Felipe Camara
Jun 4 · 5 min read

Como a satisfação e o conforto afetam seu trabalho? Passamos boa parte do nosso tempo trabalhando, e por isso é cada vez mais importante estar atento ao bem-estar dentro das organizações. Esse é o papel da psicologia organizacional dentro de uma empresa.

Empresas que buscam promover o bem-estar no ambiente de trabalho ganham um quadro de profissionais mais satisfeitos, o que gera maior produtividade e soluções mais criativas.

A psicologia organizacional é a disciplina ou o ramo da psicologia orientado para o estudo do comportamento das pessoas dentro de uma empresa.

Graças a esse tipo de estudo, problemas que afetam o nível pessoal e/ou o grupo como um todo podem ser detectados, melhorando o desempenho da organização.

A psicologia organizacional deriva do que foi inicialmente chamado de “psicologia industrial” nos anos 1940.

No entanto, novos elementos foram incorporados, como a psicologia social e a psicologia aplicada às organizações, que deram origem à psicologia do trabalho da qual falamos hoje.

A psicologia organizacional enfatiza uma abordagem sistêmica, observando as relações e os processos da dinâmica organizacional.

Ela lida com todos os aspectos psicológicos do trabalho humano, enfatizando o comportamento individual, a maneira como o indivíduo age em seu contexto de trabalho e a natureza de seu relacionamento individual com a organização empresarial na qual ele trabalha.

Ao entender como uma empresa funciona e levando em consideração o desempenho de cada um dos funcionários, a psicologia organizacional busca promover melhorias que beneficiam o todo.

Vamos entender, agora, quais são os ideais da psicologia organizacional no ambiente de trabalho.

Objetivos da psicologia organizacional

Um dos propósitos da psicologia organizacional é compreender as inter-relações que atuam sobre o indivíduo com o grupo e sobre a organização com o indivíduo, e como o comportamento desse funcionário é afetado.

Ao agir sobre essas inter-relações, é possível otimizar diferentes variáveis ​​para o fortalecimento das relações entre os colaboradores e, consequentemente, para o benefício da organização como um todo.

Foca-se a motivação para a produtividade, o desenvolvimento pessoal e o crescimento profissional.

Dessa forma, torna-se possível ter uma equipe sólida, que levará a um ambiente de trabalho saudável, de produtividade e a realizações bem-sucedidas que irão beneficiar todos os membros.

A preocupação com a psicologia organizacional dentro de uma empresa é relevante para garantir maior qualidade de vida, saúde e satisfação com o trabalho para produzir bem no ambiente corporativo.

O acompanhamento psicológico, assim, é benéfico para os colaboradores e para o sucesso da empresa, pois estimula o bem-estar e a produtividade das pessoas através de estratégias, motivações e incentivos inovadores.

A psicologia organizacional auxilia a empresa em toda a trajetória profissional de um colaborador, desde a busca pelo candidato que se encaixa no perfil da vaga, promovendo uma seleção eficiente.

Sabemos que tanto contratações quanto demissões envolvem diversos custos para uma empresa, por isso realizar uma contratação eficiente e tomar medidas que garantam a permanência do profissional são essenciais para diminuir o turnover.

Uma organização que investe em um bom ambiente de trabalho, em compreender os profissionais e que busca motivá-los e estimulá-los ganha muitos pontos em produtividade.

Além disso, o employer brandingda empresa fica em alta, como uma organização em que as pessoas desejariam trabalhar.

Consequentemente, isso gera uma imagem positiva da organização.

O acompanhamento de profissionais capacitados na área pode também promover a capacitação das empresas para evitar comportamentos que possam vir a prejudicar a cultura organizacional e o bem-estar.

A partir disso, passam a ser adotadas estratégias para integrar a equipe e para gerenciar eventuais crises de forma que se gere pouco ou nenhum conflito.

Eixos da psicologia organizacional

A psicologia organizacional, segundo Frank Landy e Jeffrey Comte, atua em seis principais eixos.

Vamos ver, a seguir, quais são esses eixos.

1. Seleção e recrutamento

  • Desenvolvimento de testes.
  • Validação de testes.
  • Análise do conteúdo do trabalho.
  • Identificação do potencial de liderança.

2. Treinamento e desenvolvimento

  • Identificação de necessidades de treinamento e desenvolvimento.
  • Implementação de programas de treinamento.
  • Avaliação da eficácia do treinamento.
  • Planejamento profissional e de carreira.

3. Desenvolvimento organizacional

  • Análise da estrutura organizacional.
  • Maximização da eficácia do desempenho e satisfação no trabalho.
  • Facilitação da mudança de trabalho.

4. Medição do desempenho do trabalho

  • Desenvolvimento de avaliações de desempenho.
  • Correlação entre benefício econômico e desempenho.
  • Introdução de sistemas de avaliação de desempenho.

5. Qualidade de vida no trabalho

  • Identificação de fatores relacionados à satisfação no trabalho.
  • Redução do estresse no ambiente de trabalho.
  • Reformulação de postos de trabalho com propósito.

6. Engenharia humana

  • Design do ambiente de trabalho.
  • Otimização da relação entre a máquina e a eficiência.
  • Desenvolvimento de locais de trabalho seguros.

Papéis desempenhados pela psicologia do trabalho

Dentro de uma empresa, a psicologia organizacional está presente em diversas tarefas e funções, seja através de um profissional especializado ou de medidas interdisciplinares.

Ela dirige e planeja toda a atividade humana que acontece na empresa, bem como as relações entre os diferentes trabalhadores, incluindo a responsabilidade de recrutar, avaliar e estimular o desenvolvimento da equipe.

Deve-se estar atento a qualquer sinal negativo antes que conflitos apareçam.

Além disso, é necessário tomar medidas preventivas, como pesquisas, questionários ou entrevistas pessoais que permitam aos colaboradores expressarem suas inquietações e sugerirem melhorias.

Se surgir um conflito ou problema que possa ameaçar o clima de trabalho e, consequentemente, o desenvolvimento da empresa, a psicologia organizacional deve atuar por meio da aplicação das habilidades comportamentais e cognitivas adequadas para encontrar uma solução.

Para isso, ela se baseia na observação, descrição, análise e no diagnóstico dos inconvenientes nas relações interpessoais entre equipe, chefes e subordinados etc.

A saúde física dos funcionários é tão importante quanto a psíquica, uma vez que elas são interdependentes.

Isso implica também a importância de se apontar qualquer anomalia de estrutura, maquinário e até mesmo ergonomia que possa afetar os colaboradores.

Qualquer fator que afete negativamente o desempenho dos trabalhadores merece atenção e pode servir de orientação para que sejam realizadas mudanças a fim de garantir que os objetivos da empresa sejam alcançados.
Você conhece cases de sucesso de psicologia organizacional? Situações em que o bem-estar fez diferença na vida de um profissional ou para uma empresa? Conte para a gente nos comentários! Nós podemos ajudar você a incorporar boas práticas para alcançar o sucesso na sua empresa. Converse com a nossa equipe!


Originally published at https://negocios.eureca.me on June 4, 2019.

Blog Eureca

Um espaço pra começar conversas significativas sobre juventude, autoconhecimento, desenvolvimento e ser sua melhor versão.

Felipe Camara

Written by

Blog Eureca

Um espaço pra começar conversas significativas sobre juventude, autoconhecimento, desenvolvimento e ser sua melhor versão.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade