A indústria dos games é maior e mais digital do que pensávamos

Créditos: Insidegamer (https://i2.wp.com/www.insidegamer.net/wp-content/uploads/2014/06/Digital-gaming.jpg?w=950)

É, amigo, você que é aquele saudosista comprador de games físicos pode virar um colecionador de antiguidades jajá. Pelo menos é o que aponta o levantamento de gasto anual com games nos Estados Unidos, feito pela empresa americana NPD, que é referência nesse tipo de pesquisa. O site arstechnica.uk fez um artigo sobre este trabalho realizado pela NPD, que vou contar um pouco aqui para vocês.

Em um dos insumos colhidos pela pesquisa foi possível observar uma queda na compra de mídias físicas ao longo dos anos 2010 até 2017. OK, isso é normal. O que aconteceu, porém, é que a NPD não estava considerando alguns detalhes sobre as mídias digitais. Vou explicar.

Entre 2015 e 2016, os gastos com mídias físicas passou de 44% para 26% apenas. Isso segundo a pesquisa remodelada feita pela NPD!

Mas, espera, pesquisa remodelada? Sim. Essa queda brusca assim do nada entre as pesquisas, teve um motivo: a nova amplitude na qual os games estão inseridos. Games para smartphones, DLCs (Downloadable Content), games de mídias sociais e games digitais completos começaram a ser incluídos somente nessas últimas pesquisas. Ou seja, a NPD não tinha muito ideia do que estava ocorrendo no mundo dos games digitais até então. Assim, a pesquisa fez com que eles percebessem o gigantesco impacto que as mídias digitais causam na indústria gamer. Pelo menos na americana (é só a gente lembrar do impacto causado pela famigerada Steam, por exemplo).

Acho que um gráfico vai ficar bacana para ilustrar um dos resultados da pesquisa remodelada:

Olha só a diferença entre mídia física e digital ao longo dos anos. Isso é incrível. Fonte: https://arstechnica.co.uk/gaming/2017/04/the-us-game-industry-is-a-lot-bigger-and-less-physical-than-we-thought/

Olha isso! Além do aumento de gastos em 1,3 bilhões de dólares totais entre os anos 2015 e 2016, a diferença entre jogos digitais e de mídias físicas também teve um altíssimo crescimento (quase 5% em apenas um ano!). Ou seja, além do crescimento na utilização de mídias digitais, o próprio total de gastos com games aumentou!

Beleza, mas o que isso interfere na indústria? Bom, essas pesquisas são muito utilizadas por empresas de games para prever o mercado e tomar planos de ação. A EA, por exemplo, já possui suas maiores receitas baseadas em mídias digitais há 4 anos e está se preparando para ficar 100% digital em um futuro próximo.

Isso acaba sendo tendência para todas as outras produtoras de games e consoles, fazendo com que levem muito a sério essa mudança para o mundo digital e, desse modo, trabalhando com maior foco nisso do que em mídias físicas.

Mas, jogos = vida, então não importa qual tipo de mídia você usa, o importante é continuar jogando! Só esteja preparado caso seus Blu-rays e DVDs novos comecem a pegar poeira na prateleira…

Boa jogatina!

Fonte: https://arstechnica.co.uk/gaming/2017/04/the-us-game-industry-is-a-lot-bigger-and-less-physical-than-we-thought/

~Zatoishi

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Zatoishi’s story.