High-tech no POS? Sim, por favor!

Quando se fala em aumentar a quantidade e qualidade da tecnologia no POS (point-of-sale) o pensamento da maior parte das empresas vai para a finalização da compra, para rapidez no pagamento. No entanto, vai muito mais longe do que isso!

A tecnologia pode (e deve) ajudar cada vez mais o consumidor a sentir-se identificado com a marca. A implementação de ferramentas digitais no POS consegue:

  • Ajudar o vendedor (Assistive Retailer Technology — ART);
  • Ajudar o cliente (Assistive Consumer Technology — ACT);
  • Criar uma relação entre os dois e criar buzz à volta da marca (retailtainment);

Ajuda o vendedor porque consegue vender de forma mais inteligente! Por exemplo, a Mercedes na sua APP consegue que os vendedores de loja, mostrem rapidamente aos clientes especificações e variações dos seus produtos conseguindo assim mais argumentos de venda!

Ajuda o cliente porque consegue comprar de forma mais inteligente! Basta pensar na Topshop em que é possível ver como fica a maquilhagem através de realidade aumentada nos espelhos das suas lojas ou na Nike em que é possível aceder a mais informações e reviews sobre cada produto utilizando um simples QR Code!

Por último, ajuda a criar uma relação entre a marca e o consumidor através do entretenimento. Se algo nos surpreende e cativa faz-nos querer partilhar com todos! E é aqui que as marcas conseguem criar buzz e fazer com que sejam reconhecidas entre o público. A Diesel consegue fazer isto através de espelhos interactivos, em que os seus clientes podem experimentar diferentes looks e partilhar com todos os seus amigos via Facebook.

No fundo as tecnologias também no POS aproximam e ligam as pessoas às marcas. E cada vez mais é necessário que estejam sempre presentes e sempre em constante inovação!

Vão umas comprinhas?