O Ás

Por entre dedos
um sentir escorrerás
defluirás

Somos mar de desencontros propositais
de querer mas partir
e nada mais

A embalagem fugaz
vomita palavras fecais

Destronou o pobre Ás
coração se esvai

Palavras formais
mentiras timbrais

E ao tentar voar
para teu ninho
afundais

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.