VAI QUE DÁ… O RISCO É DAR CERTO.

Tenho a sorte de conviver com “transicionistas” animadíssimos com a Transição e com um espírito de “Oba! Vamos nessa, vai que dá, o único risco é dar certo…”. Sabe a razão desta fé no futuro?

Se pegarmos como exemplo as iniciativas para ajudar no processo de gestão pública (falando diretamente do modelo político), o princípio é simples: como antes não havia ferramentas acessíveis para conhecer as necessidades e escolhas dos cidadãos, elegíamos representantes que teoricamente seriam nossa voz — embora, depois de eleitos, nada pudéssemos fazer. Mas agora é facílimo registrar essa necessidade e participar da criação de leis, acompanhar seu debate e opinar em votações por meio de plataformas e aplicativos acessíveis de qualquer computador ou celular. É o caso do edemocracia.camara.gov.br.

Podemos eleger políticos que sejam apenas porta-vozes dos desejos do coletivo, que são mapeados e coletados através de aplicativos como os criados pela democracyos.org, da Argentina. O jovem sociólogo Agústin Frizzera, um dos fundadores do Partido de La Red, defende que a internet seja para todos. Com isso, mais do que uma ferramenta de marketing para o político, a idéia é que, via o software, a população possa opinar sobre um projeto de lei em debate. E que os legisladores votem de acordo com o que a população decidir.

A cidade tem sido o grande laboratório para praticar essa co-gestão pública. Veja a rede nossascidades.org. Lá está claro quais são as campanhas, ações sociais, propostas. E quem deve executá-las. Ou seja, é uma ferramenta para que a sociedade vigie os governantes. Vale lembrar que a lei da ficha limpa uma das vitórias da mobilização popular. Mais de 1,3 milhão de assinaturas de cidadãos de todos os estados do Brasil conseguiram o feito: combater a corrupção eleitoral.

Existem plataformas ainda onde você coloca um problema e o coletivo pensa uma solução. No riomais.benfeitoria.com há patrocinadores que premiam a melhor ideia. O cidadedemocratica.org.br já tem 7606 problemas e soluções para cidade, cocriados por 19668 usuários.

O sonhobrasileirodapolitica.com.br pesquisa e compila iniciativas que transformam a participação política no Brasil e no mundo.

Quer saber como criar uma virada política em sua cidade? Acesse viradapolitica.com.br. E já imaginou que legal se a política investisse na política o mesmo tempo, tesão e inteligência que dedicamos a games, futebol e similares? Conseguiríamos resolver tudo! Para começar conheça o fastfooddapolitica.org.br, que cria jogos para nos ajudar a compreender e participar da política. Você pode baixar os jogos para usar em sua escola, condomínio etc. Ou participar dos muitos eventos que realizam em espaços públicos.

Para passear mais pelo futuro você pode baixar meu livro, que narra a vida em 2042 e tem um capítulo sobre as novas formas de governo. E se você também é “Transicionista”, se cadastre em bit.ly/conteudoslala, pois podemos fazer muitas coisas juntos.