Intimidade não é uma questão de tempo

Pinterest

Definir intimidade é complexo, pois ela tem diversos significados e varia de pessoa para pessoa em cada relacionamento. Intimidade esta ligado ao afeto, mas muitos apenas relacionam a interações sexuais.

Com certeza, a intimidade é base para qualquer relacionamento entre pessoas, as mais conhecidas são a física e a emocional. Mas também existem a intimidade intelectual, familiar, cultural, entre grupos, amizades dentre outras.

Porém, ser intimo de alguém vai além do tempo e da convivência, pois você pode passar anos com uma pessoa, conviver na mesma casa e não ter intimidade física e muito menos emocional com o outro.

Tem gente que a intimidade é instantânea, o tal do santo bate e de repente você se depara contando coisas tão peculiares suas, como se já conhecesse há anos a pessoa. É o tal dos encontros inesperados da vida, no qual um ser estranho rompe barreiras e, de uma hora para outra, se torna seu íntimo.

Já com outros, a intimidade não flui e não adianta forçar. Não sei com você , mas a pior coisa que existe é sentar para conversar com alguém e pensar no que vai falar. Quando a conversa não flui é complicado, a primeira coisa que vem na cabeça é falar sobre o clima, parece até conversa de elevador.

O sexo não deixa de ser intimidade, mas você pode transar com alguém uma noite e não ser íntimo dela. Entende!? Intimidade vai além dos beijos e amassos de um noite de amor ou sexo casual. A maior intimidade entre duas pessoas, talvez seja, antes e depois dos lençóis emaranhados, na qual você se sente a vontade em se perder no abraço do outro, ficar em silêncio sem aquilo te incomodar, dormir de conchinha, se sentir confortável com a outra pessoa despindo das máscaras que utilizamos no dia a dia, podendo assim, ser você mesmo, falar dos seus sentimentos mais profundos sem se sentir julgado, é onde não existe pudor e constrangimento, permite a troca de sentimentos e ideias, com uma cumplicidade que flui tão simples quanto o sexo.

Além disso, também há a intimidade intelectual, quando o tico e o teco do outro é compatível com o seu. A conversa flui de um modo simples, onde é possível passar horas conversando com o fulano ou fulana, o assunto não tem fim e o tempo parece voar.

Mesmo quando convivemos em grupos, temos as pessoas nas quais somos mais íntimas, onde as afinidades batem, na qual podemos expressar o que realmente pensamos sem receios. Relacionamentos familiares também são assim, quando muitas vezes a maior intimidade entre irmãos é que nasceram no ventre da mesma mãe.

A intimidade por mais complexa que seja, é fundamental para se relacionar e não é uma questão de tempo. Por isso, quando alguém se torna íntimo acontece uma catarse emocional, onde o outro rompe o isolamento interno, no qual vivemos nos nossos mais profundos sentimentos e passa a ter acesso a pedaços de nós que estão fechados muitas vezes até para nós. Em razão disso, de alguma forma, esta pessoa se torna especial em nossa vida.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Isabella Quartarolli’s story.