Conheça 6 tipos de startups e saiba em qual a sua se encaixa

Esses dias eu estava conversando com um amigo que pretende se tornar um empreendedor e, quando comentei a respeito dos tipos de startups, ele me disse que nem ao menos sabia que existia diferença que havia entre eles. Fiquei bem surpreso, afinal, saber qual é o tipo de startup que você tem ou que quer ter pode fazer toda a diferença e evitar que você enfie os pés pelas mãos no planejamento do seu negócio.

Por isso, separei os seis principais tipos de startups que existem para que você faça a escolha certa na hora de seguir esse modelo de negócio!

Small-Business Startups

Você tem um mercado, uma padaria, uma lanchonete, uma loja virtual ou um pequeno comércio? Então você tem uma small business startup! Esse tipo de empreendedor comanda e controla a própria empresa e, na maior parte das vezes, trabalha para manter a si mesmo e a sua família, sem interesse em expandir muito o negócio. As small-business startups são muito importantes para a economia local, pois são elas que geram empregos na região.

Scalable Startups

As scalabe startups são as empresas escaláveis, criadas com objetivo de gerar um capital e, futuramente, conseguir ter ações na bolsa, além de ter a possibilidade de ser comprada por um investidor, resultando em uma grande quantia de dinheiro para os donos.

Lifestyle Startups

Se você trabalha fazendo o que ama, sem ter o intuito de ser milionário nem ser capa da Forbes, você pode ter uma lifestyle startup. Exemplos desse tipo de empresa são as pessoas que amam artesanato ou culinária, por exemplo, e decidem fazer um site, vídeos, escrever livros ou criar cursos sobre o assunto, gerando renda sem deixar de fazer o que gostam.

Buyable Startups

Normalmente quem tem uma buyable startup tem uma grande ideia, mas precisa de um financiamento para poder concretizá-la, e é aí que entram os investidores. Atualmente, o sistema de financiamento crowdfunding e investidor anjo estão substituindo os investidores formais desse tipo de negócio. Essas empresas, muitas vezes, acabam sendo compradas por empresas maiores. Um bom exemplo desse modelo são os aplicativos de celular: o instagram era uma buyable startup que foi vendida antes de sequer começar a dar lucro. Interessante, não é mesmo?

Social Startup

Você tem uma empresa com objetivo de mudar o mundo? Você não pensa em ser rico e famoso, mas sim em ajudar as outras pessoas, seja com uma organização sem fins lucrativos, com fins lucrativos ou mesmo um misto das duas opções? Então sua empresa é uma social startup!

Large-Company Startups

Empresas grandes que estão no mercado há muito tempo e precisam inovar constantemente: essas são as chamadas large-company startups. Atualmente, o período de reconhecimento de uma empresa pode ser bem curto caso ela não se adapte às mudanças. Por mais que uma empresa seja tradicional, é fácil que ela acabe caindo no esquecimento, sendo assim, as large-company startups são reinventadas a todo o momento.

Investimento e planejamento adequado dos tipos de startups

Para cada tipo de startup existe um planejamento e investimento que é mais adequado, por isso é importante que você identifique qual é o tipo que você administra ou que quer administrar. Sabendo qual é o seu objetivo, fica muito mais fácil de investir e planejar, diminuindo muito as chances de erros que podem até te levar à falência. Até porque, como eu já contei pra vocês, uma em cada 4 startups morre no primeiro ano de vida. Evite que a sua faça parte desses números!

E aí, você já conhecia os tipos de startups? Deixe um comentário e aproveite também para tirar suas dúvidas, o #ClicoResponde!

Like what you read? Give Guia Empreendedor a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.