Agora o Backstage Faz Cobranças

Ir a uma loja física para comprar roupas, sapatos e outros artigos em geral, incluindo ingressos, ainda é uma realidade bastante presente na cultura de consumo do Brasil. E nós entendemos que a experiência da compra presencial irá sempre existir, mesmo que em outra escala.

Um dos desafios da Ingresse é levar os benefícios do ingresso digital, para os consumidores que dão preferência a experiência da compra presencial, ou que ainda acham "essa coisa de comprar na internet" muito complicada.

Há dois anos atrás entregamos, via Backstage, um sistema híbrido que poderia vender, no mesmo fluxo de vendas, ingressos impressos e digitais. Com esse recurso, todos os pontos de venda poderiam oferecer aos seus compradores os ingressos físicos que estavam acostumados a comprar, com uma cópia digital.

Essa ferramenta fez bastante sucesso. O desgaste com a gerência de estoque físico, fechamentos de vendas e transporte de materiais foi se mostrando cada vez mais desnecessário. Hoje, muitos clientes e promoters de vendas fazem 100% de sua operação com emissão digital de ingressos, sem dor de cabeça e sem desperdício de papel.

Continuamos o trabalho de tornar o sistema de pontos de venda o mais simples possível de operar. Hoje, estamos dando mais um passo nessa direção. A Ingresse integrou o aplicativo Backstage com a LIO da Cielo.

LIO

A LIO é a nova maquineta da Cielo, que possui toda a robustez e segurança que quem é cliente Cielo já conhece, porém, com um sistema Backstage embarcado e integrado com o sistema de cobrança.

O primeiro grande problema que estamos resolvendo é o de retirar mais um equipamento da lista de materiais a serem carregados. O Backstage LIO substitui a maquineta de cobrança e o celular, em um só aparelho. Nos casos onde imprimir o ingresso não será necessário, reduzimos o equipamento necessário para rodar uma bilheteria a um único aparelho!

O segundo problema que o Backstage LIO ajuda a resolver é o antigo problema de inversão de caixa. Com o sistema de pagamentos integrado ao Backstage, quando o operador de bilheteria escolher a opção débito, a maquineta irá validar que o formato de pagamento e bandeira do cartão inserido é igual a selecionado. Além disso, o Backstage já informa para a LIO o valor da compra, evitando erros de cobrança também.

A Cielo, assim como a Ingresse, acredita que o impresso é um recurso que está ficando no passado. Na LIO você tem acesso a todos os relatórios de vendas, fechamentos de caixa e filipetas dentro da maquineta.


Quer conhecer mais sobre o Backstage LIO, entre em contato com seu representante de venda na Ingresse ou manda um e-mail para comercial@ingresse.com.