Singularity University seleciona a Gama Academy como uma das 10 melhores startups de educação do Brasil

A empresa foi selecionada como finalista do prêmio SingularityU Brazil Global Impact Challenge

A Gama Academy foi uma das 10 startups selecionadas para à grande final do SingularityU Brazil Global Impact Challenge 2017. O projeto vencedor ganhou a oportunidade de participar gratuitamente do Singularity University Global Solutions Program (GSP), na sede da Singularity University, dentro do centro de pesquisas da NASA no Vale do Silício.

O prêmio foi criado em 2010 e até hoje, a Singularity University já promoveu 94 Challenges em 38 países, premiando 121 projetos. A proposta é selecionar projetos e empreendedores que tenham potencial de impactar positivamente até 1 bilhão de pessoas em 10 anos. Como histórico do desafio, muitos dos projetos ganhadores foram desenvolvidos no programa da universidade americana e tornaram-se startups de sucesso, com inovações e benefícios para milhares de pessoas, como um exame de baixo custo para detecção de alguns tipos de câncer

O tema desta edição do SingularityU Brazil Global Impact Challenge foi “Educação para o Século XXI” e os projetos devem atender a um ou mais dos quatro eixos:

  • Acesso à Educação (ensino à distância com ou sem o uso de tecnologia);
  • Educação para Habilidades Socioemocionais (criatividade, empatia, resolução de problemas, empreendedorismo etc.);
  • Educação Baseada em Projeto (PBL, gamificada, transdisciplinar etc.);
  • Educação para o Meio Ambiente

Além da Gama Academy, representada pelo CEO, Guilherme Junqueira, foram selecionados para a final: Alan Morgensztern, Amaral Oliveira, David Silveira, Fausto Vanin (Molho Secreto + Inspiring Makers), Guilherme Lichand, Monica Noda (Blockos), Nadine Heisler (Wassmer), Tonia Casarin (Fireworks) e Viviane Ribeiro.

O prêmio recebeu a inscrição de centenas de projetos, e a banca de avaliação, que selecionou as 10 melhores startups, foi composta por Manny Orellana e Mariana Fonseca, representantes da Singularity; Gustavo Gonçalves, CEO da Mkt4Edu; Allan Costa, empreendedor, palestrante e investidor-anjo; e o Professor Ruy Sant’Ana, PhD em Engenharia pela Colorado State University e CEO do Instituto Ermínia Sant’Ana.

Créditos da foto à organização do prêmio

Após a apresentação dos pitchs dos projetos finalistas, a carioca Tonia Casarin foi a vencedora do Singularity University Brazil Global Impact Challenge 2017. Ela foi escolhida pelo júri e agora poderá aperfeiçoar seu projeto durante o Singularity University Global Solutions Program (GSP), curso de 3 meses avaliado em 30 mil dólares que acontece na sede da Singularity University.

Sobre a Singularity University

Singularity University é uma uma comunidade voltada ao aprendizado e inovação que busca, a partir do uso de tecnologias exponenciais, resolver os maiores desafios globais e construir um futuro abundante para todos. Ela foi fundada em 2008 no parque de pesquisas da NASA no Vale do Silício, na Califórnia, por Peter Diamandis, importante engenheiro e empreendedor norte-americano, e pelo inventor Ray Kurzweil, um dos maiores gurus de inteligência artificial do mundo, e conta com parcerias com empresas e entidades como Google, Deloitte, Genentech e UNICEF.