Maceió com criança, sombra e água fresca

Praia do Gunga

Nós não sabíamos se a conta iria fechar, mas a ideia era ter praia, sol, criança e tranquilidade. Conseguimos isso a maior parte do tempo, em Maceió. Nunca fomos muito fãs de grandes resorts, então a pesquisa foi extensa até escolher o Salinas de Maceió como a nossa opção.

O resort tem um tamanho bom, nem tão pequeno, nem tão grande. Daquele tipo que não tem muito barulho, filas ou confusão. A equipe é atenciosa, as opções suficientes para quem quer descansar e aproveitar a praia, e a comida é deliciosa! Normalmente em lugares muito grandes vale a lei da quantidade e não da qualidade, mas ali achei tudo muito gostoso! Cada noite no jantar tinha comida típica de algum país, com um cardápio variado e caprichado.

As crianças também não podem reclamar. Além das comidinhas proibidas de sempre (como as batatas fritas e outras cositas más dos menus kids dessa vida) haviam várias opções saudáveis, como: frutas, caldos e mingaus (a Nick amou e a gente também!).

Vista da janela do quarto do hotel, e praia em frente ao Resort

O resort é pé na areia, com piscinas de tamanho bom. Todos os dias tinha algum showzinho ou atividade mais “família” à noite. Para as crianças maiores tem monitores durante todo o dia, para os pequenos a pegada é mesmo curtir a praia, piscina e parquinho.

Viajamos em Maio, então pegamos alguns dias de chuva (o que limita bastante as opções), mas em troca a praia era só nossa, a piscina uma tranquilidade só e o tempo bom voltava logo.

Piscinas do Salinas

Acabamos também limitando as opções de passeio para onde sabíamos que o mar era calmo e o deslocamento pequeno. Uma dica legal é alugar um carro no próprio hotel e passear pelas praias. Tem várias opções com águas calmas e quentinhas.

Tiramos da lista (fica para a próxima) tudo que envolvia acordar muito cedo (Maragogi), andar de barco por muito tempo (como as piscinas naturais) ou ficar muito tempo sob o sol forte (como nas dunas). Se você está indo sem crianças muito pequenas acho que vale a experiência. A gente ficou mais à toa mesmo (e também é bom demais)!

Praia em frente ao Salinas de Maceió
Praia do Francês

Opções bem gostosas para os pequenos são a Praia do Gunga e a do Francês. As duas são muito boas, gostei mais da última pela boa estrutura. Prepare-se para passar o dia beliscando coisinhas gostosas à beira mar, sentir uma brisa boa e ver seu pequeno brincar “à milanesa” na areia. Tudo de bom!

Vale dizer também que o Spa do hotel tinha preços muito bons e curti um absurdo! Durante as férias é um presente que vale considerar, afinal, são essas lembranças e sensações (além dos quilos a mais) que levamos de um lugar, não é mesmo?

Para quem opta por uma programação mais variada (na resort acaba-se mesmo curtindo a estrutura), a cidade tem também bons restaurantes e opções menos praia, como dá para ver aqui.

Mas se eu puder te dar uma dica, fica na praia mesmo. Um bom pacote família conta com nada menos que areia fofa, água quentinha, filtro solar, brisa, baldinho, pazinha, toalha e um livro bom para recarregar as energias.


Para conhecer outros destinos e experiências incríveis de viagens, acesse: https://medium.com/fome-de-mundo

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Gisele Medeiros’s story.