necessárias para o cargo.

Trabalhos mais introspectivos devem valorizar aspectos como concentração, meticulosidade e atenção.

Trabalhos com o público, no entanto, exigem pessoas mais comunicativas, com melhor habilidade de negociação, por exemplo.

Dessa forma, deve-se mapear quais são as características que se deseja observar. Uma opção é buscar replicar situações frequentes do trabalho para perceber como os candidatos se saem.

Durante a dinâmica, é importante perceber de que forma os participantes interagem na troca de ideias e soluções. Quem liderou o grupo, quem se impôs, quem praticou a escuta, e o que mais julgar importante sobre cada candidato.

4. Peça feedback para melhorar sempre

Ao fim das atividades, é importante informar os candidatos sobre quais serão as próximas etapas no processo de seleção, repassando datas, entre outras informações. Mas também é importante ouvi-los.

É possível solicitar um aos participantes, ouvindo a opinião deles sobre os métodos utilizados, suas impressões e buscando compreender em que melhorar para oferecer um processo ainda melhor.

É fundamental que os candidatos se sintam confortáveis em compartilhar essas informações, uma vez que podem sentir que ainda estão sendo avaliados.

Após essas etapas, é o momento de a equipe de seleção analisar e compreender os resultados da dinâmica como um todo.

Deve-se alinhar todas as características mapeadas relacionadas ao trabalho e buscar reconhecê-las nos traços identificados nos candidatos a fim de encontrar o melhor fit para a vaga.

A partir dos resultados das dinâmicas de grupo e do feedback dado pelos participantes pode-se adequar essa etapa do processo de seleção de acordo com o que a empresa está buscando.
Agora você já sabe como escolher a dinâmica de grupo mais adequada para sua empresa! Quer saber ainda mais sobre como aprimorar a seleção de talentos para o seu negócio? Conheça a Eureca e converse com um de nossos consultores!


Originally published at https://negocios.eureca.me on June 3, 2019.

Blog Eureca

Um espaço pra começar conversas significativas sobre juventude, autoconhecimento, desenvolvimento e ser sua melhor versão.

Felipe Camara

Written by

Blog Eureca

Um espaço pra começar conversas significativas sobre juventude, autoconhecimento, desenvolvimento e ser sua melhor versão.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade