Fui Voluntária na LuaConf! :)

(publicado originalmente em Jul 31, 2016)

Há alguns meses, vi uma postagem da Etiene dizendo que estava organizando uma conferência internacional de Lua e precisava de ajuda. Bem, eu estudo na PUC, mas mesmo assim nunca havia tido contato com a linguagem Lua na faculdade. Também, eu gosto muito de participar de eventos e ajudar a comunidade de alguma forma. Portanto, me interessou bastante a oportunidade de participar da LuaConf como voluntária. Entrei em contato com a Etiene e ela me passou o que precisava ser feito. Nós só tinhamos um mês até a conferência e muitas coisas à fazer!

O legal de voluntariar em eventos é que qualquer pessoa pode participar ajudando em tarefas simples! Entre as tarefas estavam: fazer as postagens das redes sociais, imprimir e espalhar cartazes, organizar quem ficaria no credenciamento no dia do evento, fotografar o evento, etc. Era bastante coisa e então chamei algumas colegas do curso para participar. Obrigada, Ana da Hora, Ana Esteves e Fernanda! Além de nós também vieram a Kaury e o Pedro como voluntários. Ah! E tb teve o Evandro como organizador!

Agora, sobre o evento! O evento foi muito legal pois pude aprender muito sobre Lua. Eu não imaginava que tivesse tantas aplicações para essa linguagem. Desde Desenvolvimento de Games com o Charles e o Sean da Corona à Smart Load Balancing com o Xavier da Shopify, passando por Deep Learning com a Cristina da UFF. E no final ainda tivemos uma apresentação de música feita em Lua com o Elihú ! :O

Foi um evento de um dia com cerca de 100 participantes, então deu para conversar com bastante gente durante os intervalos e — como estávamos na PUC — a gente meio que se sentiu “em casa” e super à vontade. Vieram palestrantes de várias empresas e lugares do mundo, e que ficaram presentes por todo o evento e isso nos deu a oportunidade de conversar e tirar dúvidas sobre as suas palestras!

Estou no aguardo da LuaConf 2017 e espero poder voluntariar novamente! Ah! E também quero começar a aprender Lua!

Créditos das Imagens: LuaConf Flickr

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.