100 coisas que aprendi com o Evento Share (parte II)

SOCIAL MEDIA (1)

Nos dias 18 e 19 de Setembro na ESPM Sul em Porto Alegre participei de uma programação intensa de palestras sobre Marketing Digital na prática no EVENTO SHARE, que já foi eleito um dos 4 melhores eventos do país. Grandes marcas como Ogilvy, W3Haus, Mc Donald’s, Agência Africa, Buzzfeed e muitas outras passaram por lá para deixar inspiração e falar sobre o mercado. E trouxe um pouco (muito pouco mesmo!) do que aprendi por lá pra cá. Você já conferiu tudo sobre o primeiro dia do evento no post 100 coisas que aprendi com o Evento Share (parte I).
Agora veja o que aprendi no segundo dia:

DAY 2

IMG_0578

Real Time Research feat Brand Utility: a próxima geração do Real Time Marketing | Larissa Magrisso — W3Haus

  1. Aprendi que vender não é a receita, é consequência. Manter o cliente “dentro da loja”, em contato com o produto ou serviço é o desafio.
  2. Aprendi que o púlibo pensa “resolva meu problema! Facilite minha vida! Me dê vantagens! Apoie minha causa!”
  3. Aprendi que precisamos prestar algum serviço ou forneçer informações que facilitem o dia-a-dia das pessoas.
  4. Aprendi que precisamos utilizar conteúdos personalizados em todas as ações para impactar as pessoas.
  5. Aprendi que o futuro do real time marketing é o real people first, muito mais do que as ferramentas e formatos.
  6. Aprendi que o consumidor vai muito além do target
  7. Aprendi que devemos procurar pessoas reais com objetivos reais
  8. Aprendi que Utilidade = conteúdo, design e tecnologia.
  9. Aprendi que a multidisciplinaridade é o futuro dos times nas agências.
  10. Aprendi que a revolução dos micro-momento estão mudando as regras
  11. Aprendi que conteúdo tem o poder de mudar a vida das pessoas, conteúdo que faça diferença e que responda aos anseios do cliente.
  12. Aprendi sobre a matriz da utilidade: faça algo pelo público ou ajude-o a fazer algo
  13. Aprendi que para uma sociedade que quer tudo pra “agora”, o real time research traz novo significado na geração de conteúdo e marketing.

The Social Checklist — Criando para um mundo social | Ana Laura Mello — Remix

  1. Aprendi sobre social checklist: emoção, propósito, cultura e comunidade
  2. Aprendi que toda marca tem que ter inteligência emocional
  3. Aprendi que não podemos forçar a barra.
  4. Aprendi que devemos interagir, se fizer sentido para a marca
  5. Aprendi que contratar uma equipe para responder: é o que tem que ser feito e que NÃO DÁ pra colocar bot
  6. Aprendi que antigamente o que contava era o espetáculo, agora é a experiência
  7. Aprendi que devemos prestar atenção no que de fato significam os movimentos culturais.
  8. Aprendi que Share of soul > Share of mind. Tudo muda muito rápido. Conseguir se conectar é raro e vale a pena.
  9. Aprendi que devemos comunicar falando a mesma coisa, mas de uma forma diferente
  10. Aprendi que as pessoas esquecem o que você fala, mas lembram o que você fez elas sentirem
  11. Aprendi que existe emoção quando conseguimos fazer com que as pessoas saiam do estado de INDIFERENÇA
  12. Aprendi que marca se constrói a cada interação
  13. Aprendi que propósito é diferente de posicionamento. O primeiro é profundo, é essência. O segundo é externo, pode mudar
  14. Aprendi que ideias sustentáveis e que fazem sentido são o futuro do Social.

Mídia On-Line | Metodologias e Processos | Felipe de Leon — Cadeon

  1. Aprendi que p formato de mídia que mais cresce é o vídeo
  2. Aprendi que as marcas não devem se restringir ao social
  3. Aprendi que devemos pensar o digital de uma forma mais abrangente, com segmentação e cobertura
  4. Aprendi que agências pequenas com tecnologia boa, passam à frente de agências grandes com tecnologia ruim
  5. Aprendi que tendência em mídia é a lógica do shoppin center, será possível comprar mídia diretamente em um lugar só
  6. Aprendi que o mercado digital precisa de cobertura, alcance e freqüência
  7. Aprendi que está na hora de começar a pensar digital e segmentado
  8. Aprensi que ainda é difícil vender mídia porque ainda é difícil explicar a mídia para o cliente
  9. Aprendi que a mídia no fim das contas é o que o cliente quer ver! Resumindo: quanto custa?
  10. Aprendi que mesmo que dê errado, você já tentou e aprendeu mais rápido que os outros.
  11. Aprendi que deveoms transformar o novo em realidade
  12. Aprendiq ue a mídia programática otimiza o tempo e facilita o acesso aos canais/veículos de veiculação.
  13. Aprendi que isso não é só apertar um botão.
  14. Aprendi que mídia programática não é mais barata, é uma oferta melhor
  15. Aprendi que o oba oba de compra e venda está acabando e hoje tudo pode ser medido!
  16. Aprendi que controle de mídia é tão importante quanto o bom conteúdo
  17. Aprendi que devemos apresentar para o cliente, com segurança, como o dinheiro dele tá sendo aplicado para ter respostas positivas.

“É isso aí e tudo mais” | Jean P Boechat — Talent

  1. Aprendi que hoje não tem mais diferença online e offline.
  2. Aprendi que o mundo é Noline.
  3. Aprendi que a solução pode estar no meio das coisas que acontecem no mundo
  4. Aprendi que devemos entender como a marca pode se aproximar e ajudar as pessoas
  5. Aprendi que devemos protótipar e testar antes da mídia de massa.
  6. Aprendi que devemos corrijir erros e ponderar soluções diferentes
  7. Aprendi que a comunicação de uma empresa é capaz de mudar a cultura de uma nação, e com isso o mundo.
  8. Aprendi que às vezes as soluções estão onde ninguém espera
  9. Aprendi que você não precisa falar sobre o seu produto, é só deixar as pessoas falarem sobre ele.
  10. Aprendi que devemos nos conectar com a audiência, compreendê-la e envolver-se.
  11. Aprendi que as pessoas que querem conteúdo e consomem isso de uma forma pop e interessante, replicam para outros
  12. Aprendi que precisamos olhar menos para nosso umbigo e olhar mais para as pessoas
  13. Aprendi que o foco deve estar na pessoa e não especificamente no consumidor
  14. Aprendi que por mais que trabalhemos para uma empresa, são as pessoas de verdade que queremos impactar
  15. Aprendi que devemos humanizar os serviços

Como pensar o conteúdo para a internet | Manuela Barem — BuzzFeed

  1. Aprendi que a fórmula do Buzzfeed são redes sociais, conteúdo e tecnologia
  2. Aprendi que relevância é entender o outro. Comunicação é identificação também.
  3. Aprendi que além da métrica de dados, a métrica humana é muito importante
  4. Aprendi que conteúdos compartilháveis são os que estabelecem uma conversa que as pessoas se identificam
  5. Aprendi que devemos produzir conteúdo sincero e relevante
  6. Aprendi que devemos estar ligados nos diversos assuntos discutidos na internet.
  7. Aprendi que redes sociais são inspiracionais
  8. Aprendi que devemos descobrir a linguagem do público da sua marca e o que é importante para eles.
  9. Aprendi que é preciso criar um título que faça a pessoa querer compartilhar seu post
  10. Aprendi que comunicação e marketing vivem uma era em que só ganha quem consegue criar conexão com seu público
  11. Aprendi que o conteúdo tem papel de gerar valor e relevância pra marcas que precisam se destacar em um mercado tão comoditizado
  12. Aprendi que um viral é espalhar algo relevante.
  13. Aprendi que não é você que decide o que é relevante, são as pessoas.
  14. Aprendi que acabou a era do “não vamos falar sobre isso por ser banal.
  15. Aprendi que um viral precisa ser democrático
  16. Aprendi que um viral precisa gerar discussão
  17. Aprendi que tentar fazer um vital é conversar com o maior número de pessoas possível
IMG_0593

Planejamento fora da gaveta: como fazer do planejamento um processo mais colaborativo | Fernanda Pereira — África

  1. Aprendi que a relação com as marcas está mudando
  2. Aprendi que há demanda por utilidade, não só entretenimento
  3. Aprendi que só quem faz aquilo que ama, alcança resultados de longo prazo para todas as partes envolvidas.
  4. Aprendi que: primeiro, o que a marca tem a dizer, o canal vem depois.
  5. Aprnedi que devemos: Get out of building.
  6. Aprendi que ir pra rua pode te ajudar a entender a dificuldade na conversão de um produto no PDV.
  7. Aprendi que devemos nos manter envolvidos.
  8. Aprendi que não apenas devemos entregar nossa parte, devemos acompanhar o processo
  9. Aprendi que o digital não tem fórmula. Você precisa estar constantemente aprendendo e analisando
  10. Aprendi que devemos utilizar os dados, utilizar as informações
  11. Aprendi que devemos analisar constantemente
  12. Aprendi que as pessoas são impactadas quando se emocionam e isso muda o mundo
  13. Aprendi que o planejamento pode e deve, passar por outros setores da agência
  14. Aprendi que a inspiração está no mundo, na pluralidade, na quebra de rotina e o trabalho tem que ser multidisciplinar
  15. Aprendi que um bom planner, precisa, acima de tudo, inspirar e transformar a entrega no melhor que ela poderia ser
  16. Aprendi que insight é apenas a faísca do processo de planejamento.
  17. Aprendi que as pessoas não querem ver anúncios, mas sim coisas interessante, e às vezes isso é um anúncio
  18. Aprendi o mais importante: seguir os sonhos

Everyday Fun — A estratégia do McDonald’s nos meios digitais | Guilherme Coe — Mc Donald’s

  1. Aprendi que a língua que eles falam lá fora é dinheiro, não inglês
  2. Aprendi que a Estratégia digital do Mc Donalds é facilitar a vida do consumidor via experiência/entretenimento
  3. Aprendi que uma love brand é construída com interação, criatividade e valor gerado para o cliente
  4. Aprendi que devemos transmitir a mensagem de uma forma relevante
  5. Aprendi que temos que ter produção de qualidade aliada a mídia para funcionar
  6. Aprendi que hoje a potência está nos vídeos, só que eles precisam ser relevantes e bem produzidos

@tutinicola

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Fantástico Mundo RP’s story.