Foto: Pexels l Bruce Mars

O poder da ousadia na trajetória profissional

Entenda como a ousadia pode te ajudar a alcançar novas oportunidades na carreira

Quando o assunto é inovação, empreendedorismo e carreira, invariavelmente, evocamos a imagem de Steve Jobs, fundador da Apple.

O legado de Jobs ultrapassa as empresas e produtos que ajudou a criar. Famoso por sua oratória, o visionário deixou uma coleção de ensinamentos e frases que nos permitem compreender como a coragem e a ousadia são importantes para trilharmos uma trajetória profissional de sucesso e propósito.

Em entrevista a John Sculley para o livro Odyssey: Pepsi to Apple, Jobs alertou:

“Você quer passar o resto de sua vida vendendo água com açúcar ou quer ter a chance de mudar o mundo?”.

Na ocasião, Jobs convenceu Sculley, então vice-presidente da PepsiCo, a assumir a Apple como CEO. Mais uma jogada que nos mostra a sagacidade e a visão de negócios de Steve.

Em uma era de mudanças exponenciais se sairá melhor àquele profissional que construir um mindset orientado para inovação e que tiver energia para ousar em suas escolhas. Quando Steve Jobs lançou suas primeiras invenções, foi julgado por muitos que acreditavam que soluções daquele tipo não teriam espaço na sociedade. Bem, não precisamos nem dizer que estas pessoas estavam equivocadas por completo.

Jobs apresentando o Iphone em 2007

Exemplos como esse nos mostram que se o profissional contemporâneo não tiver ousadia, perderá chances de ouro na sua carreira. Atualmente, maioria das empresas valorizam profissionais que se arriscam, que enfrentam o novo e aceitam mudanças. Além de ajudar a corporação a solucionar problemas, essas pessoas estão sempre prontas para as transformações e para se aventurarem em desafios maiores.

Em entrevista para Revista Exame, a professora de gestão e de pessoas, Clara Linhares (Fundação Dom Cabral, Minas Gerais), revelou que se o profissional está disposto a mudar, a organização sabe que ele poderá ajudá-la a chegar a resultados melhores.

Esse mesmo pensamento deve ser canalizado para quem busca novos desafios profissionais. É preciso coragem, atitude e planejamento para alcançar essas oportunidades mais frescas de mercado.

Quem não arrisca, ou seja, não ousa, pode cair na rotina, no ostracismo, no “mais do mesmo”. Como todo hábito, a ousadia depende da repetição. E, por isso, é muito importante que você treine as principais atitudes ligadas a ela: tomar decisões, fazer pequenas apostas, ler ambientes, planejar micro e macro tarefas, dialogar e ouvir de maneira mais atenta e ativa; e mapear oportunidades constantemente.

A zona de conforto pode ser uma grande armadilha para a vida pessoal e profissional.

Ao começar a treinar essas atitudes, você se sentirá mais seguro para ousar. Além do mais, começará a ter uma visão precisa de quais são os momentos certos para tomar uma postura mais arrojada.