Que fome! Projeto leva chefs para cozinhar na sua casa

Pensando em abrir seu próprio negócio em 2016? Conheça um projeto criado por um grupo de amigos e que vai deixar você com água na boca

Sábado é um dia especial e a vontade é cozinhar algo diferente para os amigos e familiares é quase inevitável. Mas e se você não tem a aptidão necessária para arrasar num prato delicioso? Que tal então escolher um menu específico e ter um chef cozinhando na sua? Parece impossível, mas não é!

Criado em 2015, o serviço Bloochef busca criar um novo nicho de atuação para chefs de cozinha em eventos particulares e residências. É o personal chef, que você escolhe de uma lista online de mais de 50 menus. Já são mais de 100 chefs cadastrados nesse empreendimento, que inicialmente atua na cidade de São Paulo. “Nossa ideia é que os clientes possam pedir desde uma hamburgada de R$ 60 por pessoa, até um menu francês requintado de R$ 300 por pessoa”, exemplifica Rafael Taube, um dos sócios do projeto.

O Bloochef foi um sonho criativo e inspirador que nasceu das ideias e do planejamento de dois casais de amigos: João Telles e Renata Mortiz, e Rafael e Juliana Gonçalez, o casal-sócio que conversou com a gente. “Todos sócios gostam de gastronomia, e ao longo da vida tivemos a oportunidade de estar em contato com chefs. Acabamos conhecendo como é difícil a carreira de um chef de cozinha — quanto mais legal o emprego ele arruma, quanto mais bacana é o restaurante, menos ele ganha, por exemplo”.

Do mapeamento dessa dificuldade dos chefs em terem atuações mais versáteis e rentáveis, os amigos desenvolveram a plataforma de serviços do Bloochef — “a gente viu a oportunidade de criar um marketplace de chefs, uma nova oportunidade de carreira para o mundo gastronômico”, frisa Rafael sobre a ideia. “É mais do que uma vitrine de menu, é uma ferramenta bem completa para o chef, numa plataforma que faz o contato direto do chef com o público”, completa Juliana, autora do blog culinário Limão com Alecrim.

E como funciona? Você escolhe o tipo de menu e de comida de acordo com sua vontade e orçamento, e o chef vai até à sua casa ou a um evento cozinhar para seus convidados. Entre os vários desdobramentos do serviço, você pode até dividir a conta com os amigos, como em um restaurante normal. “Nossa vontade era acabar com esse mito de que chef é algo muito caro, ou só para eventos muito especiais”, opina Rafael.

Juliana conta que, ao estabelecer o Bloochef, esse mito se mostrou presente, um desafio, pelo fato de que os principais clientes ainda são os eventos, e não clientes individuais, “caseiros”, que contratam os chefs para irem em sua casa.

“A gente imaginou que o Bloochef ia ser pra pequenos reuniões de 5 ou7 pessoas em casa, mas o nicho de grandes eventos surgiu mais rápido do que a gente esperava”, revela, dizendo como que eles tiveram que ir atrás de elementos mais elaborados para dar conta desses eventos: louças, bebidas e até mesmo a decoração. “A gente como empresa ainda não tinha a estrutura toda pronta para eventos, então aumentamos nossa equipe para tocar essa parte com maior expertise”.

Esse “imprevisto”, que não deixa de ser rentável, não desviou os olhares dos sócios aos objetivos originais do Bloochef: tornar a gastronomia requintada mais acessível. “Queremos focar nessa nova possibilidade de entretenimento, que o Bloochef seja um programa com amigos como é hoje muito comum você ir comer em um food truck. É isso que queremos, que seja um programa!”, empolga-se Rafael.

Os quatro sócios tiveram o Bloochef como o principal empreendimento de 2015, mesmo que vários deles tenham mantido empregos e outras atividades paralelas. Mais do que a ideia, os sócios concordam que a execução e olhar atento para um empreendimento é o diferencial para o projeto sair do papel. “Duas coisas são importantes”, opina Rafael, “o fato de você ter um tipo de paixão pelo que está fazendo e executar com muito profissionalismo e dedicação”.

PARA A REALIZAÇÃO DO SONHO DO BLOOCHEF, OS SÓCIOS CONTARAM COM A AJUDA DO CUBO ITAÚ. “O ambiente aqui é excepcional e muito colaborativo, viramos para o lado e conversamos com alguém que já dá um feedback incrível, é muito bacana”, diz Juliana.

O CUBO É UM AMBIENTE INSPIRADOR QUE CONECTA IDEIAS E PESSOAS BRILHANTES. É um espaço de co-working áreas de trabalhos, eventos, reuniões e conexões, onde você pode tocar seu empreendimento e realizar seu grande sonho.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.