Não era um romance de folhetim

As dúvidas não lhe permitia acreditar ser real

Tinha dúvidas, tinha certezas, uma relação completa entre o sim e o não. Horas era morno outras era frio, mas não ardia, não queimava. Se era amor tinha de doer, foi assim que aprendeu desde sempre. Tinha obstáculos, antagonistas, o momento perfeito interrompido pelas pessoas erradas. Era isso não? Como via em cada folhetim, para dar certo era preciso ter todo um enredo que não favorecia o casal.

Só que no final, as dúvidas sempre pareciam mais consistentes que as certezas, era ao menos isso que parecia!