Sobre

As tecnologias digitais e o consumo de notícias nos dispositivos móveis impulsionam processos de convergência no jornalismo e alteram os modos de produção e distribuição de conteúdo informativo, que não ocorrem mais de maneira direcional, mas em uma rede de conexões que engloba diferentes atores. Os modelos de negócio das organizações jornalísticas precisam se adaptar às constantes mudanças do ecossistema digital formado por usuários colaborativos e em mobilidade, que demandam por novas formas de se relacionar com as notícias. A constituição de processos, produtos e fluxos de trabalho inovadores e criativos são potencializados pelo design thinking apropriado para resolver problemas e ajudar indivíduos e organizações. Compreender os interesses da audiência para orientar a elaboração das reportagens, utilizar a mineração de dados para ajudar a narrar os fatos com precisão, produzir conteúdos em formatos imersivos como os realizados em realidade virtual e transmitir notícias em tempo real, são procedimentos que transformam a maneira de se produzir e acessar notícias em uma sociedade digitalizada.


Autores

Adrian Alexandri é jornalista e pesquisador no Mestrado Profissional em Produção Jornalística e Mercado — ESPM.

Antonio Rocha Filho, mestrando em Produção Jornalística e Mercado pela ESPM-SP, é professor do curso de Jornalismo da ESPM-SP. Graduado pela Faculdade Cásper Líbero, tem pós-graduação em Comunicação com o Mercado pela ESPM-SP. Trabalhou por 24 anos no Grupo Folha. Atualmente é diretor-executivo da agência de comunicação Entrelinhas.

Cleber Stevani é jornalista e radialista. Trabalha como editor e diretor de TV do curso de jornalismo da ESPM-SP e é professor da faculdade Anhanguera. É aluno do curso de Mestrado Profissional em Produção Jornalística e Mercado da ESPM-SP. Foi ganhador de dois prêmios de telejornalismo.

Jonas Gonçalves é jornalista graduado pela Faculdade Cásper Líbero (2005) e aluno do Mestrado Profissional em Produção Jornalística e Mercado da ESPM-SP, na linha de pesquisa “Lógicas e Modelos de Gestão em Jornalismo”. Atualmente, trabalha na Assessoria de Comunicação do Conselho Regional de Química de São Paulo.

Mariana Benvenido é jornalista graduada pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (2015). Atualmente, é mestranda do Mestrado Profissional em Produção Jornalística e Mercado (MPPJM) da ESPM, na linha de pesquisa Lógicas e Modelos de Gestão em Jornalismo.

Ricardo Fotios é jornalista, Gerente Geral na área de Conteúdo do grupo UOL, professor da graduação em Jornalismo da ESPM-SP, onde é aluno do Mestrado Profissional em Produção Jornalística e Mercado, e da Universidade Metodista de São Paulo.


Este projeto foi desenvolvido pelos alunos do Mestrado Profissional em Produção Jornalística e Mercado (MPPJM), da ESPM-SP, na disciplina “Inovação, Tecnologia e Sociedade”, sob orientação da Profa Dra Egle Müller Spinelli, no segundo semestre de 2016.

Like what you read? Give Inovação em Jornalismo a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.