Traçado

Cada traço é uma obra de arte

Éessencial que saibamos escrever as letras japonesas, pois há uma ordem e direção no traçado (画) que devem ser seguidos. Atentar-se a isso é importante, especialmente para os kanji. Você entenderá isso quando se deparar com recados apressados de outras pessoas, que com certeza não parecerão outra coisa, se não um monte de rabiscos. A única coisa que irá ajudá-lo é que todos escrevem na mesma ordem, e o fluxo dos caracteres é consideravelmente consistente. Portanto, recomendamos que você preste bastante atenção na ordem e direção dos traços desde o começo para não adquirir maus hábitos.

Regra geral

Primeiramente, é importante memorizar a ordem correta de traçado, isto é, a sequência correta para se escrever os traços individuais de cada caractere. A regra geral é:

Deve-se traçar da esquerda para a direita [→] e de cima para baixo [↓].

Finalização de traço

Outro ponto importante é saber que existem três maneiras de se finalizar um traço:

1. 留め: você deve trazer o lápis para um fim completo e erguê-lo do papel no final do traço. Nos exemplos a seguir, o tome é indicado por um ponto colocado perto do último traço:

2. 跳ね: o traço é finalizado com algo parecido com uma cauda curvada. Nos exemplos abaixo, o hane está indicado por um ✓:

3. 払い: é feito levantando-se o lápis gradualmente no final do traço enquanto sua mão ainda está em movimento. Nos exemplos a seguir, o harai está indicado por uma seta pontilhada:

Perceba que alguns traços não têm indicadores de finalização. Nestes casos, tanto tome ou hane podem ser usados.

Abaixo estão disponíveis para download os PDFs que mostram a ordem de traços dos kana:

Download seguro

Estilos de caligrafia

Já que estamos falando de traçado, há vários estilos de caligrafia no Japão, mas vamos abordar aqui os três estilos básicos. Vejamos:

楷書: em outras palavras, este é o estilo em que cada um dos traços é feito de um modo deliberado e claro, sendo muito semelhante à versão impressa do caractere que se pode ver num jornal. Esta é a forma que os estudantes de caligrafia aprendem primeiro, uma vez que está perto dos caracteres cotidianos escritos com os quais já estão familiarizados;

行書: se refere ao estilo semi-cursivo da caligrafia japonesa. Como a escrita cursiva em português, este é o estilo que a maioria das pessoas costuma usar para escrever quando tomam notas, por exemplo. Além disso, as pessoas de mais idade costumam usar este estilo em seu dia a dia. Tem menos formalidade e os caracteres possuem uma aparência mais suave, mais arredondada, com os traços individuais fluindo juntos. Um texto escrito neste estilo geralmente pode ser lido pela maioria dos japoneses que estudaram;

草書: é o menos formal dos estilos e significa “escrita da grama”, nome que, de acordo com o mestre calígrafo Eri Takase, refere-se ao domínio de fortes traços verticais que se assemelham à grama. O objetivo deste estilo é totalmente artístico e altamente abstrato, permitindo que o calígrafo alcance uma expressão artística completa. Devido a isso, os japoneses não usam esse estilo para escrever no dia a dia. Na verdade, é tão abstrato que só pode ser lido geralmente por pessoas treinadas em caligrafia. Aqui, quem escreve raramente permite que o pincel saia do papel, resultando em uma forma graciosa e arrebatadora.

Escrita de kanji

Os kanji são constituídos de traços, escritos em uma determinada ordem, como o hiragana e o katakana. Antes de aprender as regrinhas de ordem dos traços é uma boa ideia aprender quais são os traços possíveis de um kanji:

点 (てん) — traço abreviado
横線 (おうせん) — linha horizontal
縦線 (たてせん) — linha vertical
斜線 (しゃせん) — linha diagonal
角鍵 (かどかぎ) — ângulo de 90º
斜鍵 (ななめかぎ) — ângulo oblíquo
曲がり (まがり) — curva
あひる — combinação de ângulo e curva
Não se preocupe em decorar o nome de cada tipo de traço. Esta seção é apenas para que você veja que existem tipos diferentes de traços.

O importante vem agora, são as regras:

1. Kanji são escritos da esquerda para a direita:

2. Kanji são escritos de cima para baixo:

3. Traços horizontais normalmente são escritos antes de verticais:

4. Em caracteres simétricos, comece pelo traço do meio, depois esquerda e então direita:

5. Traços que envolvem outros traços são escritos primeiro, com exceção da base, que vem por último:

6. Um traço diagonal para a esquerda é escrito antes que um traço diagonal para a direita:

7. Se uma linha vertical atravessar todo o caractere ela é escrita por último:

8. Se uma linha horizontal cruzar todo o caractere ela é escrita por último:

9. Um traço diagonal vem antes do horizontal se for pequeno e depois do horizontal se for grande:

Uma coisa que você precisa saber é que essas regras não são absolutas, elas irão funcionar para a maior parte dos casos, mas não todos. Então fique avisado, se encontrar um kanji que não obedeça alguma dessas ordens, não é um erro na regra e sim uma exceção.
Show your support

Clapping shows how much you appreciated Onikor’s story.