Felipe Camara
Jul 23 · 5 min read

Recrutar profissionais talentosos, qualificados e alinhados é essencial para o crescimento da empresa. Para isso, o processo seletivo deve ser capaz de avaliar bem os candidatos nos diferentes tipos de entrevista de seleção.

A entrevista de seleção é o momento em que o recrutador irá, de fato, conhecer o profissional levando em conta as especificidades da vaga e necessidades da empresa.

Para isso, os tipos de entrevista de seleção adotados devem ser determinados de acordo com o que se quer avaliar no candidato, como suas habilidades técnicas, qualificações, traços de comportamento e liderança entre outros.

A entrevista é capaz de coletar informações pessoais e profissionais que não foram observadas durante as demais etapas do processo de recrutamento e seleção, auxiliando na tomada de decisão.

Esta conversa se faz muito importante para que o processo seletivo seja efetivo e, assim, a empresa contrate os profissionais que tenham o adequado, retendo assim talentos.

Não há apenas uma maneira de conduzir o processo e, por isso, é importante conhecer os diversos tipos de entrevista de seleção para identificar o mais adequado, capaz de detectar as características desejadas e relevantes.

Principais tipos de entrevista de seleção

Muitos são os tipos de entrevista de seleção que podem ser adotados durante um processo de recrutamento, e o modelo escolhido varia de acordo com o que se deseja observar.

Conheça, a seguir, os 6 principais tipos!

1. Entrevista estruturada

O modelo de entrevista estruturada prevê um roteiro predefinido de perguntas a serem feitas ao candidato, guiando o recrutador no processo de forma otimizada e objetiva.

As perguntas podem ser mais específicas ou genéricas, buscando estimular o candidato a se expressar e oferecer informações sobre si.

No entanto, uma dica é evitar perguntas que permitam apenas respostas mais restritas, como “sim” ou “não”, buscando apresentar questões que incentivem o candidato a se apresentar melhor.

A pergunta “Como sua formação superior auxilia na sua atuação profissional?”, por exemplo, oferece respostas mais interessantes que apenas perguntar “Você se formou em quê?”.

É vital que o roteiro seja bem elaborado a fim de que as respostas forneçam as informações necessárias para auxiliar no processo de seleção.

A grande vantagem desta modalidade de entrevista é garantir que a conversa será conduzida de maneira uniforme entre os candidatos, com uma maior objetividade.

A qualidade do processo é padronizada e se torna mais fácil comparar candidatos, além de colaborar para que o recrutador não esqueça nenhum ponto importante durante a entrevista.

No entanto, por oferecer roteiros já prontos, a entrevista estruturada pode ser um dos tipos de entrevista de seleção que oferece menor liberdade ao recrutador para se aprofundar em tópicos.

Durante a conversa, o entrevistador deve tomar notas de cada resposta de forma clara para que, posteriormente, elas sejam pontuadas com os demais avaliadores, determinando o desempenho do candidato.

2. Entrevista não estruturada

A entrevista não estruturada é o oposto da anterior. Nela, o profissional de RH tem autonomia para conduzir a entrevista da maneira que achar mais adequada, de acordo com o fluir da conversa.

Neste modelo, o recrutador pode delinear temas iniciais de interesse para abordar com o candidato, como sua experiência técnica, formação, trabalho em equipe, interesses, entre outros.

A partir de então, a entrevista é conduzida como uma conversa, mais espontânea e sem roteiros preestabelecidos, e os temas são aprofundados de acordo com a necessidade enxergada pelo avaliador.

Na entrevista não estruturada, há uma maior liberdade e flexibilidade, já que as perguntas são feitas de forma mais espontânea. Assim, podem ser abordados temas que não seriam mencionados em outras entrevistas.

Para que ela seja bem-sucedida, no entanto, é necessário que o entrevistador esteja habituado com a modalidade para que não perca o foco e não se esqueça de abordar informações pertinentes.

Apesar de eficaz, o modelo pode oferecer algumas desvantagens, por exemplo dificultar a comparação entre candidatos, uma vez que as temáticas abordadas podem variar e até mesmo o tempo de interação pode ser diferente.

3. Entrevista semiestruturada

A entrevista semiestruturada alia as vantagens presentes nos dois tipos de entrevista de seleção já apresentados, estabelecendo uma combinação de suas características.

Essa modalidade é realizada através de um roteiro de perguntas previamente elaborado, mas que permite a flexibilidade para extrapolá-lo durante a entrevista, acrescentando outras questões ao longo da conversa.

Desta forma, a entrevista semiestruturada mantém o foco, orientando o entrevistador ao longo do processo, e mantém a espontaneidade para abordar questões que possam ser pertinentes.

Este modelo de entrevista é o mais comumente adotado em recrutamentos e seleções atualmente por ser percebido como aquele que alia os aspectos mais importantes do procedimento.

Não há, no entanto, uma padronização no processo, de modo que as entrevistas podem variar em duração e forma dependendo do candidato e do avaliador.

4. Entrevista comportamental

A entrevista comportamental visa observar as características e a personalidade do candidato com o objetivo de identificar se há compatibilidade com o que a vaga exige.

Há um planejamento inicial a partir da análise do perfil de competências do cargo e de características desejáveis.

A partir de então, estas devem ser traduzidas em comportamentos a serem identificados em entrevista.

O avaliador deve elaborar um roteiro de perguntas que possibilitem identificar tais características, pedindo sempre que o entrevistado exemplifique a situação. É desejável que a pergunta siga três momentos:

  • Contexto: qual foi a situação da vida profissional;
  • Ação: o que ele fez, como agiu;
  • Resultado: quais foram os resultados obtidos a partir da ação tomada.

As respostas devem permitir que se observe o comportamento habitual do candidato, podendo antever o provável modo de agir caso seja contratado e se ele é o melhor encaixe para a vaga em questão.

Tal modalidade é interessante para observar, por exemplo, questões como habilidade para trabalhar em equipe, traços de liderança, organização, reação a pressão, entre outras.

5. Entrevistas de estudo de caso

Com o objetivo de observar a capacidade analítica e de resolução de problemas do candidato, a modalidade de estudo de caso é uma boa alternativa para entrevistas.

Um caso de mercado é apresentado pelo avaliador, contendo um problema característico do segmento, e assim o profissional deve analisar a questão e apresentar soluções.

Esta modalidade auxilia na percepção de quais soluções são propostas e das medidas tomadas pelo profissional em situações próximas ao que ele enfrentará no cotidiano da empresa.

6. Entrevista técnica

A entrevista técnica tem como objetivo verificar se o candidato possui os conhecimentos necessários que o cargo almejado demanda. Assim, o avaliador habitualmente é alguém do setor, que deve ter esse conhecimento para avaliá-lo.

São feitas perguntas baseadas na rotina de trabalho, sobre os conhecimentos específicos, e pode ser solicitada uma simulação durante a entrevista para que o profissional demonstre suas habilidades.

Entrevistas técnicas são comuns, por exemplo, na área de TI e programação para identificar se o entrevistado domina a linguagem adotada ou os softwares.

Esta modalidade é utilizada em casos específicos que requerem este tipo de avaliação e requisitos e, assim, oferece maior segurança para que o avaliador tome sua decisão.

Se você deseja conhecer mais sobre os tipos de entrevista de seleção, a Eureca pode ajudar você! Converse com um de nossos consultores e saiba como conquistar talentos.


Originally published at https://negocios.eureca.me on July 23, 2019.

Blog Eureca

Um espaço pra começar conversas significativas sobre juventude, autoconhecimento, desenvolvimento e ser sua melhor versão.

Felipe Camara

Written by

Blog Eureca

Um espaço pra começar conversas significativas sobre juventude, autoconhecimento, desenvolvimento e ser sua melhor versão.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade