As minhas reclamações e o mecanismo de defesa do meu ego

Meu Deus Do Céu, Várias Coisas Chatas Pra Car*****!!!!!!!!

Eu reclamo muito e isso já faz parte da minha natureza, mas nem sempre quer dizer que as coisas estão ruins de verdade.

full pistola all the time

Pessoalmente, eu acredito que todas as pessoas reclamam demais, mas por ser algo natural: reclamam do clima, da falta de tempo, das tarefas, do chefe, do governo, da família etc.

Eis que de uns dias pra cá eu fui informada que eu estava passando dos limites com essas reclamações e que muito provavelmente eram exageros da minha parte, uma vez que eram coisas que só eu achava uma puta sacanagem e as pessoas acham tipo ‘okay’.

Então eu fui em quem conhece a minha cabeça tentar descobrir se realmente eu estava exagerando nas críticas.


Depois de parar para pensar em tudo isso, realmente, eu assumo que não tem tantas coisas absurdas acontecendo na minha vida. Talvez nem a pessoa mais ranzinza que você conhece tem tantas razões para ser como é.

Mas existe essa coisa, esse mecanismo de defesa que meu ego instaurou em mim essas projeções que são: “definitivamente as pessoas estão fazendo as coisas de propósito pra que eu perca minha paciência”, e consequentemente há reclamações. Vejam bem, não é com todas as coisas. Eu tenho capacidade de formular críticas que fazem sentido. No entanto, em determinadas situações eu reajo instintivamente com xingamentos e impaciência.

Então se você acredita que você ou as pessoas estão se incomodando com coisas relativamente banais, é bom pensar se você ou alguém que conhece está passando por esse momento de externar coisas que o interno está evitando.

Reclamar é natural sim, mas não é saudável levar as coisas tão a sério.