Descobrindo um Jardim

O que você faz com amor?

“Faz tempo desde que um filme me trouxe um olhar tão meticuloso sobre as pessoas e a vida como este”.

As vezes fazemos de nossa rotina algo tão detalhado e com tanto desamor que as invés de vivermos apenas sobrevivemos. Nos esquecemos que nos pequenos detalhes há muito mais.

É sobre amor, amizade e busca de paixões que retrata Uma Beleza Fantástica (2016).

Você olha para sua vida e vê que tudo está em perfeita ordem, até pouco tempo depois tudo desmoronar e cair. O que fazer? Dúvida cruel essa quando estamos em estados de baixa auto estima ou quando os problemas nos atrapalham de seguir adiante.

Certas pessoas vem ao ouvido e falam, não se preocupe está tudo bem, mas no fundo você sabe que não está.

Você busca ter condições. Você busca se impor com ideais e não consegue. Porquê? Qual motivo?

É… Indagar sobre coisas não nos faz mais forte, apenas esclarece o quão fracos somos. Mas isso precisa ser assim até quando? Oportunidade? Quantas vezes você teve a chance de levantar e fazer algo novo, ou mesmo quantas realmente foram as oportunidades? 1, 2 , 3 ….um milhão ou nenhuma. Não importa isso!

Nessa conversa que estamos tendo o que realmente vale é sua intenção. Se criar um belo jardim parece complicado, imagina as ideias serem ouvidas pelas pessoas.

Um dia de cada vez. Vamos sobrevivendo então. Pra que?

Eu tive um professor que dizia assim:

No final tudo dá certo, e se não deu certo ainda é porque não chegou ao fim.

Achava que essa frase tivesse efeito sobre tudo que aconteceria na minha vida. Mas não teve. Tudo não precisa ter fim, mas as vezes ele tem.

Se cada dia uma flor pode ser plantada, cada dia ela também pode morrer um pouco e ser arrancada do chão quando não mais ser bela.

Estamos pensando assim, se um dia eu não mais valer a pena vou ser substituído, as vezes sim, mas sua dedicação e sua beleza, pode ser algo inesquecível, mesmo em corações muito frívolos e ignorantes para entender.

Detalhes, não são cheios de detalhes nossas ações? A verdadeira intenção está dentro de você, ninguém pode ver.

Talvez eu esteja entre os seres mais estranhos que habitou o planeta terra, já que não entendo o motivo de tais palavras. “Mais hoje eu decido que vou descobrir um jardim.”

Um jardim particular onde eu quero plantar ideias,escritos, pensamentos, histórias, dedicação, paixão. Talvez novos valores, talvez novos hábitos, talvez um novo olhar sobre meu corpo, minha mente, ou até mesmo minha carreira, um livro, novas leituras ou escrever mais aqui. Flores! se vão florescer um deus chamado tempo pode responder.

“Meu jardim está na mente mas também está no ❤.”

Quais são as flores que você tem plantado no seu jardim, no seu caminho, na sua vida? Já parou para responder isso também? Hoje eu tentei!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.