Viajando de trem pela Europa

Como comprar a passagem certa e viajar com conforto e economia num dos mais eficientes e autênticos meios de transportes do mundo.

Provavelmente esta é uma das perguntas que mais ouço quando o assunto é viajar de trem pela Europa. Muitos viajantes têm concepções erradas e ultrapassadas sobre o assunto e muitas vezes acham que os passes de trem são a opção ideal para uma boa viagem.

Mas nem sempre é assim. Por terem uma visão romântica, porém antiga, muita gente acha que a melhor opção é viajar com passes, no entanto, as coisas mudaram. Por isso, vale a pena entender quais são as vantagens e desvantagens antes de tomar uma decisão, afinal, isso pode fazer uma enorme diferença no seu orçamento de viagem.

“Por terem uma visão romântica, porém antiga, muita gente acha que a melhor opção é viajar com passes, no entanto, as coisas mudaram.”

Vamos às opções:

Ticket de trem na segunda classe de Milão para Livorno saindo dia 07/09 às 8:10. Comprando via internet é mais fácil de conseguir tarifas super econômicas como essa, apenas 9 euros.

O que é o ticket de trem?

O ticket nada mais é do que uma única passagem de trem que dá ao viajante o direito de seguir em um trajeto específico entre o ponto A e o ponto B. E, diferentemente do que muita gente pensa, a maioria dos tickets não permite parar em nenhuma cidade pelo caminho, além de ter validade somente para aquele trajeto, naquele trem e naquele horário específicos.

Passe de Trem da Eurail, 8 dias de viagem para 2 adultos num período de 2 meses. Esse é um passe Flexi válido apenas para a Itália.

O que é o passe de trem?

O passe de trem é como um ticket único e especial, que permite viagens ilimitadas em um ou mais países por um período de tempo específico. Você pode pegar um trem ou 50 trens, viajar 10km ou 1000km, tudo em um único dia.

Opções de passes disponíveis

Existem várias opções de passes, mas, em geral, são:

Escolha os países que deseja visitar

Você deve definir quais países deseja viajar para incluí-los em um único passe. Pode ser de um a quatro países ou regiões. Você ainda pode escolher o passe global que permite circular por quase todos os países da Europa Continental mais a Irlanda. É importante lembrar que nem sempre você terá a combinação perfeita de países.

Quantos dias de viagem dentro de um período de validade

As opções vão desde três dias dentro de um período de validade de um mês até 15 dias com dois meses de validade. Nesse caso, você pode escolher quando utilizar o dia de viagem, contanto que seja nesse período de validade.

Por exemplo, se você tiver um passe para Alemanha e França de oito dias em um mês, quer dizer que você pode usar o trem durante oito dias nesses países, você escolhe o dia que quiser. A única restrição é que esses oito dias sejam usados nesse período de um mês a partir do dia da primeira validação do passe. Uma vez “debitado” aquele dia de viagem, você poderá viajar quantas vezes quiser naquele mesmo dia. Esse tipo de passe é chamado Flexi.

Há também a opção Consecutive que você pode escolher 15 ou 21 dias seguidos. Nesse caso, após a validação do passe, você terá esses dias para andar de trem, mas nessa opção você não poderá escolher os dias, serão os determinados dias consecutivos.

“Nesses países, o portador do passe vai precisar reservar lugar no trem com antecedência.”

Parece ótimo… mas não é bem assim!

O que muita gente não sabe e acaba tendo problemas com o passe é que existem alguns outros aspectos que podem fazer diferença dependendo da sua viagem.

Você ainda precisa pagar uma taxa em alguns trens

Não há uma regra geral, mas em alguns trens será necessário que se faça a reserva do trajeto com antecedência. Com isso, além de pagar mais, você ainda perde uma das principais vantagens do passe: a flexibilidade.

Vai para França, Itália, Espanha, Portugal ou Suécia?

Nesses países, o portador do passe vai precisar reservar lugar no trem com antecedência. Normalmente, gira em torno de 10 EUR por passageiro, por viagem. Com isso, os passes têm perdido vantagem nos últimos anos. Na França, apenas alguns lugares são reservados em cada trem para os portadores do passe, e caso esses lugares já tenham se esgotados, você só conseguirá lugar se pagar uma passagem normal. Os trens regionais não necessitam dessa taxa ou de reserva.

Eurostar — Trem que passa embaixo do canal na Mancha e faz a ligação entre Londres, Bruxelas e Paris.

Não dá direito ao Eurostar

Os passes não são aceitos para o Eurostar, trem que faz a ligação entre Londres, Bruxelas e Paris. Esse é um trem de alta velocidade que passa pelo túnel do canal da Mancha, ligando essas cidades. Na verdade, você ganha um “desconto” podendo comprar o ticket por 100 EUR, o que ainda é mais caro do que comprar o ticket do Eurostar com alguns meses de antecedência por uns 50 EUR. Porém, às vezes custa mais barato do que comprar na hora, na estação.

Não dá direito a algumas operadoras pequenas

Algumas operadoras como a Circumvesuviana (que liga Nápoles, Pompeia e Sorrento), FEVE ou Euskotren (que operam no norte da Espanha) e algumas operadoras privadas na Suíça não aceitam os passes, mesmo que esses países estejam cobertos.

Nas viagens noturnas você vai precisar pagar pelo compartimento

Você precisará pagar, caso queira uma cama em um trem noturno. O valor pode ser entre 30 e 80 EUR por pessoa, dependendo da escolha, além de ter que pagar entre 5 e 15 EUR pela reserva obrigatória.


Como saber qual é o ideal para minha próxima viagem?

Quantos dias você pretende viajar de trem?

Se você for usar o trem por até três ou quatro dias, normalmente não vai valer a pena comprar o passe. Se for quatro dias ou mais, vale a pena começar a fazer as contas.

Quantas viagens de trem você pretende fazer em um único dia?

Fazer bate-volta por vários dias seguidos pode fazer com que o passe seja uma opção interessante, pois uma vez “debitado” aquele dia você pode usar quantas vezes quiser, maximizando a utilização de um dia de viagem. Mas, lembre-se: isso depende do percurso. Os trens regionais normalmente são bem baratos. Um trem de Pisa para Florença custa menos de 10 EUR. Muito mais barato do que um passe de 500 EUR, mesmo que você faça esse percurso muitas vezes.

“Quantos mais países você pretende visitar de trem, mais chances você tem de se beneficiar do passe.”

Quantos países você pretende visitar?

Quantos mais países você pretende visitar de trem, mais chances você tem de se beneficiar do passe. Se você vai viajar por todo o continente de trem, um ou mais passes podem ser uma ótima opção. Mas não importa… sempre faça as contas.

Qual é o cálculo diário do passe?

Agora acesse o site da RailEurope e encontre o passe que melhor se encaixa no seu roteiro. Qual o valor total desse passe? Basta dividir o valor total desse passe pelo o número de dias que você viajará de trem. Vamos dizer que esse valor é por volta de 90 EUR por dia de passe. Continuando…

Compare com os tickets

Não precisa fazer uma conta exata. Umas pesquisas rápidas nos sites certos, e já vai dar a você uma ideia de preço. (Veja como pesquisar o preço dos tickets mais abaixo)

Como ficou a comparação?

Agora, lembre-se dos detalhes que comentei acima: operadoras que não aceitam os passes, países e trens que exigem reservas etc… Se nessa pesquisa os preços ficaram abaixo dos 80 EUR, já não vale a pena comprar o passe. E na maioria das vezes, o passe não vale a pena mesmo, dependendo dos países envolvidos.

Resumindo…

Muita gente que vai para Europa, acredita piamente que comprar um passe de trem será o melhor negócio.

Lamento dizer, mas isso não é mais verdade!

A flexibilidade e a facilidade no processo que o passe proporcionava anos atrás, já não acontece mais. Com isso, além de pagar mais caro você ainda terá que lidar com muitos dos fatores que você encontra ao comprar o ticket.

A flexibilidade e a facilidade no processo que o passe proporcionava anos atrás, já não acontecem mais em todos os casos. Com isso, além de pagar mais caro, muitas vezes você ainda terá que lidar com muitos dos fatores que você encontra ao comprar o ticket. Então, minha recomendação geral é: a menos que você vá andar MUITO de trem, não se importe em comprar o passe. E MUITO quer dizer mais de cinco viagens longas com mais de duas horas, ou que envolvam trens de alta velocidade. Ainda, se for apenas um trem por dia, na maioria dos casos, não vai valer a pena.

Na verdade, você tem 3 opções

Não se apegue apenas nas opções de comprar o passe ou o ticket. Você tem mais opções.

Programe-se

Não tem para onde fugir, se você quer realmente economizar — e muito — na sua viagem, o segredo é: PLANEJAMENTO. Se você já tem o roteiro definido, compre o ticket online, com antecedência e seja feliz. (Veja como comprar o ticket abaixo)

Comprar na própria estação

Ainda há a opção de comprar direto na estação. A maioria dos trens terão vagas, mesmo comprando na hora. Mas, se esta é a sua escolha, faço uma recomendação: sempre que chegar em uma cidade já compre a passagem de volta, no mesmo dia da chegada. Assim você tem mais chances de garantir o trajeto, principalmente se forem trens de alta velocidade ou trajetos muito concorridos.

Compre o passe

Se ainda assim você entender que o passe será mais vantajoso para o seu percurso, compre o passe. Mas tenha em mente que você ainda pode comprar um passe para uma região onde você vai andar mais de trem e comprar tickets para outra região onde vai andar menos, não precisa ficar apenas com uma opção.

Para escolher o melhor passe e efetuar a comprar acesse o RailEurope.

“Não há um site único, onde você possa comprar passagens de trens para qualquer trajeto.”
Bernina Express, um dos mais espetaculares percursos de trem da Europa, passando pelos alpes suíços. Os passes de trem não são aceitos para esse tipo de viagem.

Um exemplo rápido sobre preços…

Vamos observar um percurso de trem entre Roma e Florença.

PASSE — Um passe de trem de oito dias para ser usado dentro de um mês, custa 716 EUR, que dividido por oito dias, dá por volta de 90 EUR por dia de viagem na primeira classe.

Para esse trajeto específico, ainda é necessário fazer uma reserva antecipada que custa 10 EUR. Então, passará a custar 100 EUR por dia essa viagem feita com o passe.

TICKET — Com o ticket, esse mesmo trajeto na primeira classe, preço cheio, com reserva e comprando na estação no mesmo dia, custa 63 EUR. Ou seja, custa 37 EUR mais barato do que o valor do passe.

Agora, você não precisa comprar no preço cheio… você pode facilmente comprar online na tarifa Econômica ou Super Econômica, na primeira classe. Os preços podem variar, mas partem de 29 EUR. Assim, você vai viajar exatamente da mesma forma, porém pagando muito menos.

Mas não é só isso… Você ainda pode economizar mais viajando de segunda classe, que também é superconfortável e tem pouca diferença em relação à primeira, e pagando o preço cheio de 43 EUR, e você ainda pode encontrar passagens a partir de 19 EUR, comprando online. E, neste caso, a economia pode chegar a 80 EUR. Agora multiplique isso por quatro ou cinco trajetos.

Pois é… o primeiro segredo para viajar bem e viajar barato é o planejamento!

OK, mas afinal… como comprar o ticket online?

Não há um site único onde você possa comprar passagens de trens para qualquer trajeto. Existem alguns sites que permitem comprar alguns trajetos, mas normalmente você terá que pagar uma taxa a mais pela compra.

Ainda existem alguns sites que, apesar de venderem os tickets com taxas, têm como principal objetivo a venda de passes. Com isso, eles mostram os maiores preços para cada trajeto, que na comparação, faz com que o passe pareça a melhor escolha.

Na verdade, o site da operadora regional de cada país ainda é o melhor lugar para comprar o seu ticket. Lá sempre terá o melhor valor disponível para o trajeto e na maioria das viagens será a melhor opção.

Muitos tickets de trem, principalmente os regionais, têm o preço fixo. Nesse caso é muito comum encontrá-los direto na estação, até mesmo no dia da viagem. Porém, para trens de alta velocidade ou percursos mais concorridos, recomendo a reserva antecipada.


Baixe gratuitamente o Guia de Companhias de Trem por País

Como não há um único site para comprar seu ticket de trem, você terá que acessar o site regional de cada país para pesquisar os preços e fazer sua compra.

Preparei um guia completo, especialmente para você, com todos os sites das companhias de trem, dividido por país. Esse guia vai ajudar você a acessar o site correto para cada necessidade de compra.

Você poderá simular os trajetos, ver os preços e horários de cada trem.

Para receber o guia gratuito basta clicar aqui e indique um e-mail para eu te enviar o guia gratuitamente.


Saia do convencional

Espero ter ajudado você a ver o mundo de outra forma e entender que, para viajar e aproveitar bem a vida, não é mais tão necessário ter muito dinheiro.

Neste artigo, dei apenas o exemplo das viagens de trem, mas tudo mudou também na hospedagem, nos outros meios transportes, nas atrações etc…

Aprendi muito nesses anos de viagens, e descobri que pagar caro pela sua nova experiência só vai criar um muro ainda maior, entre você e o que você vai experimentar.

Um abraço e boa viagem!

Daniel Ribeiro
GoEuropa.com.br


EBOOK GRATUITO

EUROTRIP - 6 Passos Definitivos para Planejar a Viagem dos seus Sonhos

Receba Gratuitamente o eBook e descubra os 6 passos definitivos para planejar a viagem dos seu sonhos.

Clique Aqui e Garanta o seu!


Gostou deste artigo? Clique em Recommend para fazer com que ele chegue a mais pessoas! Para receber as publicações em primeira mão, basta clicar em Follow, aqui embaixo, ao lado do logotipo da publicação.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Daniel Ribeiro’s story.