Lincoln Ando
Jan 23 · 9 min read
Os novos sócios foram anunciados durante um dos nossos Celebreakfasts! Da esquerda para a direita: Lincoln Ando, Gabriel Massote, Jośe Estan, Paulo Ando e Raphael Melo.

Desde o início da idwall, eu e o Raphael nos propomos a reunir na equipe as melhores pessoas de suas áreas, buscando realmente construir a idwall ao lado delas. Hoje, temos o orgulho de anunciar três dessas pessoas como os novos sócios da idwall, os primeiros colaboradores convidados por nós a assumirem uma posição ainda mais estratégica dentro da empresa.

José Estan, nosso Head of Sales, Paulo Ando, Head of Product, e Gabriel Massote, o Head of Technology, foram escolhidos como sócios por uma série de motivos que reúnem o que queremos dos nossos colaboradores e para a nossa empresa, tanto em termos de performance quanto em relação à cultura que construímos com afinco.

Aqui, vou explicar um pouco sobre por que eles foram chamados como sócios e por que esse é o momento certo para tomarmos esse importante passo. Vem conhecer mais sobre a trajetória de carreira deles aqui na idwall, nossa cultura e nossos valores! :)

Vestindo a camisa da idwall

O Estan, o Paulo e o Gabriel são profissionais que performam e que se entregam à empresa de uma forma acima da média. Cada um deles ajudou a estruturar uma área inteira, o que tira um pouco do peso sobre mim e sobre o Raphael.

Desde o começo, eu e o Raphael sabíamos que não iríamos construir uma empresa sozinhos — o que precisávamos era de pessoas para nos ajudarem a construir a empresa, e eles foram fundamentais nesse processo.

Todos eles abriram mão de salários maiores e deixaram suas respectivas carreiras em empresas super estabelecidas com um plano de carreira claro para se juntar a nós, com todas as incertezas que uma startup em fase incial pode oferecer e muitas vezes trabalhando em assuntos que não eram de sua expertise, por isso, tinham que se virar, aprender e já colocar em prática. Tudo isso porque realmente acreditam na nossa missão.

Compartilhando informação para crescer juntos

Muitos fundadores de startups têm dificuldade em delegar tarefas, em confiar nos líderes das equipes para efetivamente liderarem com autonomia, representarem a empresa e contribuírem de maneira estratégica. Seja por ego, seja pelo medo de perder o controle do negócio, o fato é que isso é um grande obstáculo ao crescimento de uma startup.

Nunca quisemos essa realidade para a idwall.

Os líderes de cada equipe participam ativamente das decisões estratégicas da empresa, e acreditamos na transparência e na colaboração como ferramentas fundamentais para o desenvolvimento. Somos muito pouco egoístas em relação ao compartilhamento de informação — tem muita gente boa aqui, e usamos as mentes de cada uma delas para nos ajudar a pensar estrategicamente.

Por isso quisemos que esses três profissionais se tornassem também porta-vozes da idwall. O Paulo faz benchmark de produtos internacionais, por exemplo, e ele e o Gabriel representaram a idwall no Google Launchpad. Já o Estan, além do contato direto com os clientes, começou a ser mais visto também pelos investidores. Torná-los sócios os oficializa como porta-vozes da idwall, como a cara da empresa.

Muita gente ainda entende o líder como a figura central, e muitos líderes se enxergam assim também. Em muitas empresas, eu vejo isso como algo prejudicial. Ainda há uma centralização muito grande de informação, de controle, de cobrança.

Outro dia, li uma frase no Linkedin que representa bem isso: “Você não constrói uma empresa. Você constrói um time, e o time constrói a empresa”. Você se retirar do centro das atenções do cliente, do produto, da tecnologia é extremamente importante e saudável para que a empresa cresça e você consiga olhar para a frente.

Enquanto você está atolado de coisas do dia a dia, você não consegue planejar. Mesmo que eu e o Raphael ainda executemos muitas coisas, nosso papel é muito mais estratégico.

Uma das coisas que nos fez perceber que este era o momento certo para anunciar o Estan, o Paulo e o Gabriel como novos sócios foi que a dedicação e os resultados deles não foram reconhecidos apenas pela gente, mas pelos outros colaboradores também. Para mim, é muito importante que eles também consigam enxergar o que eu e o Raphael vemos em cada um deles.

Os três, por exemplo, foram reconhecidos como idmiráveis, uma premiação interna da idwall em que os colaboradores votam nas pessoas que eles acham que melhor representam cada um dos nossos valores. O Estan recebeu o prêmio por “Fazer Acontecer”, o Paulo foi considerado exemplo no valor “Colaboração” e o Gabriel foi destaque em “Felicidade”.

A nomeação como sócios foi muito mais um reconhecimento dos resultados, da dedicação e da responsabilidade que eles já vinham demonstrando. Trazer mais nomes para a mesa — pessoas que realmente nos ajudaram e que têm um background consolidado em diversas áreas — também tem tudo a ver com o que queremos para a idwall daqui para a frente.

Agora, nada melhor do que ceder a palavra aos nossos novos sócios. :)

“Aqui era o lugar que eu queria ajudar a construir”

José Estan, Head of Sales

Eu entrei como a primeira pessoa na área de vendas, quando tínhamos pouquíssimos clientes e nenhum processo estruturado.

Naquela época, a idwall precisava de alguém que fosse para a rua e fizesse vendas por conta própria, então tive que me adaptar e entender os skills que me faltavam para essa fase até que os objetivos da empresa fossem alcançados e a gente partisse para a próxima etapa. Depois, veio o desafio de montar a equipe comercial e, hoje, o de fazer a gestão de pessoas e pensar em estratégias de médio e longo prazo.

Por isso, eu entendo que a trajetória de crescimento profissional deve acontecer seguindo a trajetória da própria idwall. Precisamos nos mostrar capazes de evoluir nosso trabalho ao lado da empresa, ter clareza de onde queremos chegar e nos prepararmos de maneira estruturada. Tudo isso foi, é e vai continuar sendo de extrema importância nessa jornada.

Antes da idwall, eu já havia sido co-founder de outra startup, a Sonoma, que hoje é um dos maiores e-commerces de vinhos do Brasil. Cinco anos depois, ingressei na +Innovators, que auxilia empreendedores brasileiros e realiza projetos de inovação para grandes empresas. Lá, eu ampliei bastante minha rede de contatos e tive a oportunidade de ir algumas vezes ao Vale do Silício, o que mudou muito meu mindset sobre o mundo de startups e crescimento acelerado, me fazendo amadurecer como empreendedor.

Quando recebi a proposta do Lincoln, eu também tinha ofertas de outras empresas incríveis e estava em processos para startups na Europa. Mas eu vinha acompanhando a trajetória da idwall de perto desde o começo e já tinha percebido que a cultura da empresa era fantástica e que eles tinham um potencial gigantesco de crescimento — isso me fez ter certeza de que esse seria o grande moonshot. Não tive dúvidas de que aqui era o lugar que eu queria ajudar a construir e ao qual eu iria dedicar meu coração.

O reconhecimento dos colegas é extremamente importante para você saber que está no caminho certo e que seu esforço está fazendo sentido. No final do dia, tudo o que criamos é para nossos clientes e para as pessoas que trabalham aqui — são as duas forças que nos movem. Portanto, os feedbacks (positivos e negativos) ajudam a evoluir mais rapidamente.

Somando a isso, a capacidade de liderança é essencial para que você desenvolva as pessoas à sua volta. Sem esse desenvolvimento no ambiente como um todo, é impossível levar a empresa para o próximo nível.

“O ambiente, a cultura e as pessoas da idwall são meu combustível”

Paulo Ando, CPO

Eu acompanho a idwall desde o momento em que o Lincoln teve a ideia de começá-la. Lembro do dia em que estávamos na casa dos nossos pais e ele dividiu isso comigo. Logo de início eu gostei muito da ideia e do propósito, mas naquele momento eu queria finalizar alguns projetos pessoais. Alguns meses depois, quando fechei esses projetos, decidi que era hora de mudar e ajudar a idwall a trilhar seu caminho de sucesso.

Então, eu saí da IBM, empresa em que eu trabalhava há mais de 4 anos como analista de segurança de redes e onde eu tinha uma carreira muito bem estabelecida, uma ótima proposta para criar um time novo e um projeto enorme e com muito potencial. Porém, os desafios e as possibilidades que eu via na idwall eram muito mais estimulantes, e eu senti que poderia crescer e contribuir muito aqui.

Quando eu entrei, a idwall inteira cabia em apenas uma mesa no Google Campus e eu tinha como desafio ajudar a empresa em tudo o que fosse necessário para alcançar nossos objetivos. Então, no começo, eu fiz um pouco de tudo — vendas, conversas com investidores, atendimento aos clientes, revisão de contratos, produção de conteúdo, acompanhamento dos times de desenvolvimento…

Depois de alguns meses, nosso crescimento me fez perceber a necessidade de focar em algo e de chamar mais gente para tocar algumas das coisas que eu fazia. Foi quando convidamos o Estan a criar o que é hoje a nossa área comercial.

Com toda a experiência que eu tinha passado nos primeiro meses com os clientes, investidores e desenvolvedores, eu conheci muito de perto o produto. Então, fazia muito sentido eu focar nessa área. Desde então, meus esforços são dedicados a criar o time de Produto, que atualmente conta com mais três pessoas incríveis e que com certeza vai crescer ainda mais.

Desde que eu entrei na idwall, me espantei com a diferença de realidades entre aqui e a IBM. Eu estava acostumado com um ambiente e com uma cultura corporativa totalmente diferentes da atmosfera que eu encontrei na idwall. É evidente que os fundadores tiveram um cuidado e uma atenção especial para criar uma cultura idwall muito forte e com valores com os quais eu me identifico muito. O ambiente, a cultura e as pessoas da idwall são meu combustível para acordar, vestir a camisa e dar meu melhor todos os dias.

Não apenas o reconhecimento dos colegas, mas também toda a cultura e o ambiente de trabalho aqui na idwall contribuem para o meu desenvolvimento profissional. A autonomia e os desafios fazem com que eu me reinvente e aprenda coisas novas todos os dias.

“A idwall me faz sentir confortável em assumir grandes desafios”

Gabriel Massote, CTO

Desde o início, meu objetivo na idwall foi entender como poderia colaborar para que as pessoas com quem trabalho tivessem a tranquilidade e confiança para fazerem o seu melhor no dia a dia. Quem estava aqui desde o início tinha construído algo muito representativo e, para que pudesse fazer parte disso, deveria assumir grandes responsabilidades ao lado de todos.

Tanto isso quanto me sentir parte de um objetivo comum e buscar ser sempre melhor foram fundamentais para a minha jornada. Agora, com quase um ano de empresa, meu grande desafio é ajudar a manter tudo o que foi construído em uma estrutura que cresce cada vez mais.

Eu comecei minha carreira na academia, na PUC Minas e na Universidade Federal de São Paulo. Isso fez de mim uma pessoa questionadora e que sempre busca respostas para soluções com grande impacto para a sociedade. Depois, tive experiências significativas em grandes empresas, como PagSeguro e Walmart, além de algumas startups no cenário de live stream e de economia compartilhada/colaborativa. Após todos esses desafios, me senti preparado para uma jornada intensa e motivadora aqui na idwall.

A decisão de vestir a camisa da idwall e de construir minha carreira aqui dentro aconteceu de uma forma muito intensa e natural desde o primeiro dia. A idwall é um lugar onde você tem os desafios necessários para melhorar a cada dia como pessoa e como profissional, que te dá autonomia, gera responsabilidade, te força rumo ao aprendizado rápido e à adaptação constante. Durante a minha carreira, isso tudo foi o que sempre me motivou.

Outro ponto muito importante é o impacto da solução da idwall. É algo muito maior do que um desafio apenas técnico, o que te leva a ter grandes responsabilidades. A idwall faz eu me sentir confortável em assumir grandes desafios de uma forma diferente, como eu nunca havia sentido em nenhum outro lugar em que já trabalhei.

A felicidade — valor no qual eu fui reconhecido nos idmiráveis — é uma forma de demonstrar o quanto tenho sido desafiado e o quão motivado e grato eu sou às minhas experiências na idwall. O reconhecimento das pessoas com quem trabalho significa que o caminho que estamos construindo juntos é muito positivo. Eu não teria crescido tanto pessoalmente e profissionalmente se não estivesse ao lado das pessoas incríveis que estão aqui.

Com a colaboração de Mariana González.

Junte-se ao #dreamteam! Clique aqui e veja nossas vagas abertas.

idwall

A idwall cria relações de confiança para todos através de tecnologia. Aqui você pode encontrar mais sobre a nossa cultura, tecnologia e aprendizados, sem filtros. Veja as nossas vagas em https://idwall.gupy.io/

Lincoln Ando

Written by

idwall

idwall

A idwall cria relações de confiança para todos através de tecnologia. Aqui você pode encontrar mais sobre a nossa cultura, tecnologia e aprendizados, sem filtros. Veja as nossas vagas em https://idwall.gupy.io/

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade