Colhendo os “ovos” do curso de formação em Fluxonomia 4D

Oficina de bioconstrução de parede de pau-a-pique

É sempre bom parar para respirar, olhar pra trás e ver como tudo se encaixou com perfeição e sincronicidade.

Assim foi o encontro das iniciativas Aldeia Pedagógica e Academia da Natureza que ocorreu no Curso de Formação em Fluxonomia 4D.

Flux o quê???

Fluxonomia 4D é o nome dado a um conjunto de ferramentas criado por Lala Deheinzelin, pioneira da economia criativa no Brasil. A Fluxonomia 4D busca ativar e gerar fluxo nas 4 dimensões a seguir:

Dimensão cultural: economia criativa

Dimensão ambiental: economia do compartilhar

Dimensão social: economia colaborativa

Dimensão financeira: economia multivalor

Além do conteúdo teórico, conseguimos formar uma comunidade de empreendedores, conectando demandas e ofertas nas 4 dimensões.

Foi assim que surgiu a idéia de fazer um evento da Aldeia Pedagógica na sede de Academia da Natureza.

A Aldeia Pedagógica é uma iniciativa de Sandra Elizabeth Londoño, colombiana, educadora e mãe, que viajou por vários países da América do Sul conhecendo e atuando em comunidades de aprendizagem. Sua mochila traz conhecimentos que vão de antroposofia, pedagogia Waldorf, teatro, artes manuais a xamanismo e tradições indígenas.

A Academia da Natureza é uma empreendimento idealizado por Henrique Katahira e Gustavo Tanaka cujo propósito é conectar as pessoas com a natureza através de práticas e vivências em permacultura, educação ambiental e vida em comunidade.

Sandra tem o que chamamos de software (conhecimentos e saberes), um recurso da dimensão cultural. Já a Academia da Natureza, é rica em hardware (sítio com acomodações, horta e natureza), que é um recurso ambiental, como classificamos na fluxonomia.

Além disso, mapeamos os recursos das dimensões social e financeira dos dois projetos e descobrimos que temos muita complementaridade.

Depois de uma visita no local, Sandra teve a idéia de fazer um acampamento familiar nas férias de julho. Definimos a programação, a data, o valor das inscrições e começamos a divulgar nas redes sociais. Conseguimos lotação máxima no evento e tivemos até lista de espera. Nada mal para um ano de “crise”.

O acampamento aconteceu de forma muito leve e conseguimos cumprir nosso objetivo que era de formar uma aldeia pedagógica nos 5 dias de acampamento onde todos são mestres e aprendizes e todos são cuidadores e todos são cuidados por todos.

Resultados nas 4D

Na fluxonomia, a colheita de resultados também é feita nas 4 dimensões.

Na dimensão financeira, além do lucro em dinheiro, conseguimos os registros fotográficos e captação de video em troca de desconto no valor do acampamento.

Na dimensão cultural, aumentamos nosso repertório de experiências e melhoramos nossos processos.

Na dimensão ambiental, conseguimos doações de mudas de árvores nativas e ganhamos de presente um suporte de rede que foi feito pelo artista plástico e marceneiro Olavo Tenório com o eucalipto colhido no local.

Na dimensão social, conseguimos ativar e conectar as redes da Baobba/Academia da Natureza com a Aldeia Pedagógica e conseguimos um depoimento em vídeo da participante (e super querida) Camila Freitas para retroalimentar nossas mídias.

Foi muito bom poder aplicar os conhecimentos do curso de formação em uma linha de ação que gerou tantos resultados.

Gratidão a todos que participaram do acampamento e confiaram no nosso trabalho.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Henrique Katahira’s story.