Como são geradas as imagens? — Parte 1: Como os computadores veem.

Com todo esse avanço e o passar do tempo o ser humano desenvolveu máquinas cada vez mais sofisticadas para capitar imagens, mesmo não sabendo precisamente como nossos olhos funcionam, fomos capazes de criar câmeras fotográficas cada vez mais potentes e que capitam mais as imagens com uma precisão impecável. Desde George Eastman em 1885 até uma Canon 5Ds. Mas a diferença básica entre a primeira e a câmera mais recente é o tipo de imagem que elas geram.

Em um resumo geral, podemos dizer que as câmeras antigas geravam imagens analógicas, já as mais recentes geram imagens digitais, ou como diria minha avó “imagens de computador”, contudo uma pergunta fica no ar: como o computador gera essas imagens se ele é só um conjunto de pontos em uma tela?

Sua expressão quando falei de matrizes NxN em telas de computador.

Podemos generalizar a tela do computador por uma matriz de pixels NxN que tem valores qualquer que representam cores.

Sim! Eu sei que essa frase ficou absurda, então vamos por partes, imagine uma imagem qualquer gerada pelo código dom Python que eu fiz abaixo:

Código simples (e feito na gambiarra) para gerar uma imagem numa matriz 8x8

Perceba que cada ponto dessa matriz 8x8, ou seja, cada valor de uma célula tem um valor interno de cor. Essas cores vão de 0 a 255 em 3 escalas conhecidas como RGB ou Red, Green e Blue. Com isso, ficou simples perceber que para gerar um emoji do smile, por exemplo, é só a gente selecionar os pontos referentes a ele e marcar eles na matriz, como eu fiz nesse emoji bizarro:

Emoji bizarro gerado pela matriz de pixels

E é assim que os computadores geram imagens, um conjunto de pixels que com cada valor faz a gente ter uma imagem geral. Não ficou impressionado? Muito simples, basta das uma olhada nessa foto tirada com 195 Gigapixels, ou 195.000.000.000 pixels, da cidade de Shanghai e entender o quão poderoso pode ser uma imagem com uma grande quantidade de pixels.

Para ver mais clique aqui.

Bom, galera! Esse foi o primeiro de uma série de posts que irei fazer sobre visão computacional, sei que está cheio de posts sobre isso, mas quero tentar ser o mais sucinto e direto sempre com tudo aqui, qualquer duvida, sugestão ou critica construtiva pode me mandar nos comentários ou no LinkedIn, toda vez que eu atualizar um novo post irei acrescentar na lista abaixo.

No mais é só isso, até mais!

Parte 1: Como são geradas as imagens.

Parte 2: em breve…