Violação à Violência!


Tratar com desrespeito e profanar;

infringir e transgredir;

devassar; manchar, desluzir e deslustrar;

forçar a entrada ou entrar sem permissão;

e deixar de reconhecer direitos alheios, são todos sinônimos do ato “violar”.

No entanto, quando não se há respeito ou santidade;

quando já houve infração ou transgressão;

se já está sujo ou sem brilho;

se as entradas estão escancaradas, inexistindo quaisquer barreiras ou obstáculos;

ou quando não se tem qualquer direito a ser protegido, eu lhe pergunto:

se eu agir, ainda que de maneira enérgica e abrupta, estaria sendo eu violento?

Quando a violência nasce do caos ela se transforma em desespero.

E, quando o caos nasce das inseguranças, ele se transforma no Brasil.


Se você gostou do texto, por favor, clique no coração abaixo para recomendá-lo a outras pessoas aqui do Medium. Se você estiver lendo no Facebook, por favor, compartilhe o link. Muito obrigado.