Utilizando eventos como estratégia de marketing de conteúdo

Hackatons como produção de conteúdo? Dá pra fazer — Crédito da foto: Alex Kotliarskyi tirada do Unsplash

Qual é a primeira coisa que você imagina quando alguém fala sobre marketing de conteúdo? Um post para blog? E-books? Vídeos e fotos para as redes sociais? Para muitos essas são as principais opções que pipocam na mente. No entanto, já faz alguns anos que outro tipo de conteúdo vem sendo utilizado para gerar leads e melhorar a percepção do público com respeito a marca: os eventos.

Veja só: se pegarmos a definição de marketing de conteúdo do Content Marketing Institute, veremos que eles consideram esse tipo de estratégia como:

uma abordagem de marketing focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter uma audiência definida”.

E o que não são os eventos e festivais senão isso?

Gerando e convertendo leads com ajuda de eventos

Assim como acontece bastante nas estratégias de marketing de conteúdo que envolvem e-books, nos eventos é preciso que o interessado faça um cadastro — pago ou não — para ter acesso àquele material. E é aí que uma empresa pode receber uma boa quantidade de leads.

Além disso, o conteúdo do evento pode servir tanto para tirar dúvidas quanto resolver os problemas de alguns dos presentes, que, a partir daí, também podem pedir ajuda da própria empresa criadora daquele encontro.

Ou seja: fazer o mesmo que um conteúdo rico, só que talvez melhor.

Eventos são minas de conteúdo

Para a realização do evento em si é preciso criar uma gama interessantíssima de conteúdo, como textos, slides e infográficos, que também podem ser utilizados mais tarde pela empresa em seu blog ou redes sociais.

Além disso, durante a realização, é possível capturar vídeos e áudios das palestras, e até entrevistas com os participantes, que em outro momento podem ser reaproveitados como conteúdo nas fanpages e canais do Youtube.

Durante a realização do evento ainda existe a chance de obter conteúdo espontâneo dos participantes (como fotos no Instagram) para ocupar a timeline da empresa.

Casos que vem dando certo

Pensando aí se existe algum caso de sucesso de empresa que tem usado eventos em sua estratégia de marketing de conteúdo? Então segure esses aqui.

RD Summit

Complexos lotados durante o RD Summit 2016. Imagem: moringadigital.com.br

Desde 2013, a Resultados Digitais realiza em Florianópolis o RD Summit, evento considerado como sendo o Maior de Marketing da América Latina.

Nele, os participantes têm acesso à palestras sobre o mercado de marketing digital no Brasil e a um grande ambiente que favorece o network.

Nesse link é possível ver todo o conteúdo que já foi gerado para o blog da Resultados Digitais com base no RD Summit.

Fire

Todo ano a cidade de Belo Horizonte recebe o Fire, um evento que fala sobre comunicação e tecnologia digital e consegue reunir milhares de pessoas em torno da marca Hotmart, responsável pela produção do Fire.

No blog da Hotmart e em seu canal do Youtube podemos ver a quantidade de conteúdo produzido para, durante e após o Fire.

Vídeo apresentando o que foi o FIRE 2017

Behance Review

Comprada pela gigante Adobe em 2012, o Behance é uma rede social que compartilha trabalhos e conecta criativos ao redor do mundo. Sua forma de produzir conteúdo com eventos é por meio do Behance Portfolio Reviews, um festival que rola anualmente em diversos países (incluindo Brasil) e serve para dar feedbacks profissionais aos participantes, conectar pessoas com a marca e ainda alimentar algumas de suas redes sociais, como o Instagram.

Sabemos que o grau de dificuldade de se produzir um evento é bem maior do que o de produzir um e-book ou post para o blog. No entanto, a conexão que as pessoas podem ter com a marca por aqui — além das chances de conversão — podem valer bastante a pena para o seu negócio. Só não se esqueça de que aqui também é preciso entregar algo de qualidade e útil para os interessados, e não apenas publicidade.