Nota de Repúdio à tentativa de manobra da greve

“vergonhosa tentativa de manobra visando interesses pessoais”

O Movimento Estudantil em greve e ocupação vem a público repudiar a ação tomada por docentes que tentaram forçar o término da greve de forma ilegítima na manhã de hoje (16/08).

Veja a reação do professor aos 5:15…

Tais docentes jamais compareceram às Assembleias Gerais dos Servidores, nunca participaram de negociações, programações, panfletagens, e qualquer tipo de ação ou discussão grevista.

Em vergonhosa tentativa de manobra e visando interesses pessoais, criaram UM ESPAÇO ILEGÍTIMO que não é reconhecido por nenhuma das categorias em greve. Ou seja, tal espaço NÃO representa e jamais representará a greve dos servidores docentes e técnicos/administrativos.

O espaço legítimo onde foi discutida a continuidade da greve dos servidores docentes e técnicos/administrativos ocorreu na tarde de ontem (15/08), quando se decidiu pela manutenção da greve. Portanto, neste momento a GREVE DAS TRÊS CATEGORIAS CONTINUA!

Devido a isso, o Movimento Estudantil, em greve e ocupação, fez uma intervenção pacífica com o intuito barrar a tentativa de manobra. Nossa ideia foi de fato implodir a reunião, para que não houvesse confusão entre a comunidade acadêmica sobre a continuidade da greve. Jamais abriríamos diálogo com os manobristas, pois tal espaço não era legítimo!

No momento da intervenção do ME, um professor visivelmente exaltado criou uma confusão ao se direcionar agressivamente e aos berros a um dos estudantes, por pouco não o agredindo. No vídeo, é possível ver outros professores e estudantes tendo que intervir para acalmar os ânimos do docente. Nós também repudiamos a atitude desse professor e ressaltamos que manobristas não passarão!

É assim que os manobristas atuam: não participam dos espaços de discussão e ação coletiva e, quando lhes convém, tentam manobrar e impor suas vontades. Se sofrem com manifestações, usam da agressividade e da hierarquia para se imporem.

Estamos em um momento crucial da greve. Temos uma reunião aberta com o Grupo Administrativo do Campus na sexta (19/08), onde pautas relativas ao RU, Moradia, Bolsas, Paridade e Acessibilidade finalmente serão votadas. Temos uma reunião com o presidente da COPE (Coordenadoria de Permanência Estudantil), Mario Sérgio Vasconcelos, onde a permanência no Campus será discutida.