Porque eu não gosto de fundo de investimento

Você investiria em algo que aumenta o risco e diminui o retorno potencial do seu dinheiro? Pois é, eu também não!

Veja as 7 razões pelas quais eu não gosto de fundo de investimento*:

1. Altas taxas de administração

Esses fundos de investimento costumam cobrar taxas de administração entre 0,5% e 2,5% ao ano sobre o patrimônio do fundo. Isso significa que essa taxa incide não apenas sobre o rendimento do seu dinheiro, mas sobre todo o valor investido. Essa taxa diminuiu o seu investimento inicial e dificulta a rentabilidade do dinheiro.

Por exemplo, se em um investimento sem taxa de administração seu dinheiro rende 10% a.a., ele precisará render mais de 12% a.a. em um fundo com taxa de administração de 2% para você ter o mesmo retorno.

2. Aplicam o dinheiro de forma que você pode fazer por conta própria

Mesmo cobrando altas taxas de administração, a maior parte do seu dinheiro é aplicado em investimentos super simples, nos quais você pode investir por conta própria com muita facilidade. São eles: CDB’s, Títulos do Tesouro e Compromissadas. Isso porque, por se tratar de Fundos de Renda Fixa, eles não podem investir um percentual relevante do patrimônio em produtos mais complexos e arriscados. Ou seja, você paga caro por um serviço que você mesmo pode fazer!

3. Dificilmente possuem um retorno maior do que outras aplicações de renda fixa

Por cobrarem altas taxas de administração e investirem a maior parte do patrimônio em aplicações de renda fixa, esses fundos dificilmente apresentam um retorno consistentemente maior em relação às outras aplicações de renda fixa.

4. Aumentam o risco dessas aplicações

Embora o fundo esteja investindo em aplicações de renda fixa que você poderia investir por conta própria, o fato do investimento ser via fundo aumenta o risco da aplicação, principalmente no caso de CDB’s. Ao investir em um CDB como pessoa física, você possui uma garantia caso o banco quebre chamada Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Esse fundo lhe garante o retorno do seu dinheiro até o limite de 250 mil reais. Porém, quando esse investimento é feito via fundo de investimento, o FGC não garante nada.

5. Não há garantia de ninguém

O conceito de Fundo de Investimento significa que você se dispôs a juntar o seu dinheiro com outras pessoas para investir em um perfil específico de investimento a ser gerenciado por uma gestora. Isso significa que você se dispôs a entrar no risco daquele negócio e, por isso, não há qualquer tipo de dívida ou de garantia vinculada ao Fundo. Caso os investimentos do Fundo deem errado, ele não é obrigado a te retornar nenhum valor.

6. A pessoa jurídica responsável pelo meu dinheiro não é o banco nem o Estado

Embora o seu gerente de banco venda o fundo de investimento como sendo do banco, ele na verdade é formado por outro CNPJ e não tem vinculação com o patrimônio do banco. Ou seja, o banco não se responsabiliza pela gestão ou pelo patrimônio do fundo. Se o fundo quebrar, o banco não vai te pagar nada.

7. Os interesses dos gestores do fundo são diferentes do seu

Esse é um conceito clássico em administração: os interesses do gestor de um fundo e dos investidores são necessariamente diferentes e a tendência é que o gestor haja de acordo com os interesses dele e não com o seu. Isso pode ser evitado ou diminuído a partir de regras, acompanhamentos e incentivos que favoreçam com que os interesses do gestor se aproximem do seu.

Porém, ao se tratar de um fundo de varejo, quais são os investidores que efetivamente se interessam e têm possibilidade de interferir para uma melhor gestão do fundo? Isso, teoricamente, será feito pelo banco que tem um interesse de que o fundo tenha um resultado interessante e que seus clientes saiam satisfeitos. Mas, novamente, os interesses do banco são diferentes dos interesses do investidor, o que complica ainda mais essa relação.


Gostou do post, mas não sabe onde investir? Veja o post “Onde devo investir o meu dinheiro?”

Inscreva-se aqui para saber mais sobre as melhores opções de investimento.

*O enfoque desse artigo são os Fundos de Investimento de Renda Fixa oferecidos pelos bancos comerciais de varejo.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.