Digam oi para o podcast Farol Jornalismo!

A NFJ Café, nossa primeira temporada, estreia dia 22 de setembro

Quando a Newsletter Farol Jornalismo (NFJ) completou dois anos, perguntei aos assinantes em qual formato o Farol Jornalismo deveria investir, caso decidíssemos levar a discussão sobre jornalismo a outros formatos e/ou plataformas. 30,8% dos que responderam à pesquisa escolheram podcast.

O sabor podcast foi o favorito da pizza de opções oferecida aos assinantes da NFJ

Foi o momento de dizer para a Barbara Nickel, “então tá, vamos lá, então! Como tá tua agenda?”

Quando começamos a conversar sobre a ideia de tirar o podcast do Farol Jornalismo do papel, no começo do ano, a Barbara havia recém lançado o Coisas que a gente cria, podcast dedicado a contar histórias de gente inspiradora. Depois de anos atuando como editora, Barbara iniciava uma aventura como entrevistadora. E estava gostando! Hoje, o Coisas que a gente cria já está no episódio 27. São 27 semanas produzindo e gravando entrevistas com gente muito bacana.

Um know-how e tanto.

Mas já naquele momento, com o projeto Coisas que a gente cria ainda no começo, a Barbara havia adquirido um conhecimento considerável sobre o processo de gravação e publicação de podcasts. Não hesitei quando ela se colocou à disposição para me ajudar a lançar o podcast do Farol Jornalismo.

Vamos nessa. Mas traz o Coisas que a gente cria!

Alguns meses depois, estamos prestes a colocar no ar a NFJ Café, a primeira temporada do podcast Farol Jornalismo, em parceria com o podcast Coisas que a gente cria. Além do incentivo inicial, a condução das gravações e a edição final são da Barbara Nickel. Só tenho a agradecê-la pela parceria.

Bueno, nesta primeira temporada serão quatro episódios, quatro entrevistas com profissionais que possuem diferentes visões e apropriações do cenário jornalístico atual. A primeira entrevista será com a jornalista e professora de jornalismo da Unisinos Luciana Kraemer e vai ao ar no próximo dia 22/9.

Os episódios serão publicados semanalmente, às quintas-feiras. Cada um tem cerca de uma hora de duração. Todos foram gravados no Café do Duque, um simpático café localizado no alto do viaduto da Borges, Centro Histórico de Porto Alegre, no coração da capital do Rio Grande do Sul. A foto ao lado, publicada no Instagram do Duque um tempinho atrás, dá uma boa ideia de onde nos reunimos para conversar. Aproveito para agradecer ao Pedro Fernandes por abraçar a ideia e ceder o espaço para as conversas.

O plano de gravar num café vem do desejo de transferir para outro formato o tom de conversação informal que é a marca da newsletter. A diferença — e que diferença — é que agora o podcast será de fato um bate-papo.

Seguimos, no Farol Jornalismo, achando que é preciso falar mais sobre jornalismo para que consigamos não só mapear o momento atual, com suas turbulências e oportunidades, mas também entender o constante trabalho de construção do campo, tanto profissional como academicamente. E isso nos faz ter de olhar para trás de vez em quando para fazer a leitura mais adequada do que acontece hoje e do que pode rolar mais pra frente.

E para isso é fundamental que, além de sistematizar o conhecimento gerado, tal como faz a NFJ semanalmente há mais de dois anos, haja diálogo. E para haver diálogo é preciso haver um interlocutor — e um bom café!

Portanto, digam oi para o para o podcast do Farol Jornalismo!

Ouça o teaser da NFJ Café, a primeira temporada do podcast do Farol Jornalismo

O teaser acima marca a estreia do perfil do Farol Jornalismo no SoundCloud. É lá que serão publicados os episódios da primeira temporada. Acessem e comecem a nos seguir para não perder nenhuma entrevista. Se vocês preferirem, também dá pra assinar o podcast via iTunes. Em breve também haverá uma seção no nosso site dedicada à primeira temporada.

Beleza? O que acharam?

Feito, então. Nos vemos no dia 22! :)