Expectativa de vida

“Enoque viveu sessenta e cinco anos e gerou a Metusalém. Andou Enoque com Deus; e, depois que gerou a Metusalém, viveu trezentos anos; e teve filhos e filhas. Todos os dias de Enoque foram trezentos e sessenta e cinco anos. Andou Enoque com Deus e já não era, porque Deus o tomou para si”. (Gênesis 5.21–24)

A expectativa de vida frequentemente mencionada em nossos dias, pela relação que tem com questões como alimentação, saúde, exercícios físicos, vida social e até mesmo políticas. No Brasil a expectativa de vida atual é de, aproximadamente, 75 anos. Quantos anos faltam para você?

Na genealogia de Adão (Gn 5), vemos que naquela época a expectativa de vida era de mais de 900 anos! Adão viveu 930; Sete, 912; Enos, 905; Cainã, 910; Matusalém, 969. É impressionante pensar em alguém vivendo tanto tempo!

Mas em meio de tantos exemplos de longevidade, vemos alguém que ficou abaixo dessa expectativa. Seu nome era Enoque, que viveu “apenas” 365 anos. Seria como se alguém vivesse menos de 30 anos em nosso contexto. Contudo, através de seu exemplo aprendemos que o número de anos não é o mais importante…

Duas vezes lemos que Enoque andou com Deus! No hebraico a ideia é de uma caminhada intensa e recíproca com Deus, de tamanha intimidade que Deus o tomou para si, por amar Enoque. Qual é a sua expectativa de vida? Você tem se preocupado mais com quanto viverá, ou na maneira como deve viver? Mais importante que o quanto vivemos é como vivemos e com quem andamos! Que sua expectativa de vida seja andar com Deus a cada dia, de modo constante, intenso e íntimo, assim como Enoque, a quem Deus tanto amou que o tomou para si.