Resistência #AlémDaTerra em imagens

Liderada por mulheres munduruku, ocupação nas obras da usina São Manoel tem sido registrada pelas lentes do Fórum Teles Pires

A decisão pela ocupação aconteceu em um encontro de mulheres munduruku realizado no início de maio na aldeia Santa Cruz, em Jacaraecanga-PA (Foto: Juliana Rosa Pesqueira/FTP)

Rio Teles Pires - Desde a madrugada do dia 16 de julho, quando as mulheres munduruku lideraram a ocupação do canteiro de obras da usina hidrelétrica São Manoel,no rio Teles Pires na fronteira entre Pará e Mato Grosso, Juliana Rosa Pesqueira e Caio Mota, parceiros do Fórum Teles Pires, têm acompanhado o movimento e registrado o seu dia a dia.

As mulheres, protetoras de tradições e responsáveis pelo futuro do povo munduruku, trazem consigo preocupações profundas sobre o destino da sua etnia (Fotos Juliana Rosa Pesqueira/FTP)
A lideranças presentes no canteiro já sinalizaram que buscam o diálogo com os dirigentes da empresa e representantes do governo (Fotos: Juliana Rosa Pesqueira/FTP)
Desde o início dos projetos de hidrelétricas na bacia do Rio Teles Pires, em 2010, as violações aos direitos indígenas têm sido constantes (Fotos: Caio Mota/FTP)
Na tarde do dia 17, o diretor da usina Antonio Brasiliano visitou a ocupação e garantiu que as obras não seriam retomadas até que os indígenas deixassem o local (Foto: Caio Mota/FTP)

O FTP está acompanhando esta mobilização à convite dos indígenas e ao longo dos próximos dias outras informações serão publicadas.