Resenha #5 | 1808

Lucas Wasem
Nov 5 · 3 min read

O tema da resenha desta quinzena segue contando sobre o Brasil, com o livro 1808 — Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil, escrito por Laurentino Gomes. Lançado em 2007 pela editora Planeta, o livro discorre, ao longo de 310 páginas separadas em 29 capítulos, sobre a vinda da família real portuguesa ao Brasil e o desfecho de sua história aqui, até o retorno a Portugal. Um ano após o lançamento, o livro 1808 recebeu o prêmio de melhor ensaio da Academia Brasileira de Letras e o Prêmio Jabuti de Literatura na categoria de livrorreportagem.

Capa do livro 1808, de Laurentino Gomes.
Capa do livro 1808, de Laurentino Gomes.
O livro recebeu o prêmio de melhor ensaio da Academia Brasileira de Letras e o Prêmio Jabuti de Literatura na categoria de livrorreportagem. Foto: Lucas Wasem

A fuga da família real portuguesa, escapando das mãos de Napoleão Bonaparte e furando o bloqueio continental imposto pela França, mudou a História do Brasil e do mundo. Pela primeira vez, um monarca europeu pisou em solo americano — e mais: partindo para morar por tempo indefinido na colônia, após abandonar a metrópole com o objetivo de manter a coroa da família Bragança. D. João VI, príncipe regente, zarpou do Tejo após raspar os cofres de Lisboa, levando consigo a família e uma gigantesca corte burocrática para instalar-se no Rio de Janeiro, nova capital da colônia ultramarina do Brasil.

Na chegada ao Brasil, D. João VI autorizou a abertura dos portos e a elevação do Brasil a Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. Porém, a chegada de 15 mil pessoas ao Rio de Janeiro, uma cidade com até então 60 mil habitantes, foi um choque para a população carioca e para a corte portuguesa. O Rio de Janeiro era uma cidade pequena, pobre e insalubre, infestada de ratos e muito diferente de Lisboa. Assim, D. João VI inicia sua história no Brasil. O livro discorre sobre a chegada, estadia e retorno de D. João VI a Portugal e todas as nuances deste episódio único de nossa história.

O autor coloca complexidade nos personagens, mostrando uma corte portuguesa muito além da forma simples e satírica normalmente retratada. D. João VI, Carlota Joaquina, Dona Maria e D. Pedro são descritos de maneira complexa, criando um laço do leitor com a história. Além disso, Laurentino entrelaça personagens secundários, que ajudam a deixar o livro mais completo.

1808 utiliza pinturas que mostram o Brasil da época, retratado principalmente pelos artistas que foram contratados pela coroa para desenhar o novo lugar que seria o lar da família real. A ideia de um Brasil selvagem, tropical e colorido começou a ser construída nesta época. Nessas pinturas, conseguimos ver a identidade social e arquitetônica, com escravos e senhores, palácios e engenhos de açúcar.

Laurentino Gomes, assim como Eduardo Bueno (resenha #4 — Brasil, Uma História), escapa da linguagem acadêmica e leva os fatos para o público geral, não muito acostumado a livros de História. A organização cronológica, separada em capítulos bem definidos, facilita a leitura e envolve o leitor, inclusive criando uma ligação com o livro, o que ajuda a seguir a trilogia criada por Laurentino.

Laurentino Gomes, paranaense de Maringá, é formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná. Trabalhou como repórter e editor para vários órgãos de comunicação do Brasil, incluindo o jornal O Estado de S. Paulo e a revista Veja. Como escritor, lançou 1808, 1822 e 1889, completando a trilogia sobre a monarquia brasileira. Em 2019, lançou uma nova trilogia, agora sobre a escravidão no Brasil.

A lateral dos livros 1808, 1822 e 1889 aparece empilhad em uma estante de madeira.
A lateral dos livros 1808, 1822 e 1889 aparece empilhad em uma estante de madeira.
1808, 1822 e 1889: trilogia do escritor Laurentino Gomes sobre a monarquia brasileira. Foto: Lucas Wasem

Lucas Wasem

Written by

Gaúcho, formado em Ciências da Comunicação na Universidade do Algarve. Apaixonado por viagens, livros, séries e política.

Feature

Feature

Feature é uma publicação de conteúdo jornalístico com reportagens especiais sobre cultura, cidadania, saúde, literatura e assuntos internacionais.

Lucas Wasem

Written by

Gaúcho, formado em Ciências da Comunicação na Universidade do Algarve. Apaixonado por viagens, livros, séries e política.

Feature

Feature

Feature é uma publicação de conteúdo jornalístico com reportagens especiais sobre cultura, cidadania, saúde, literatura e assuntos internacionais.

Medium is an open platform where 170 million readers come to find insightful and dynamic thinking. Here, expert and undiscovered voices alike dive into the heart of any topic and bring new ideas to the surface. Learn more

Follow the writers, publications, and topics that matter to you, and you’ll see them on your homepage and in your inbox. Explore

If you have a story to tell, knowledge to share, or a perspective to offer — welcome home. It’s easy and free to post your thinking on any topic. Write on Medium

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store