Arquivo Pessoal: Samej Spenser e seu f̶i̶n̶a̶d̶o̶ avô, em rapport

Explicações sobre Rapport, Empatia e Sintonia

Abaixo, deixo uma contribuição do amigo @JulyverModesto para o grupo HIPNOSE Prática no Telegram, falando sobre o Rapport.


Diferença entre Empatia e Sintonia + “Rapport”

Por Julyver Modesto de Araujo

Com certeza, os integrantes deste grupo conhecem (ou, pelo menos, já ouviram falar) sobre “rapport” e “empatia”, como elementos necessários a uma perfeita comunicação e um relacionamento interpessoal mais adequado.
Eu falei a respeito da etimologia destas palavras num curso que ministrei recentemente, aqui em São Paulo, e o Samej achou interessantes as explicações, por isso pediu para que eu as trouxesse no grupo…

Rapport

Para quem não sabe, “rapport” vem do francês “rapporter” e significa “trazer de volta”, mais adequadamente traduzida para o português como sendo “sintonia”… estar em “rapport” com alguém significa estar na mesma sintonia, na mesma frequência, o que ocorre naturalmente na medida em que as pessoas identificam afinidades entre si… é comum, por exemplo, ao viajarmos para outros estados, começarmos a utilizar o sotaque característico da região, ou cônjuges terem a mesma maneira de falar ou de se comportar, em decorrência do tempo de convivência… isso é “rapport”!
Quando queremos ampliar a nossa comunicação (e nas terapias, isto é interessantíssimo), podemos utilizar técnicas que facilitem este “rapport”, de modo a proporcionar na pessoa um ambiente agradável de convivência (do tipo: “gostei tanto de estar com essa pessoa, que parece que a conheço há muito tempo”). A PNL (Programação NeuroLinguística) apresenta algumas ferramentas para atingir este objetivo, como o espelhamento (copiar sutilmente gestos e posições) ou a identificação do canal de recepção predominante (visual, auditivo, cinestésico), para se comunicar da mesma forma.

Empatia

a “empatia” vem do grego “pathos”, que significa “sentimento”; as palavras da língua portuguesa que possuem o sufixo “patia” têm a ver com sentimento… SIMpatia é “de acordo com o sentimento”; ANTIpatia é “contra o sentimento”; Apatia é “sem sentimento” e EMpatia é “dentro do sentimento”, ou seja, “agir com empatia” é colocar-se dentro do sentimento da outra pessoa, procurando entender o seu mapa do mundo, as suas emoções, a sua forma de ver (ouvir/sentir) a vida;
Em sala de aula, por exemplo, o professor age com empatia quando sabe se colocar no lugar do aluno, mas COMO SE FOSSE ALUNO (e não como se fosse professor)… ao responder a uma pergunta, com a frase “que pergunta maravilhosa!”, o professor age com empatia, mesmo que a dúvida seja muito simples de ser respondida (muito diferente da resposta “que pergunta idiota!”).

Algumas pessoas utilizam a palavra “rapport” como sinônimo de “empatia”, mas são características ligeiramente diferentes; como explicado, a primeira é a sintonia na relação interpessoal; a segunda é a capacidade de se colocar no lugar do outro (a partir do que pode se desenvolver o “rapport” pretendido).

Resumidamente, é isso! Espero ter colaborado!


Aí está a contribuição que o amigo Julyver trouxe aos membros do grupo HIPNOSE Prática no Telegram, e que eu quis compartilhar com vocês aqui!


Lembre-se também de comentar, recomendar este texto para outros leitores, (para isso, basta clicar/tocar no 💚 logo abaixo do texto), e compartilhar com seus amigos nas redes sociais! 😉


Receba novidades e notícias sobre a hipnose em primeira mão diretamente no seu celular. Entre para o canal HP News no Telegram:

HP News | Telegram