Herança a meter água

Sobre a herança recebida, Marco Martins diz que o que se ouve, não é o que se vê, e dá alguns exemplos: “Fizeram três mil casas sociais, mas esqueceram-se de dizer que não as pagaram e que as deixaram a meter água. E, por isso, temos que ir agora nós resolver o problema, além de outros que nos deixaram. Também é bom que se recordem que deixaram as escolas degradadas, com amianto, que deixaram as ruas esburacadas e espaços verdes por construir”.

“Fizeram três mil casas sociais, mas esqueceram-se de dizer que não as pagaram e que as deixaram a meter água.”

Marco Martins refere ainda que herdou também uma imagem negativa do Concelho, que em quatro anos conseguiu reverter. “Para quem não se recorda, até há quatro anos, a imagem de Gondomar que mais aparecia nas televisões era da porta do Tribunal. E agora, o que mostramos e o que queremos é mais para Gondomar, é um Gondomar D’Ouro, um Gondomar futuro e um Gondomar positivo”.